Primeira vez em Barcelona? Pois bem, este post é pra você! Barcelona é o tipo de cidade que tem muita, mas muita coisa para se fazer e um guia como este ajuda um monte! 😀

Mesmo depois de morar na cidade, eu ainda sigo descobrindo coisas novas por Barcelona. Para quem vai viajar para Barcelona pela primeira vez, aqui vai um guia com as principais atividades para fazer na cidade. Preparei um post perfeitinho com tudo o que fazer na sua primeira vez em Barcelona, bora lá!

Barcelona

Onde fica Barcelona no mapa?

Fica na costa leste da Espanha, no mar mediterrâneo. É perto da fronteira com a França, e você pode aproveitar para fazer uma viagem entre Espanha e França por terra, chegando até Marseille, no sul da França! Linda viagem!

Ou então, faça a rota de Barcelona até Roma de avião, é bem pertinho. Dá pra fazer um cruzeiro pelo mediterrâneo também, que passa pelas Ilhas Mallorca, Menorca, Sardenha e Sicília! Que arraso!

Como chegar em Barcelona?

Tem um vôo direto saindo de Guarulhos até o aeroporto El Prat de Barcelona, operado pela Latam. Acho que é a forma mais fácil. Também rola fazer a rota do Brasil até Lisboa ou por Madrid, e de lá seguir em uma conexão para Barcelona. A Tam, a Tap e a Ibéria fazem estas rotas.

Se estiver em outro lugar da Europa é bem fácil, há vôos de quase todos os aeroportos do continente para Barcelona. Algumas low cost operam para o aeroporto El Prat com ótimos preços. Veja aqui neste link como funcionam as empresas low cost na Europa.

Barcelona

Como chegar do aeroporto ao centro de Barcelona?

Chegando no aeroporto El Prat, você pode pegar um táxi para o seu hotel (entre 40 e 60 euros), ou usar o metrô, ônibus, ou trem no próprio aeroporto.

O trem e o metrô são as opções mais utilizadas na cidade. O trem continua sendo a mais conveniente, desde a última vez que estive em Barcelona. Outra idéia é usar o Aerobus, que é um shuttle que faz a rota do aeroporto até a Plaza España. De lá você pode pegar o metrô ou um táxi, se for o caso.

Barcelona

O que fazer em Barcelona?

Para uma primeira vez em Barcelona, dá pra fazer muita coisa! Quase que não existe época ruim para uma viagem a Barcelona. O sol está sempre presente e o inverno é bem tranquilo (para os padrões europeus).

Entretanto, não recomendo viagens para Barcelona em Agosto. Nesta época, a cidade tira férias (literalmente) e muita coisa fica fechada por lá. Talvez a melhor época para quem viaja pela primeira vez em Barcelona seja a primavera, entre maio e começo de julho. Entre as principais atrações da cidade, aqui vão as minhas dicas separadas por pontos mais importantes. Em 3 dias dá pra fazer tudo!

1. Centro Histórico de Barcelona

Como a cidade é realmente grande, recomendo começar pelo básico, o centro histórico de Barcelona. Tire dois dias inteiros para conhecer este pedaço da cidade, que vale a pena!

O centro histórico de Barcelona vai levar bastante tempo de visita porque está dividido em quatro bairros: El Raval, Barri Gòtic, El Born e Barceloneta.

El Raval é considerado mais alternativo, e já foi chamado de violento no passado. O Gótico é onde estão a maior parte dos edifícios de arquitetura gótica e ruas medievais. O El Born é onde estão alguns museus importantes e vários restaurantes legais, ótimo para passear à noite. E Barceloneta é onde fica a praia e o porto antigo.

Dica: Para conhecer a maior parte dos bairros no menor tempo possível, recomendo fazer um tour com alguma empresa de turismo. Assim você economiza tempo!

Você pode fazer o tour a pé pelo centro histórico de Barcelona e então começar a se familiarizar com a cidade no primeiro dia. Assim você conhece as zonas mais turísticas no começo e aproveita o restante do tempo da sua viagem para explorar outras coisas de Barcelona por conta própria.

