Procurando o que fazer nas Ilhas Canárias? Encontrou! Hoje aqui no blog Eu Ando Pelo Mundo vamos falar de um dos principais destinos turísticos dos Europeus: o arquipélago das Canárias, estas ilhas espanholas que estão localizadas ao lado da África, perto do Saara e do Marrocos. As Canárias são uma das comunidades autônomas da Espanha, sendo o espanhol a língua oficial. O arquipélago é formado por 7 ilhas principais: El Hierro, La Gomera, La Palma e Tenerife, que formam a província de Santa Cruz de Tenerife; e Fuerteventura, Gran Canaria e Lanzarote, que formam a província de Las Palmas.

ilhas_canarias5

Pra quem dormiu nessa aula…

As Ilhas Canárias são conhecidas desde a antiguidade, mas foi no século XIV que passaram a ser exploradas massivamente pelos europeus. Em 1402 se iniciou a conquista espanhola das ilhas, que depois de um século já tinham garantido o domínio absoluto sobre o território. Foi também nessa época que começou a grande experiência colonial: importar escravos para trabalhar nas fazendas de cana-de-açúcar e demais produtos agrícolas que seriam voltados para o consumo europeu . A experiência funcionou tanto que logo mais os Espanhóis replicaram o modelo de negócio em toda a América Espanhola – coisa que os Portugueses fizeram também no Brasil.

Onde ficam as Ilhas Canárias no mapa?

Ficam perto da África, ao sudoeste da Península Ibérica. Há vôos diretos entre Madrid e vários aeroportos nas Canárias, a forma mais fácil de chegar lá é de avião. Todas as ilhas possuem aeroportos, que conectam tanto vôos internacionais diretos como aqueles provenientes da Espanha. A oferta de transporte público nas ilhas é bastante limitada, se você planeja uma viagem para lá, considere alugar um carro, nem que seja por um dia para ir de uma praia a outra.

Informações sobre as Ilhas Canárias

As ilhas Canárias têm origem vulcânica e possuem um clima subtropical, o que faz com que apresentem uma grande diversidade biológica. Possuem patrimônios naturais da humanidade e vários parques e reservas biológicas protegidas. As cidades principais são Las Palmas de Gran Canária e Santa Cruz de Tenerife, onde estão distribuídos os governos.

Nossa rota nas Ilhas Canárias

Nós estivemos somente na ilha de Tenerife. Chegamos pelo aeroporto Santa Cruz de Tenerife (Tenerife North) e seguimos para uma cidade chamada  Puerto de la Cruz, onde nos hospedamos no hotel Beatriz, ao norte da ilha. Essa cidade é linda, com arquitetura típica e muita oferta de restaurantes e hotéis. Nós passamos três dias na região, um tempo excessivo, na nossa opinião, dois dias são suficientes. Em seguida, fomos ao sul da ilha, para curtir as praias da zona e voltamos pelo aeroporto Reina Sofia (Tenerife South).

1. Turismo urbano

A ilha de Tenerife possui uma arquitetura colonial inconfundível e uma diversidade cultural impressionante , uma mistura de Europa com África e América Latina. Isso faz com que a comida seja espetacular e as festividades típicas sejam cheias de curiosidades. Em Tenerife há, segundo eles, o segundo maior carnaval do mundo, depois do Rio de Janeiro. O centro histórico de Puerto de La Cruz é uma mistura de casas coloniais com paisagens tropicais, tudo muito bem cuidado e organizado, com ótima estrutura para caminhadas pela costa e visitas às incontáveis casas de artesanato e produtos típicos. Recomendo 2 dias em Puerto de La Cruz para conhecer o centrinho e fazer compras.

ilhas_canarias21

2. Praias

Sobre as praias, bom, tem de tudo! Desde praias com areia vulcânica negra, passando por praias de pedra e até praias com areia branca, fininha. Aqui vai a lista das praias mais populares:

  • Playa del Inglés – Gran Canaria
  • Maspalomas – Gran Canaria
  • Playas de Papagayo – Lazarote
  • Costa Teguise – Lanzarote
  • Las Teresitas – Tenerife
  • Los Cristianos – Tenerife
  • Playa de Sotavento – Fuerteventura
  • Playa de las Pilas – Fuerteventura
  • Tapahuga – La Gomera
  • Playa del Medio – La Gomera

ilhas_canarias28

Como as ilhas possuem bom tempo durante todo o ano, há quem as visite durante os meses de Dezembro a Março, que é inverno na Europa, para fugir do frio. No verão as temperaturas são perfeitas para aproveitar o sol, mas não espere temperaturas escaldantes. As Canárias são conhecidas por sua eterna primavera, ou seja, o clima está sempre ao redor de 20 graus.

