Rotterdam é a segunda maior cidade holandesa, com pouco mais de 600 mil habitantes. Ela também é conhecida por sua arquitetura moderna, já que foi praticamente reconstruída das cinzas após a Segunda Guerra Mundial. Com grandes e modernos edifícios à beira do rio Nieuwe Maas, Rotterdam é também importante por ser sede do maior porto da Europa e um dos maiores do mundo.

Rotterdam

Onde fica Rotterdam no mapa?

Rotterdam fica na província de Zuid-Holland ou Holanda do Sul. Ela faz parte do Randstad, o que os holandeses consideram como a união das 4 maiores cidades holandesas (e seus arredores), formando uma importante zona econômica, a mais densamente povoada da Holanda.

Por ser um grande centro econômico do país, com inúmeras empresas e expatriados, por possuir uma arquitetura moderna, com vários arranha-céus, algumas ilhas, e por ser toda contornada por água, Rotterdam é também apelidada por Nova Iorque Holandesa.

A vantagem, na minha opinião, é que o caos em Rotterdam é infinitamente menor que o da Nova Iorque original. Mas isso não a deixa atrás! As opções de arte (inclusive a céu aberto) são inúmeras, e eu adoro esse ar de cidade grande com jeito de cidade pequena que Rotterdam possui.

Como chegar em Rotterdam?

Você provavelmente chegará de trem em Rotterdam. A estação de trem da cidade é super moderna e linda! Ela está conectada com as maiores cidades do país – incluindo o aeroporto – com trens de alta velocidade.

Do Aeroporto de Schipol (Amsterdam) a Rotterdam são apenas 23 minutos, se você pagar o trem direto. Já da estação de Amsterdam a Rotterdam é algo em torno de 35 minutos, podendo ser pouco mais de 1 hora, caso o trem pare nas cidadezinhas do caminho.

Há uma estação de metrô dentro da Estação Central de trem e ao lado há várias paradas de ônibus e de tram. E para rodar de forma ilimitada na cidade, o bilhete Rotterdam Welcome Card é a melhor opção. Ele é um passe de 1 a 3 dias que de tá, além do acesso ilimitado às linhas de metrô, tram e ônibus de Rotterdam, descontos em atrações, museus e restaurantes. Para comprar o passe online, é só clicar neste link.

Rotterdam

Antes de sair correndo e pegar o seu transporte, não deixe de admirar a beleza da fachada desse edifício. Eu sempre paro para admirar quando passo em frente e nunca me canso de olhar para todos os detalhes.

O que fazer em Rotterdam?

Como Rotterdam é uma cidade de médio porte, você pode fazer todo o centro à pé ou com bicicleta. Dá pra alugar uma bike na Estação Central.

Eu prefiro a opção com a bicicleta, pois cansa menos e é mais divertido. A cidade, como qualquer outra na Holanda, tem seu espaço especial para as bikes e você verá mais gente em bicicletas do que em carros, certamente! Mas se você preferir transporte público, não esqueça dos bilhetes integrados de metrô/tram/bus que eu falei antes, aqui neste link você pode comprar o seu.

Calypso

A saída/entrada principal da Estação Central fica na Av. Westersingel e Av. Mauritsweg (duas avenidas paralelas separadas por um canal), por onde vale uma caminhada. Ali temos um complexo de prédios ultra modernos e lindos chamado Calypso (que nada tem a ver com a banda do Brasil! hahah).

Rotterdam

Vale a pena conhecê-los principalmente para quem curte arquitetura.

Canal de Rotterdam

Chegando ao Canal, você irá encontrar a Rota das Esculturas, com inúmeras esculturas modernas ao ar livre. Quando o dia está bonito, você poderá ver várias pessoas sentadas na beira do canal, conversando, tomando uma cerveja ou simplesmente aproveitando o sol.

Recomendo você fazer o mesmo!

Centro Histórico

No centro da cidade você verá o prédio da prefeitura, na Av. Coolsingel, lugar que eu particularmente gosto muito.  Você verá que ele mantém a sua arquitetura antiga, por ser um dos poucos sobreviventes da guerra.

Rotterdam

Ali perto também há outras atrações como o Miritiem Museum, que conta um pouco sobre o porto de Rotterdam, toda a história da Holanda e ainda te dá a possibilidade de visitar um navio de 1868. Outra é a Erasmusbrug, a principal ponte da cidade, que vamos falar mais adiante.

Ali ainda no centro, recomendo que você sente para almoçar ou tomar um café ou cerveja no Markthal, o lindo mercado de Rotterdam. Ali você encontrará diversos bares, cafés e restaurantes, com comidas do mundo todo, inclusive holandesas!

Falando em culinária holandesa, que não é tão elaborada assim, não deixe de comer o sanduíche de croquete. Eu nunca como o pão, mas amo o croquete com mostarda!

Bom, voltando ao Markthal, o edifício é super moderno, em forma de túnel, com casas residenciais ao redor e o mercado embaixo. O interessante é que os apartamentos do edifício também tem vista para o mercado e você vai ficar impressionado com a acústica do lugar… Zero barulhento como os mercados que estamos acostumados. Vale a pena a visita!