Tem um tour grátis oferecido pela Civitatis que eu acho bem legal. Com duração de 2h30, é uma opção perfeita para começar a explorar Barcelona. O tour é grátis, mas você escolhe quanto quer dar de gorjeta para o guia no fim do tour. Eu sempre recomendo uns 10 euros de gorjeta por pessoa, já que o tour é longo, mas você escolhe pagar o quanto puder. 🙂 Ah, tem a opção de tour em inglês em espanhol também!

Aqui neste link tem mais informações sobre o tour grátis em Barcelona.

Se decidir rodar o centro histórico de Barcelona sozinho, o ideal é fazer a seguinte rota detalhada no mapa a seguir:

El Raval

No bairro El Raval faça o Mercado la Boquería, conheça a Rambla del Raval e a famosa escultura “El Gat” de Botero, passe pelo CCCB e pelo MACBA e faça uma foto no Mirador de Colom.

De todos os pontos, o mais imperdível é o mercado La Boquería. Este é um mercadão da cidade, perfeito para ver algumas cores lindas e talvez provar algumas frutas!

Aos mais atrevidos, recomendo provar algo que nunca provaram na vida, ou tomar um sucão natural delicinha!

Dica: é um mercadão turístico, não se assuste com os preços hein.

Barcelona
Barcelona
Barcelona

Bairro Gótico

No bairro Gótico, conheça a Catedral de Barcelona, a Praça Sant Jaume, a Plaça del Rei, a Plaça del Pi e o famoso café/bar Els Quatre Gats, além do Moll d’Espanya.

Recomendo fortemente a região do Moll d’Espanya. Esta é uma região que se estende por uma baía muito linda e onde há um píer gigante com um shopping no final. É um lugar bem bonito para caminhadas, mas é bom saber que está cheio de ambulantes e pode ter bastante turista disputando espaço com você.

Vale a caminhada ou mesmo um passeio de bike, de preferência no fim do dia, quando as luzes começam a se acender e fica um visual muito lindo para um passeio romântico!

Barcelona

El Borne

No bairro El Borne conheça o Mercado del Born, a igreja Santa Maria do Mar, o Museu Picasso e o Palácio da Música Catalã (que não fica no Borne, mas pertinho).

Barceloneta

A praia de Barceloneta não pode ficar de fora do roteiro turístico em Barcelona, apesar de ser super movimentada o ano inteiro. Eu costumava sair para correr nesta praia durante o inverno, era uma delícia!

Faça uma caminhada pela orla e pare em um dos cafés (recomendo o Café Buenas Migas, que fica bem na Plaza del Mar, no começo de Barceloneta) para relaxar.

Aproveite também para passear pelas várias esculturas no Passeig Maritim de la Barceloneta. Conheça o famoso Peixe Olímpico de Frank Gehry, a escultura El Cap de Barcelona e a Homenagem à natação. Também vale visitar o Mercado de la Barceloneta.

Barcelona

Dica: aqui neste link tem infos sobre um tour de bicicleta em Barcelona, que você vê ainda mais coisas no mesmo tempo de passeio.

2. Plaça de Catalunya e Compras em Barcelona

A Plaça de Catalunya é a praça principal de Barcelona, onde está o coração comercial da cidade. Dali saem as várias avenidas que ligam o centro à praia e o centro aos bairros superiores.

Gaste um tempo nesta região principalmente se quiser aproveitar para fazer compras. Ali pertinho ficam as lojas mais conhecidas, como a Zara, H&M, Mango, sempre com bons preços.

Aos loucos por eletrônicos, ali também está a Apple Store e a mega loja de departamento El Corte Inglés. Enfim, dá pra se divertir!

Barcelona
Plaça de Catalunya em Barcelona

3. Plaza España e Montjuic

Tire meio dia para visitar este pedacinho da cidade na sua viagem por Barcelona. Bem na frente da Plaza España se encontra um edifício monumental que chamará toda a sua atenção. Neste prédio fica o famoso Museu Nacional de Arte da Catalunha, que possui entrada franca aos sábados, após as 15h, e todo primeiro domingo de cada mês.

