O projeto #CalorNosAlpes começou com um dia maravilhoso de presente, um solaço perfeito para caminhar na região do maciço de Alpstein. Esta região tem muitas montanhas espetaculares, e a gente escolheu a Ebenalp para passar o dia. Esta montanha é famosa por várias atrações, como o Berggasthaus Aescher-Wildkirchli, um restaurante cravado no meio da rocha. Fora ele, estão as cavernas pré-históricas que também fazem parte da rota e finalmente, o maravilhoso Seealpsee.

calor_nos_alpes_appenzell6

Para fazer tudo isso, foi necessário sair cedinho de Zurique e pegar o trem sentido St Gallen, às 8h da manhã. Este é um dos trens que fazem parte do Grand Train Tour of Switzerland, as linhas de trens panorâmicos mais bonitas do país. Daí descemos em Gossau, onde partimos para Appenzell usando a Appenzeller Bahnen, sistema de trens locais. Na cidade, paramos rapidamente para deixar a barraca e as mochilas guardadas em um locker, para evitar caminhar com muita carga na montanha e logo partimos a Wasserauen, de onde sai o bondinho até o topo da Ebenalp.

calor_nos_alpes_appenzel2

Chegando lá, a fila para subir no bondinho já estava grande. Esperamos 30 minutos para conseguir embarcar, e como a gente já tinha o Swiss Travel Pass, pagamos meia tarifa. Preço total: 10CHF só a ida. Como a gente queria voltar pelas trilhas, compensou pra caramba.

O trajeto de bondinho dura uns 5 minutinhos. Daí lá em cima há várias trilhas lindas para fazer. Nós escolhemos a trilha que passa por Wildkirchli e Seealpsee, mas tem muitas outras. Conhecemos um casal que fazia a trilha entre Ebenalp e Säntis, outra montanha que quero muito conhecer em breve. Detalhe: este casal encarou a trilha mais longa (mais de 4h de duração) com uma bebê de 6 meses nas costas!!! Gente do céu, que orgulho!!!

calor_nos_alpes_appenzell4

Bom, vamos à nossa trilha! A primeira informação importante é que esta trilha é uma descida, mas nem por isso é uma trilha fácil. A descida é bem íngreme e tem muitas pedras e raízes de árvores expostas. Havia muita umidade e em alguns trechos era preciso cruzar pela lama, o que deixa o percurso mais escorregadio e perigoso para quem não tem muita experiência. Recomendo o uso de sapatos adequados e de preferência aqueles palitos para trilha, sabe? Os trilheiros daqui adoram aquilo e agora eu entendi o porquê!

Bom, a primeira parte da trilha é um trecho bem leve, de aproximadamente 10 minutos, que leva às cavernas pré-históricas conhecidas como Wildkirchli. O caminho passa dentro das cavernas, que são hiper frias e úmidas, mas em pouco tempo você chega à saída que leva ao Berggasthaus Aescher-Wildkirchli, o restaurante cravado na montanha.

Muitas fotografias depois, seguimos em direção a Seealpsee, onde fariamos o nosso almoço. Erro do dia: não levamos comida para a trilha porque imaginávamos que seria rápido. Só que a trilha nos custou mais tempo e joelhos do que pensávamos e chegamos a Seealpsee mortos de fome e quase sem energia. Então leve alguns snacks como amendoim, frutas secas e muita água para esta caminhada. Também abuse do protetor solar!

calor_nos_alpes_appenzell10

Chegando a Seealpsee,  paramos para comer e depois saímos para dar uma volta no lago. O caminho é lindo e muito agradável, rende algumas fotos de cinema! A ideia era dar um mergulho no lago, eu até me preparei pra isso, pus o biquíni e depois da primeira pisada dentro d’água arrepiou até o último fio de cabelo! Gente do céu, água de degelo não é mole… dai tentei outra pisada e o máximo que consegui encarar foi água até o joelho. Mas tá aí, se você for nesse lago e conseguir mergulhar, me manda uma foto autografada, que eu já virei sua fã!

calor_nos_alpes_appenzell11

Bom, depois do lago, pegamos o caminho de volta a Wasserauen, para voltarmos a Appenzell. Os trens fazem este circuito a cada 30 minutos e costumam seguir à risca a pontualidade suíça. Chegando em Appenzell, retiramos as mochilas e barraca do armário para seguir até o camping Eischer, onde passamos nossa primeira noite a la into the wild. Mas a experiência completa do primeiro camping que eu fiz na vida vai ser assunto pra outro post!!!

Todas as fotos desta viagem estão sendo publicadas no instagram @euandopelomundo e também pelo snapchat @euandopelomundo. Acompanhe a hashtag #CalorNosAlpes para não perder um único segundo da nossa trip e também #CalorNosAlpesLadoB pra ver o behind the scenes!!! Nosso trajeto foi montado em conjunto com a Swiss Travel System, nossa principal patrocinadora desta viagem!

Sobre a viagem #CalorNosAlpes

Esta viagem foi a primeira press trip patrocinada aqui do blog, um projeto que conseguiu vários parceiros e começou com uma simples pergunta: Será que a galera conhece as maravilhas do verão na Suíça?

Depois de algumas horas matutando a cabeça e conversando com várias pessoas, surgiu a ideia de fazer uma viagem completa pela Suíça durante o verão, para mostrar pra todo mundo o quanto pode ser fantástico passar férias de verão europeu por aqui. A viagem virou um livro, que pode ser comprado aqui na nossa loja virtual. O livro é um guia de turismo para a Suíça, repleto de imagens fantásticas e muita inspiração para que você também faça uma viagem perfeita pela Suíça!

Compre aqui: Calor Nos Alpes, o guia da Suíça no Verão