Casas Cúbicas e Grotekerkplein

Em frente ao Markthal você verá as famosas casas cúbicas, que são casas em formatos de cubo. Sim! Até hoje eu me pergunto como as pessoas conseguem viver ali. É muito interessante! E falando em interessante, a poucos passos dali, na Grotekerkplein, você encontrará uma linda pracinha e uma igreja – Laurenskerk – em que parte dela se transformou num bar! Sim!!!! Você poderá tomar uma cerveja no que antes era uma igreja.

Uma experiência única, não?

Ponte Erasmus

Indo para a parte Sul de Rotterdam, você não pode deixar de passar pela ponte Erasmus ou Erasmusbrug, que liga as duas partes da cidade e tem esse nome em homenagem ao importante humanista holandês da renascença, Desiderius Erasmus (1466-1536). Os amantes de arquitetura vão gostar de saber que a ponte foi desenhada por Ben van Berkel e foi concluída não há muito tempo, em 1996. Ela possui 802 metros de comprimento e 139 metros de altura e nas suas extremidades seu formato lembra o de um cisne (um animal que você verá muito pelos canais da cidade!).

Rotterdam

Cruzar a Erasmusbrug de bicicleta é algo bem divertido de se fazer, principalmente em dias com bastante vento.

Falando em vento, ele sopra ali de forma intensa! Mas não tenha medo. É extremamente seguro e tem ciclofaixa dos dois lados, além de pista para carros e pedestres. Dali de cima do rio Nieuwe Maas você poderá ter a sorte de ver transatlânticos atracados ao lado da ponte ou barcos de todos os tamanhos passando. Inclusive essa ponte se abre para que barcos maiores passem sob ela. É uma diversão ver uma ponte tão grande se abrir assim!

Sul de Rotterdam

Do outro lado da ponte, no lado sul, você verá prédios mais comerciais e uma das áreas que eu mais gosto. Não deixe de parar no Hotel New York, também um dos poucos edifícios que resistiram à Guerra. Tomar um café lá tem um sabor super especial, tanto na parte de dentro, quanto na parte de fora, quando o dia estiver ensolarado e bonito. Mas não coma muito, pois logo ali perto, também na beira do rio, tem o Fênix Food Factory, um espaço que era um antigo galpão e que se transformou numa espécie de coletivo de bares e restaurantes deliciosos.

Rotterdam

No Fenix Food Factory você poderá provar uma tábua de queijos sortidos holandeses por 4 euros (5 variedades de queijo por pessoa). Além de frios, sanduíches holandeses, comidas turcas, Stroop Waffle (a sobremesa típica daqui) e cervejas, muitas cervejas artesanais deliciosas e sidras. Eu adoro ir lá quando o dia está bonito e comer olhando para o rio.

E se você é do tipo que gosta de balada ou um lugar mais badalado, Witte de Withistraat (carinhosamente apelidada de Witte de Witty) é o local para ir à noite, jantar ou comer uns petiscos, ver gente e beber algo. Uma rua cheia de bares e restaurantes, onde os Rotterdamers adoram ir nos fins de semana.

E para quem gosta de passeio de barco, abaixo da Erasmusbrug você pode encontrar barcos que fazem tour pelo rio Nieuwe Maas e que inclusive te levam para conhecer o porto da cidade!

Se estiver buscando um tour privado em português em Rotterdam, clique aqui! Nós oferecemos tours para Brasileiros na Holanda! 😉

Rotterdam fora da rota

Aqui vão quatro lugares que eu amo em Rotterdam, que não estão necessariamente na rota super turística, mas que valem uma visita!

Possee

É um restaurante e galeria, ao lado do Fenix Food Factory, com opções super agradáveis de comidinhas e cervejas. O espaço é de cair o queixo. Eu descobri por acaso e sempre que posso vou lá! Adoro estar naquele galpão antigo, com antiguidades espalhadas, móveis estilosos, teto alto, janelas industriais… É uma visita que vale a pena, nem que seja para provar um cappuccino e o cheese cake deles, que é maravilhoso!

Vessel 11

É um barco/bar. Quer ver como os barcos Holandeses são adaptados para outras funções além de velejar? Esse barco super charmoso fica atracado perto do Maritiem Museum. Ele serve algumas comidinhas e cervejas, inclusive uma deliciosa cerveja da casa. Ali também acontecem shows à noite e é um lugar que eu adoro ir! Não deixem de comer bitter ballen, uma espécie de croquetes, que é típico daqui e que eu amo de paixão! O bittter ballen de lá é delicioso, principalmente acompanhada da cerveja da casa. Não deixe de provar!

Kraligen Bos

É um parque gigante e lindo, com dois moinhos de vento! Um deles tem um bar abaixo e um lago cheio de patinhos e cisnes. Se você tiver tempo sobrando e o dia estiver bonito, vale a pena a visita, principalmente se estiver de bicicleta! Sente abaixo do moinho, tome algo e aprecie a vista e o ar dessa deliciosa cidade!