Barcelona
Plaza España
Barcelona
Museu Nacional de Arte da Catalunha

Este é um impressionante edifício de 1929 que foi construído para a feira mundial que aconteceu em Barcelona e sério, vale muito a pena visitar.

Na entrada do Museu, há fontes que à noite se iluminam e fazem um show de águas dançantes. Os horários dos shows mudam conforme a estação do ano, você pode confirmar aqui neste site o horário de certinho.

Justamente ali atrás do museu, está o Montjuic, a montanha onde está a fortaleza da cidade.

Barcelona
Fortaleza de Montjuic

Dá pra entrar no museu e subir a montanha até a fortaleza a pé, porém, é um passeio bem longo. A melhor opção é usar os bondinhos, que são bem mais rápidos e menos cansativos.

Aqui neste link dá pra comprar o bilhete dos bondinhos até o topo da montanha. Compre pela internet e evite a fila da bilheteria,

4. Obras do Gaudí

Gaudí foi o arquiteto que praticamente reformulou e deu a cara do que é hoje Barcelona.

Ele tinha um estilo muito particular e tem gente que odeia as obras deste artista. Eu adoro! Acho que dá um charme especial para a cidade que já é por si mesmo uma obra de arte.

Há vários edifícios feitos pelo Gaudí que se pode visitar, entre eles a Casa Batló, A La Pedrera (ou casa Milà), a Sagrada Família e o Parque Guell, talvez os ícones mais conhecidos na cidade.

A Casa Batló e a La Pedrera ficam na avenida Passeig de Gràcia, cujos azulejos também foram desenhados por Gaudí! 😀 E na Sagrada Família dá para subir em uma das torres e ver a cidade do alto, e ela está cada dia mais linda.

Leia também: Dicas para visitar a Sagrada Família de Barcelona

5. Camp Nou

Quem curte futebol pode fazer uma visita no lindo estádio do Barcelona FC, para o Camp Nou Experience. Esta visita conta toda a história do time, tem memorial para os jogadores que já passaram por ali, visita à arquibancada e lojinha de souvenirs, claro.

É um passeio mais afastado das principais atrações turísticas e vale a pena se você tem mais tempo na cidade e se também é fã do Barça.

Barcelona

Barcelona fora da rota turística

Adoro essa parte! Barcelona é uma cidade mega turística, mas tem muita coisa fora da rota para se fazer, o que deixa a viagem mais especial e com uma cara mais autêntica! Fiz já um post com 10 dicas de passeios fora da rota para se fazer em Barcelona,  neste link aqui. Mas vou facilitar a vida para quem quer um resumão e gostaria de dar um up na sua primeira vez em Barcelona.

1. VISITE O GRÀCIA

Gràcia, assim com o acento virado mesmo, é um bairro muito massa de Barcelona! Recomendo visitar o Gràcia no fim do dia, que é quando o calor já não é tanto e você pode descansar em algum dos vários bares, olhando o movimento. Em Gràcia ficam as mesas a céu aberto e é simplesmente o ambiente perfeito para tomar umas cervejas e provar umas tapas catalanas. Peça “Pa amb tomàquet” ou “Pan con Tomate”, uma espécie de Bruschetta local divina. Patatas Bravas também não podem ficar de fora do seu menú original.

Barcelona

Sério, vai no Gràcia! É uma lindeza este bairro! E vai com a intenção de se perder, são várias praças, procure algumas e caminhe até encontrar ao acaso as outras. É incrível!

2. EL BORNE À NOITE

O Bairro El Borne tem uma das noites mais movimentadas da cidade, mais alternativa, costuma ter bem menos turista que as baladas da praia. É lá que os moradores locais vão tomar algo e se preparar para a noite, ou mesmo encarar a balada ali e ponto. Na Rambla del Borne está o meu barzinho preferido, El Copetin, onde conheci o meu marido! Oun! #romântico #balada #salsa

Barcelona

3. PIQUENIQUE NO PARQUE LA CIUTADELA

O Parque La Ciutadela é melhor localizado que o Parque Guell e tem lindas praças e muito espaço público para fazer como os europeus: um piquenique debaixo do sol. Se for no verão, debaixo de uma árvore, melhor. Consiga umas cervejas, uns petiscos e relaxe no parque. Aproveite para fazer fotos na linda fonte Gran Cascada e ouvir apresentações musicais e performances pelo parque. Entre este parque e o Guell, este é grátis e muito mais usado pela população local!