3. Esportes Radicais

Para quem gosta de esportes radicais, as Canárias possuem condições perfeitas para algumas modalidades, como Windsurf, Kitesurf, Parapente, entre outros. Para quem adora montanha, há trilhas e picos perfeitos para escalada, além de ótimas rotas para Mountain Bike. Em todas as ilhas há vários grupos que organizam passeios de aventura e alugam equipamentos para quem quiser um dia de adrenalina. Quem gosta de mergulho, as Canárias possuem também condições ótimas para submersão, e uma grande diversidade marítima que apaixona tanto profissionais como amadores.

4. Parques naturais

Interessante é também a variedade de parques naturais que as Ilhas Canárias possuem. Entre eles, o parque que visitamos foi o Parque Nacional de Teide, que possui o pico mais alto de todo o reino Espanhol! Oi? É, a montanha mais alta da Espanha não fica exatamente na Espanha, fica em Tenerife, no vulcão Teide. Com 3718 metros de altura, é o terceiro maior vulcão do mundo, sendo considerado um dos mais destrutivos que existe! MEDO! O parque possui uma paisagem impressionante, tanto que a Nasa andou estudando o território de lá, dizem ser parecido com o que estão encontrando em Marte… Hmm… Bom, é realmente um lugar diferente, em algumas partes parece um deserto de pedras gigantes e vulcânicas com lagartos e vegetação rasteira. Como eu nunca estive em Marte pra saber se parece mesmo, eu acredito na Nasa. 😛

ilhas_canarias16

Além do Parque Nacional de Teide, outros parques figuram entre os mais visitados das Ilhas Canárias:

  • Parque Natural Corona Forestal – Tenerife
  • Parque Natural de Corralejo – Fuerteventura
  • Parque Natural Islote de Lobos – Fuerteventura
  • Parque Natural de Pilancones – Gran Canaria
  • Parque Natural de Tamadaba – Gran Canaria
  • Parque Nacional de Timanfaya – Lanzarote
  • Archipielago de Chinijo – Lanzarote
  • Caldera del Taburiente – La Palma
  • Parque Natural Cumbre Vieja – La Palma
  • Parque Nacional de Garajonay – La Gomera
  • Parque Natural Majona – La Gomera
  • Playa de Verodal – El Hierro
  • Playa de Arenas – El Hierro

5. Observatório Astronômico

Um dos lugares mais interessantes que visitamos foi o Observatório Astronômico do Teide, o primeiro observatório internacional, com telescópios de vários países. É considerado um observatório perfeito, por suas ótimas condições de visão astronômica. Possui telecópios solares e noturnos, mas dizem os experts que este observatório é ideal para estudos do sol. Se você quiser conhecer, o Instituto de Astrofísica das Canárias organiza visitas guiadas para grupos, informe-se aqui:

Observatorio del Teide (Tenerife)
Instituto de Astrofísica de Canarias
C/ Vía Láctea, s/n – 38200 – La Laguna (Tenerife). España
Tel: 34 / 922 329 110 Fax: 34 / 922 329 117
E-mail: [email protected]

“Una hora menos en Canarias”

Na rádio espanhola, sempre que os locutores dizem as horas, é bastante comum finalizarem com a frase  “una hora menos en Canarias”, ou ainda “una hora menos en el paraíso”. É que as Canárias estão localizadas em outro fuso horário, estando sempre a uma hora menos que do continente. Achei bonito! 😀

Onde ficar nas Ilhas Canárias?

Se você quiser fazer a nossa rota, recomendo o hotel Beatriz (que agora se chama Sol Costa Atlantis) em Puerto de la Cruz. O hotel era bem legal, bem estruturado com ótimo café da manhã e um serviço muito bom. Era perto do centro histórico de Puerto de La Cruz, o que para a gente compensou muito pelas caminhadas a pé. Se for ao sul da ilha, recomendo o Sheraton la Caleta, um hotel que também é SPA, perfeito para desligar do mundo e sentir-se como um rei (ou rainha!). 😀

ilhas_canarias25

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com