Que a Suíça é um país lindo, todo mundo sabe. Mas você sabe quais são os Patrimônios Mundiais da Unesco neste país?! Pois aqui vai a listinha com 11 Patrimônios Mundiais da Unesco para você visitar durante a sua viagem pela Suíça! 😀

Antes de falar da lista, deixa eu só comentar rapidinho como é o processo para a escolha de um Patrimônio Mundial da Unesco, que achei o tema interessante para dividir com vocês. Um patrimônio mundial é um lugar que possui uma importância única para o mundo e para a humanidade e precisa ser salvaguardado para que ele continue existindo no futuro. Em 1972 houve a Convenção do Patrimônio Mundial, em que 191 países participaram e estabeleceram as condições, conceitos e requisitos para que um lugar fosse considerado patrimônio mundial. É necessário um trabalho conjunto de ambientalistas, arqueologistas, historiadores e pesquisadores de outros campos com levantamentos científicos, visitas, levantamentos históricos e tantos outros documentos para que o comitê da Unesco aprove a inclusão de um lugar na lista de patrimônios mundiais. E finalmente, os patrimônios mundiais podem ser dividios em culturais, naturais e mistos, que vamos ver agora na lista completa com os 11 Patrimônios Mundiais da Unesco na Suíça!

#11 Palafitas pré-históricas nos Alpes

São palafitas pré-históricas que datam do ano 5000 AC e se encontram submersas nos lagos e rios dos Alpes e do arco alpino! Os vestígios se encontram ao longo da Suíça, em torno à cadeia montanhosa e testemunham um pouco da vida e da evolução da sociedade agrária nos Alpes há uns 7000 anos atrás!

palafitas

#10 La-Chaux-de-Fonds: os relógios urbanos

A atividade relojoeira da Suíça é uma tradição antiga e nesta cidade a noroeste da Suíça é possível entender a perfeita combinação entre a arquitetura, urbanismo, relógios e relojoeiros!!! Em 2009 o lugar foi reconhecido como patrimônio cultural da Unesco em função da paisagem relojoeira e do espírito empreendedor que os fabricantes e a população desde sempre levaram adiante, em busca de mais qualidade de vida para os trabalhadores. Afinal, saber as horas é pré-requisito para o planejamento da sociedade e uso da razão no nosso dia a dia.

relogios

#9 Ferrovia Rética Bernina

A ferrovia rética é a a maior companhia férrea privada da Suíça, depois da estatal SBB-CFF-FFS. Ela possui a maior parte das ferrovias do cantão dos Grisões, por onde passa o espetacular Bernina Express, rota ferroviária que passa bem no meio das montanhas, viadutos e pontes, provando que andar de trem é um passeio turístico na Suíça! São 55 túneis, 196 viadutos e pontes, e claro, aquelas paisagens de cair o queixo. Possui 128km de extensão e foi construída no começo do século 20, e influenciou diretamente na economia e desenvolvimentos social e cultural da região.

Suíça

#8 Arena Tectônica de Sardona

Este lugar é um patrimônio natural da Unesco e fica dentro do parque geológico Sarganserland–Walensee–Glarnerland com 300km2 de extensão. Para os geólogos é um lugar importantíssimo, porque mostra a história de formação dos Alpes. Este conjunto de montanhas possui linhas amareladas super estranhas desenhadas ao longo da cadeia e é um dos fenômenos geológicos mais interessantes do mundo, porque a parte nova da formação da cadeia se situa abaixo da parte antiga. Quem souber mais me explica porque eu só tô replicando o conteúdo que eu li por aí! 😀

Suíça

#7 Vinhedos de Lavaux

Mais um patrimônio cultural reconhecido em 2007. Localizado no cantão de Vaud, às margens do Lago de Genebra, este lugar compreende mais de 40km de extensão de vinhedos, incluindo 14 vilas ao redor do lago. O curioso é que estes vinhedos estão aí desde o século 11 e prova como pode ser duradoura a relação entre o homem e a natureza e ao mesmo tempo, como se pode aproveitar os recursos naturais para produzir vinhos de excelente qualidade!

Suíça

#6 Monte San Giorgio

Localizado ao sul de Ticino, o Monte San Giorgio é um patrimônio misto, porque além da maravilhosa natureza, com uma montanha em forma de pirâmide, ali no Monte San Giogrio foram encontrados fósseis que datam do periodo triásico, há 240 milhões de anos atrás! São fósseis de répteis marinhos, peixes, invertebrados e plantas desta época em que havia um mar no lugar e o clima era suptropical! OMG! O Monte San Giorgio é o mais importante arquivo de fósseis da vida marinha do período triásico do mundo! Ufa.

Suíça

#5 Jungfrau-Aletsch

Este é um patrimônio natural da Unesco, localizado no coração dos Alpes Suíços. A paisagem é de tirar o fôlego e compreende a união perfeita entre a natureza e a atividade humana, com vilas históricas e tecnologia ligadas com perfeição à montanha e os lagos da região. É possível caminhar entre as trilhas, conhecer cachoeiras, lagos e a estrutura férrea conhecida já de tantos turistas e visitantes que leva ao Top of Europe.

jungfrau

#4 Castelos, forte e muralha de Bellinzona

Um exemplo do plano de defesa medieval da cidade que era um ponto estratégico para cruzar os Alpes. Situada no sudeste da Suíça, a cidade de Bellinzona é a capital do cantão de Ticino, o cantão italiano da Suíça.O patrimônio cultural da Unesco é todo o conjunto formado pelos castelos Castelgrande e Montebello com a muralha integrada e os fortes de defesa ao redor, e o castelo Sasso Corbaro que sozinho mantém a vigia de outra montanha.