4. COMIDA TÍPICA

Assim, tem gente que vai pra Barcelona e quer ver uma apresentação de flamenco e pedir paella. É tipo ir pra Salvador e querer ver uma escola de samba e comer feijoada. Não combina muito… Até tem, mas pro turista desavisado… Então, em Barcelona, o melhor que você faz é buscar comida típica da Catalunha e evitar ser muito clichê.

Eu fiz um post com vários restaurantes para comer em Barcelona, aqui neste link. Mas se você tá com preguiça de ler tudo (eu clicaria no link, tem muita coisa e tá dividida por preços e tá atualizado), vá no restaurante Tasca i Vins, típico catalão! É o restaurante onde poucos turistas vão, está muito mais presente na cultura local e a comida é deliciosa. É pertinho da estação Barceloneta do metrô, bem em frente à Estaciò de França. Saindo do metrô Barceloneta, vire à direita na rua Pla del Palau. Siga até a Av. Marquès de l’Argentera e caminhe até o restaurante, que fica no número 13.

5. REDONDEZAS DE BARCELONA

Se você gosta de explorar as redondezas da cidade e pensa em visitar algo fora da rota padrão, recomendo uma visita às cidades vizinhas. Sitges é uma das minhas preferidas, dá pra fazer um bate-volta de meio dia até lá. Em Sitges a praia é bem frequentada por moradores locais no verão, e nas épocas mais frias, muita gente visita a cidade para sair do tumulto e comer guloseimas.

Barcelona

Onde dormir em Barcelona?

Tudo que é hotel em Barcelona parece um absurdo de caro e chega a ser abusivo o valor que alguns hotéis cobram por uma diária na cidade. Mas há um bairro centralizado que fica perto da maioria das atrações e não custa tão caro, nas redondezas da estação de metrô arc de triomf. Recomendo que você procure hotéis nas redondezas da estação, os preços são bons e há fácil acesso para as vias de metrô.

Uma recomendação que eu gosto muito é a rede de hotéis espanhola NH, que tem uma ótima relação custo x benefício. O NH Podium é uma excelente opção para quem quer conforto e não quer levar um susto com a diária!

Hotel NH Podium
Endereço: Bailén, 4-6, Eixample
Reserve pelo Booking.com

Imagen

Últimas dicas sobre Barcelona

Em Barcelona tome cuidado no transporte público, há muita gente de olho em bolsas, bolsos e mochilas. Eu fui roubada em Barcelona e acredito que numa viagem esta é uma das piores situações. Portanto, atenção redobrada nos metrôs, que é onde mais acontecem estes furtos.

Se o tempo estiver bom, recomendo que você alugue uma bike e pedale na orla, é uma delícia e está cheio de ciclovias, vale a pena pela experiência. Fuja dos vendedores “cerveza-bier”, eles estão por toda a parte e vendem latinhas de cerveja na rua. Mas além da latinha de cerveja (que não recomendo comprar, porque não há muita higiene no produto) alguns vendem drogas, é bom evitar a conversa.

Se der tempo, há uma lugar bem perto com montanhas lindíssimas, o Mosteiro de Montserrat. A viagem de trem dura 1 hora e tem lindas paisagens, mas recomendo este passeio para quem já conhece Barcelona ou tem mais tempo na cidade!

Finalmente, evite viajar para Barcelona em agosto, quando o comércio e alguns restaurantes fecham, porque é a época de férias da Espanha. Eles literalmente fecham as portas e só voltam a abrir em setembro. Fora isso, agosto é um calorão tão grande que você não vai conseguir caminhar muito, vai querer passar o dia na praia! 😛

É isso! Se precisar de mais dicas, só falar aqui nos comentários! Ps: aproveite muito! Barcelona está no top das minhas cidades preferidas na Europa e eu realmente espero que a sua viagem te deixe com a mesma impressão!

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com

Imagem Destacada: Banco de Imagens iStock
Créditos: TomasSereda