Madrid tem muito o que fazer! A começar pelo Centro Histórico que tem jardins encantadores, obras de arquitetura impressionantes, música pra todo lado e muita comida boa!

Nós amamos tanto Madrid, que indicamos em primeiro lugar na nossa Rota especial de Outono pela Europa! Confira aqui nossas dicas!

Neste post vou compartilhar os melhores lugares do Centro Histórico de Madrid para você fazer um roteiro completo. Este pedaço de Madrid é também conhecido como “Madrid de los Austrias”.

Centro Histórico de Madrid

Localização

A partir do Palácio Real, num raio de 10 minutos de caminhada leve, você vai conhecer diversas atrações do Centro Histórico. Algumas bem conhecidas e outras um pouco fora do roteiro turístico.

Conheça também o mais importante Museu da Espanha, o Museu do Prado em Madrid.

Veja a seguir um mapa com a localização de 10 atrações imperdíveis do Centro Histórico de Madrid:

1. Palácio Real

O Palácio Real é um dos edifícios mais emblemáticos de Madrid. É residência oficial dos reis, apesar de não habitarem o local. O edifício que vemos hoje foi concluído em 1755 sobre os escombros de um incêndio que destruiu a antiga vila fortificada, feita inicialmente pelo emir Muhammad I no final dos anos 800.

Palacio Real Madrid
Imagem: farbregas1987 | Adobe Stock

Conta com diversos elementos arquitetônicos e decorativos interessantes, uma coleção de tesouro, pintura e armamentos significativos que estão à mostra para os visitantes.

Lembre-se de comprar o ingresso antecipado da bilheteria e evite filas para entrar no Palácio Real! Aqui está o link para a compra de ingressos com tour guiado!

Mais informações

Como chegar: Calle Bailén, pelo metrô Ópera ou metrô Plaza de España.
Horário de abertura: outubro a março de 10:00 às 18:00; abril a setembro de 10:00 às 20:00
Troca da Guarda: Solenidade que acontece todas as quartas-feiras e sábados, de 11h às 14h. Há também na primeira quarta-feira de cada mês (exceto janeiro, agosto e setembro) um evento especial, com mais de 400 soldados, 100 cavalos e a Banda Real.

2. Catedral de Almudena

A Catedral de Madrid, construída à frente do Palácio Real entre 1883 e 1993, conta com uma mescla de estilos arquitetônicos: neoclássico no exterior, neogótico no interior, com modernos mosaicos e neoromânico na cripta. Reza a lenda que em 1083, a Virgem Maria trazida pelo apóstolo Santiago, reapareceu na muralha, após a reconquista espanhola.

Catedral de Madrid
Imagem: LucVi | Adobe Stock

Outra Catedral incrível pertinho de Madrid é a de Toledo. Conheça mais com este tour guiado.

O mais impressionante da Catedral é a vista de sua cúpula. Para subir, a entrada custa 6 euros, que dá acesso ao museu também. Suba até o exterior e contemple uma vista extraordinária de Madrid.

Mais informações sobre a Catedral de Madrid

A entrada geral é optativa de 1 euro e te dá acesso ao interior e cripta. O áudio-guia em espanhol e inglês é gratuito e você utilizar no próprio celular com o wifi deles. Você pode também fazer o download do conteúdo neste link aqui. A Catedral também conta com lojinha de souvenir.

Horário: de 9h às 20h30 todos os dias. Para a cúpula, segunda a sábado de 10h00 às 14h30.

3. Muralha Árabe

Madrid é a única capital Européia de origem árabe, e sua construção mais antiga é uma muralha parcialmente conservada. São 4 a 7 metros de altura, com 2 metros de espessura e 200 de extensão.

Muralha Árabe Madrid
Imagem: b201735 | Adobe Stock

Atrás da Catedral, pela Calle Mayor, você encontra a parte mais representativa da antiga Muralha Árabe, construída entre 850 e 866. A Muralha é declarada Patrimônio Histórico Artístico desde 1954. Junto dela, está o recente Parque del Emir Mohamed I, com uma estrela no centro.

4. Jardins Reais

Plaza de Oriente

Na frente do Palácio, encontra-se a Praça do Oriente de 1844, com majestosas estátuas dos reis da Espanha e jardins geométricos, que substituíram antigas casas medievais. No centro, está uma estátua de Felipe IV em seu cavalo que contou com os cálculos de engenharia de Galileu.

Jardines de Sabatini

Os Jardins de Sabatini, na lateral do Palácio, são um agradável espaço verde, ornamentado com esculturas, espelho d´água, fonte de água natural (pode beber!) e bancos. Chama-se assim, porque antigamente estavam os estábulos reais, projeto do arquiteto Sabatini. Os jardins que vemos hoje são de 1931 e de cima da escadaria o pôr do sol é de tirar o fôlego!

Campo del Moro

Jardins Reais de Madrid
Imagem: josevgluis | Adobe Stock

No fundo do Palácio estão os jardins românticos e em estilo inglês, o Campo del Moro. Estão num nível bem mais baixo, então o acesso é pelo Paseo de la Virgen del Puerto. Possui jardins longos que permitem uma vista em perspectiva do Palácio bem legal. Você pode ver também os pavões e o chalé da Rainha, uma fofura! É um dos jardins mais bem conservados, com poucos turistas.