Suíça

#3 Abadia de St. Gallen

É um espetáculo entrar nesta igreja. A cidade de St. Gallen fica no nordeste da Suíça e possui um centro super preservado e as famosas salsichas de St. Gallen, com uma receita bem especial! Mas a abadia é a grande estrela da cidade, com uma arquitetura estilo barroco completamente estonteante para quem gosta de detalhes ornamentados afrescos. Para completar a visita, a biblioteca da Abadia preserva uma coleção extraordinária de escritos do final da idade antiga e alta idade média, e livros escritos antes da prensa manual existir! É uma disneylândia para os fanáticos por história. Fora isso, a biblioteca é toda trabalhada no estilo barroco, há quem compare a sala com a biblioteca de Harry Potter.

Suíça

#2 Convento Beneditino de São João em Müstair

Mustair é uma vila alpina no leste da Suíça, localizada no cantão de Graubünden. Nesta pequena vila cuja população não chega a 1000 habitantes, existe um mosteiro que data do século 9 e provavelmente foi fundado por ninguém menos que Carlos Magno. A torre é o edifício mais antigo dos Alpes e as paredes possuem pinturas dos séculos 12 e 13. Um dado curioso sobre o vilarejo é que a maior parte das pessoas fala o Romance, língua oficial na Suíça, mas a segunda língua mais falada por lá é o alemão e a terceira, adivinhem, é o português! Deve ter uma família portuguesa ou brasileira vivendo por lá, porque a estatística mostra que, apesar de ser a 3a lingua mais falada na vila, ela corresponde a menos de 1% dos idiomas falados por ali! 😀

mosteiro

#1 Centro Histórico de Berna

Berna é considerada uma das cidades mais bonitas da Suíça e o centro histórico recebeu em 1983 o status de Patrimônio Cultural da Unesco. O Centro Histórico de Berna realmente impressiona aos visitantes pelas fachadas muito bem preservadas e inúmeras fontes medievais em perfeito estado de conservação. O que faz o centro histórico de Berna diferente é que o rio Aare contorna o centro histórico numa espécie de bahia fluvial, o que deixa a cidade ainda mais charmosa e atrativa. Para finalizar, o prédio majestoso do parlamento suíço emoldura a paisagem e foi construído cheio de simbolismos que definem a cultura política da Suíça, lindo de ver!

Berna

E ai, quais destes lugares você conhece na Suíça? Eu conheço somente 3, mas vou tentar ir pessoalmente a cada um destes lugares para fotografar para vocês! As fotos deste post são da Wikimedia e estão autorizadas para utilização na internet. E se você gostou desta lista, aguarde!!! A Unesco possui mais de 1000 pratrimônios culturais e naturais no mundo, em breve eu volto com mais patrimônios pelo mundo!

Links Úteis para viajar pela Suíça

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para que a sua viagem pela Suíça§a seja o mais completa e o mais fácil possível. E se pintar alguma dúvida, mande uma mensagem aqui nos comentários.

Antes de mais nada, se você busca um e-book ou livro para te ajudar a planejar a sua viagem pela Suíça, o guia "Calor Nos Alpes" é perfeito! O livro tem dicas de cidades, rotas, passeios, trens panorâmicos, montanhas, tudo junto e baratinho! Aqui neste link tem mais informações.

O Swiss Travel Pass é o passe que dá direito a usar todos os transportes da Suíça e costuma ser uma mão na roda para viagens de mais de 3 dias. Ele vem nas opções de primeira ou segunda classe, eu acho que a segunda já resolve a vida da maioria das pessoas. Para saber mais, escrevi este post aqui: Vale a pena usar o Swiss Pass?

Agora se você vai viajar de carro, talvez valha a pena dar uma lida neste post com dicas para alugar um carro pela Europa. Dirigir na Suíça é uma maravilha, mas pode sair mais caro do que o esperado. Sugiro que você compare os preços pelo site da Rental Cars que já simula todas as locadoras de uma vez e sempre tem ótimas ofertas.

Se você vai para Zurique e quer um Tour em Português em Zurique, pode contar com a minha equipe. Somos guias profissionais da cidade e fazemos passeios a pé pelo centro histórico da cidade, com muita informação sobre Zurique e sobre a Suíça em geral, está tudo neste link aqui. Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios mais tradicionais com eles, como o da famosíssima montanha Jungfrau. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português!

Aqui vai uma lista com os posts mais procurados sobre a Suíça:

Os Alpes são a grande atração da Suíça, e aqui vão os posts com algumas sugestões de montanhas:

Para ler todos os posts sobre a Suíça, é só clicar aqui.

Aqui vão dicas de hotéis para ficar em Zurique. Eu sempre recomendo o uso do Booking.com como ferramenta para comparar tarifas e reservar as melhores ofertas. Na dúvida, é só perguntar aqui que eu te ajudo a achar um hotel bacana e sem custo nenhum! 🙂

E finalmente, talvez você precise de um seguro de viagens. Recentemente eu descobri a Seguros Promo, que compara seguros de viagens ao redor do mundo. Eles dão boas ofertas e você ainda ganha 5% de desconto se você clicar neste link aqui.