Os moinhos de vento na Holanda são tradição e marca registrada do país. Se você planeja visitar os Países Baixos, provavelmente verá muitos destes moinhos de vento espalhados por aí. Mas para ter uma experiência única, conhecendo os moinhos de vento na Holanda, você precisa visitar o parque Kinderdijk. Trata-se de um parque histórico, patrimônio da humanidade pela UNESCO, também conhecido como o parque dos moinhos de vento na Holanda!

Moinhos de vento em Rotterdam

A Holanda também é conhecida por Países Baixos, pois 1/3 do seu território se encontra abaixo do nível do mar. E isso não se deu por milagre não! A força e inteligência humanas foram responsáveis por permitir que isso acontecesse. Os holandeses são referência no mundo quando se fala em controle de águas. E Kinderdijk é um exemplo disso. Se não fosse essa inteligência colocada em prática há anos e anos, o país não existiria. Estaria sob as águas.

Kinderdijk: o parque dos moinhos de vento

Kinderdijk é um local onde estão concentrados 19 moinhos de vento que serviram durante anos e anos para controlar o nível da água da região. Eu, na minha santa ignorância, achava que os moinhos de vento na Holanda serviam para moer cereais ou qualquer coisa do gênero. Ledo engano! Eles possuem uma inteligência e um sistema incrível, que, guiados pelos homens, são capazes de controlar e drenar o excesso de água, fazendo com que a região não seja inundada.

Hoje em dia esse controle é feito por diques com tecnologia mais moderna, mas os moinhos de vento seguem lá. Tudo isso para nos mostrar que com inteligência, coordenação e respeito, podemos fazer coisas incríveis, inclusive controlar a força das águas.

Onde fica o parque dos moinhos de vento Kinderdijk?

Kinderdijk fica no Sul da Holanda, à beira do rio Maas. Um pouco distante de Amsterdam – 3 horas aproximadamente. Porém, muito mais próximo de Rotterdam. Há trens que saem de Utrecht ou Rotterdam para lá, cidades que ficam mais próximas. O ideal é fazer uma visitinha combinando Rotterdam quando for visitar estes famosos moinhos de vento.

Como chegar em Kinderdijk?

A melhor forma de chegar em Kinderdijk é por Rotterdam. Se você está em Amsterdam, essa é uma ótima desculpa para conhecer uma das cidades mais modernas da Europa e ainda visitar os famosos moinhos de vento na Holanda.

Moinhos de vento Rotterdam

De trem (direto), a viagem de Amsterdam a Rotterdam dura 45 minutos. Em Rotterdam, a melhor forma para ir é pelo waterbus, o ônibus aquático que faz um bonito percurso pelo rio Maas. A saída é abaixo da ponte Erasmus, mas fique atento para não se confundir e ir em direção à placa do Waterbus.

O Waterbus é um sistema público de transporte e o ticket pode ser pago dentro do barco mesmo. A freqüência é de aproximadamente meia hora, dependendo do momento do dia, mas é sempre bom checar antes para se planejar. Aqui você pode ver a tabela com os horários.

Outra coisa legal, é que você pode levar a sua bike e fazer o percurso dos moinhos de bicicleta, o que é bem bonito também. Também embaixo da ponte você pode alugar bicicletas e daí é só subir no barco com ela e pronto!

Moinhos de vento + passeio de barco:

Para ter uma experiência verdadeiramente holandesa, você pode optar por pegar o barco Nehalennia, construído em 1908 e ativo até hoje. Nele você pode desfrutar de uma viagem de 90 minutos com um guia que vai te contando várias curiosidades e histórias da região.

Esse serviço acaba sendo só um pouco mais caro que o Waterbus, como uns 7 euros a mais, mas compensa, caso você queira ter uma experiência num barco tipicamente holandês, com presença de guia e opções de comidas e bebidas à bordo.

moinhos de vento Rotterdam

Compre aqui o ingresso para o Nehalennia e garanta a dupla experiência no barco + parque dos moinhos de vento.

O que ver em Kinderdijk?