5. Templo de Debod

Este Templo Egípcio, construído 200 anos antes de Cristo, foi um presente transportado e reconstruído pedra por pedra em Madrid nos anos 70. Nesta época, a construção de uma represa o teria inundado. Atualmente seu interior encontra-se fechado para manuntenção.

Templo Debod Madrid
Imagem: Noradoa | Adobe Stock

Ao lado do Templo você encontra também os mirantes para o monte de Príncipe Pio, com vistas para a Catedral e Palácio Real. E neste mesmo Parque está um jardim de rosas premiadas, o os Jardines de la Rosaleda e o teleférico que conduz à Casa de Campo.

Você pode fazer uma excursão por esses pontos do Centro Histórico e outros de Madrid utilizando o famoso ônibus turístico Hop-On Hop-Off. Clique aqui e compre seu bilhete antecipadamente.

O Templo de Debod está localizado na porção sul do Parque del Oeste, colado no Centro Histórico de Madrid e o melhor horário para visitar é no fim da tarde.

6. Praça da Espanha

Entre o Palácio Real e o Templo de Debod, e pertinho da Gran Vía, está a Praça da Espanha! É um dos lugares estratégicos e mais frequentados pelos turistas, com músicos, lugares de descanso.

Praça da Espanha Madrid
Imagem: efired | Adobe Stock

No centro, uma homenagem a Cervantes com as estátuas de Dom Quixote a e Sancho Pança. Ao redor, a Torre de Madrid e o Edifício Espanha, uns dos mais altos da capital.

Na rua transversal Martín de los Heros, está a calçada da fama do cinema espanhol, com estrelas como Almodóvar, Antonio Banderas, Javier Bardem e Penélope Cruz.

Para aproveitar uma vista panorâmica da Praça e de outros lugares do Centro Histórico de Madrid, recomendamos uma subida ao Ginkgo Restaurante & Sky Bar, bem pertinho do Starbucks. Se não for consumir nada, custa 5 euros para subir, mas vale a pena tomar uma taça de vinho lá em cima!

7. Puerta del Sol

Um dos pontos de encontro mais importantes do Centro Histórico de Madrid é a Porta do Sol. Aí estão reunidos moradores, turistas e artistas de rua, numa praça rodeada de dez ruas.

Além disso, aí está a famosa sede dos Correios, com as badaladas do relógio que celebram o Ano Novo; o Quilômetro Zero, de onde partem as principais rodovias de Madrid; A estátua do Urso e o Madronheiro, que representam o escudo da cidade; e no centro a Estátua de Carlos III e uma fonte de água.

Sem dúvida, este será um ponto de referência para se deslocar pelo Centro Histórico de Madrid.

8. Plaza Mayor

Essa Praça com incríveis Pórticos quase simétricos foi originalmente uma lagoa fora das Muralhas da Cidade Real.

Plaza Mayor Madrid
Imagem: Javier | Adobe Stock

Em seguida, neste local se concentraram comerciantes e transformaram o espaço no principal mercado de Madrid. Em 1484 o espaço se oficializou como espaço comercial. Depois, a Praça passou por diversos incêndios e reconstruções, levando este formato desde 1690. No entanto, o estilo neoclássico que hoje vemos data do final do século XIX.

Foi também palco de grandes acontecimentos, torneios, espetáculos, carnavais, atos e festas religiosas e demonstrações militares. Hoje é um local de muito fluxo turístico, onde acontece o Mercadinho de Natal. Fique atento aos pequenos furtos.

9. Mercado de San Miguel

O Mercado de San Miguel é um monumento centenário de ferro, em homenagem à culinária espanhola. São mais de 20 stands, com uma diversidade e riqueza de sabores. Neste espaço você encontra nove estrelas Michellin.

Mercado San Miguel Madrid
Imagem: Lukasz Janyst | Adobe Stock

Diversas “tapas” MA-RA-VI-LHO-SAS e vinho, tornam este espaço pequeninho num dos principais pontos de encontro do Centro Histórico de Madrid. Indicamos um pouco de tudo: Jamón ibérico, croquetes, frutos domar, pratos vascos, risotos, tacos, sushis, churros e muito mais! Tô com água na boca só de lembrar!

10. Plaza de la Villa

A praça da Vila é um dos lugares mais bem conservados do Centro Histórico de Madrid. Junto da Calle Mayor, ao lado do Mercado de San Miguel, esta é uma praça silenciosa e encantadora.

Plaza De La Villa
Imagem: ake1150 | Adobe Stock

Esta discreta praça medieval foi o coração administrativo de Madrid, e contempla três edifícios incríveis, um de cada século e estilo arquitetônico. Torre de los Lujanes, do século XV em mudéjar-gótico; a maneirista Casa de Cisneros, do século XVI; e a Casa de la Villa, (antiga sede da prefeitura), do século XVII de estilo barroco.

Leia também:
Primeira vez em Barcelona, guia para visitar a cidade
10 coisas fora da rota para fazer em Barcelona
Guia para visitar a Sagrada Família de Barcelona

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com