Nieuwe Binnenweg

É também conhecida como a rua dos artistas! Mas o que atrai mesmo ali é a vivacidade da rua, com seus vários coffee shops, além de restaurantes e bares dos lugares mais diferentes do mundo. Vale uma passada, principalmente se você quiser experimentar um Donner Kebab típico.

Onde ficar em Rotterdam?

Rotterdam não é uma cidade muito grande e o sistema de transporte público é bem fácil e acessível. Porém o melhor lugar para se hospedar é na região central.

O Airbnb oferece ótimas opções e eu, quando cheguei em Rotterdam, fique em um na rua Nieuwe Binnenweg, bem cêntrico e perto de tudo. Como essa é uma rua agitada, há várias opções de bares, restaurantes e até supermercado, caso prefira cozinhar em casa.

RotterdamImagem: Airbnb

Ganhe créditos de desconto fazendo a reserva do Airbnb por este link aqui.

Próximo da Erasmusbrug também é um lugar interessante, onde há uma vida cultural mais agitada. E perto da Witte de Whitestraat, é um lugar fácil de se locomover e próximo aos principais museus da cidade.

O Booking.com também oferece ótimas opções, incluindo o Student Hotel, que é barato e super badalado.

Hotel em RotterdamFoto: Booking.com

Últimas dicas de Rotterdam

Rotterdam não é uma cidade extremamente cara. Ela é bem mais barata que Amsterdam, por exemplo. Você pode conhecê-la em um dia, obviamente, mas o ideal seria pelo menos dois dias inteiros. Como a hospedagem em Amsterdam é mais cara, a base em Rotterdam é excelente para conhecer outras cidadezinhas da Holanda. Lugares como Delft, Gouda e Den Haag, ficam bem pertinho de Rotterdam e dá pra fazer tudo por trem. Essas cidadezinhas são menores e basta um dia para ver cada uma delas.

E outra recomendação que eu sempre dou, faça seguro viagem! A gente nunca sabe do amanhã e eu SEMPRE faço seguro viagem independente de onde eu vou. E quando você entra na Europa, você também é obrigado a apresentar o seguro Schengen. Então venha prevenido e não seja barrado na imigração! Se você não sabe com quem fechar, eu costumo cotar com essa empresa aqui que sempre me dá os melhores preços. 😉

Links úteis para a sua viagem pela Holanda

Viajar para a Holanda é como entrar num filme de época! Você vai amar cada segundo da sua viagem pelo país! Para ajudar, aqui vão alguns links para o planejamento da sua viagem:

1. Outros artigos úteis para ler aqui no nosso site:

Sempre atualizamos nossos artigos e queremos que você aproveite ao máximo a sua viagem! Estes textos podem ajudar a esclarecer alguns pontos na sua viagem pela Holanda.

– Roteiro de Viagem pela Holanda: a Rota Perfeita
– Trajeto do aeroporto ao centro de Amsterdam
– 10 coisas para fazer em Amsterdam
– Qual a melhor época para visitar a Holanda?
– 7 Delícias para comer na Holanda: os pratos típicos Holandeses

Para ler todos os nossos textos sobre a Holanda, clique neste link aqui.

2. Ingressos das atrações turísticas mais importantes

Para comprar ingressos das atrações na Holanda, eu recomendo buscar os bilhetes pela Tiqets. Você compra os bilhetes das atrações e eles já aparecem no seu celular. Ou seja, é só mostrar a tela com o seu bilhete e pronto. Sem fila, e sem papel, uma maravilha. 

Entre as atrações mais importantes, aqui vai a nossa lista de “must do” na Holanda:

– Heineken Experience
– Museu do Van Gogh
– Museu de arte Rijksmuseum
– Parque das Tulipas Keukenhof

Para reservar Transfers e Guias na Holanda, eu recomendo a GetYourGuide. Eles são outra empresa holandesa que oferece tours de experiências e guias privados. Na imagem abaixo você consegue olhar mais informações.

3. Reserva de Hotel ou AirBnB

Eu sempre reservo tudo pelo Booking.com, que além de ter várias promoções, tem a possibilidade de cancelamento gratuito até dias antes da sua viagem. Aqui tem um post com dicas de melhores bairros e hotéis para ficar em Amsterdam. Se você prefere AirBnB, tem vários apartamentos e quartos legais na Holanda. Neste link você ganha descontos na sua hospedagem pelo AirBnB.

– Link para reserva da hotéis no Booking.com
– Link para descontos no AirBnB

4. Transporte da Holanda

Para quem viaja de carro na Holanda, aqui vão as nossas dicas para alugar um carro no exterior. É importante ter alguns cuidados e neste link vai o passo a passo.

5. Seguro Viagem para a Holanda

Na Europa, o seguro de viagem é obrigatório. Eu recentemente descobri a Seguros Promo para cotar seguro de viagens, eles dão boas ofertas e de 5% a 20% de desconto para os leitores do blog. Basta clicar neste link aqui.