Kinderdijk é um dos lugares mais lindos que já conheci aqui na Holanda. São 19 moinhos de vento espalhados por entre canais. Você pode percorrê-los à pé, de bike ou inclusive com um barquinho que passa por entre eles. Esse passeio pode ser feito sem pagar. Mas para entrar nos moinhos e ver como as famílias moravam ali, é preciso pagar a taxa de entrada. Eu indico essa opção, pois vale muito a pena.

Várias famílias moravam ali e se coordenavam para fazer os moinhos de vento funcionarem concomitantemente para o controle das águas. Os museus possuem tudo muito bem conservado e você pode, inclusive, interagir com os objetos das casas-moinho.

Há também um pavilhão que explica melhor o sistema de controle de águas na Holanda. Ele exibe um vídeo explicativo com todos os detalhes sobre Kinderdijk. E esse é um vídeo num formato interativo bem interessante.

A visita dura em torno de 2 horas, não mais que isso. Mas a paisagem e a história são tão fantásticas, vale cada segundo ali. O trajeto no barco é um pouco mais demorado. Mas eu considero uma parte importante do passeio também. A vantagem é que se você fizer essa visita pela manhã, te sobra ainda a tarde toda para explorar melhor Rotterdam. Quer saber mais sobre Rotterdam? Tem dicas no post completo sobre Rotterdam e no post que conta o que os guias não contam sobre Rotterdam!

Links úteis para a sua viagem pela Holanda

Viajar para a Holanda é como entrar num filme de época! Você vai amar cada segundo da sua viagem pelo país! Para ajudar, aqui vão alguns links para o planejamento da sua viagem:

1. Outros artigos úteis para ler aqui no nosso site:

Sempre atualizamos nossos artigos e queremos que você aproveite ao máximo a sua viagem! Estes textos podem ajudar a esclarecer alguns pontos na sua viagem pela Holanda.

– Roteiro de Viagem pela Holanda: a Rota Perfeita
– Trajeto do aeroporto ao centro de Amsterdam
– 10 coisas para fazer em Amsterdam
– Qual a melhor época para visitar a Holanda?
– 7 Delícias para comer na Holanda: os pratos típicos Holandeses

Para ler todos os nossos textos sobre a Holanda, clique neste link aqui.

2. Ingressos das atrações turísticas mais importantes

Para comprar ingressos das atrações na Holanda, eu recomendo buscar os bilhetes pela Tiqets. Você compra os bilhetes das atrações e eles já aparecem no seu celular. Ou seja, é só mostrar a tela com o seu bilhete e pronto. Sem fila, e sem papel, uma maravilha. 

Entre as atrações mais importantes, aqui vai a nossa lista de “must do” na Holanda:

– Heineken Experience
– Museu do Van Gogh
– Museu de arte Rijksmuseum
– Parque das Tulipas Keukenhof

Para reservar Transfers e Guias na Holanda, eu recomendo a GetYourGuide. Eles são outra empresa holandesa que oferece tours de experiências e guias privados. Na imagem abaixo você consegue olhar mais informações.

3. Reserva de Hotel ou AirBnB

Eu sempre reservo tudo pelo Booking.com, que além de ter várias promoções, tem a possibilidade de cancelamento gratuito até dias antes da sua viagem. Aqui tem um post com dicas de melhores bairros e hotéis para ficar em Amsterdam. Se você prefere AirBnB, tem vários apartamentos e quartos legais na Holanda. Neste link você ganha descontos na sua hospedagem pelo AirBnB.

– Link para reserva da hotéis no Booking.com
– Link para descontos no AirBnB

4. Transporte da Holanda

Para quem viaja de carro na Holanda, aqui vão as nossas dicas para alugar um carro no exterior. É importante ter alguns cuidados e neste link vai o passo a passo.

5. Seguro Viagem para a Holanda

Na Europa, o seguro de viagem é obrigatório. Eu recentemente descobri a Seguros Promo para cotar seguro de viagens, eles dão boas ofertas e de 5% a 20% de desconto para os leitores do blog. Basta clicar neste link aqui.