Barcelona é uma das cidades mais visitadas da Espanha e de toda a Europa, e isso tem um porquê: ela mistura praia com arquitetura, arte com história, montanha com bicicletas, vida noturna com família e faz muito, muito sol. Se você for a Barcelona e estiver chovendo, é porque você teve muito azar. Barcelona chove cerca de 50 dias por ano!!! Os demais dias são quase sempre de céu aberto e um sol maravilhoso, o que para mim já é metade da viagem.

Uma cidade popular como esta concentra várias, inúmeras atrações turísticas.  Qualquer guia turístico que se preze vai falar da Sagrada Família, das casas Batló e La Pedrera, do Bairro Gótico, do Parc Guell, da praia de Barceloneta, Avenida Passeig de Gràcia e Praça Cataluña. Não vou mentir, eu conheci todos estes lugares e eles são sim legais. Mas quem quer fugir do pacotão turistão, aqui vão as dicas de uma Barcelona bem menos plástica e muito mais catalã, confira.

1. Café da Manhã típico

Comece o dia com um café da manhã catalão: Depois das 10hs, porque em Barcelona o café da manhã é a essa hora. É que eles tomam um cafézinho antes de sair de casa lá pelas 10, 11hs fazem uma pausa para comer antes do almoço, que será somente às 14hs. Para eles, o importante é que o alimento seja fresco e bem feito. Não importa a simplicidade da cozinha, desde que tudo seja feito com cuidado e na hora. Microondas é quase um crime.

Um detalhe: “Almuerzo” significa este “lanchinho” das 10hs. “La Comida” é o equivalente ao nosso almoço, só que às 14hs.

Peça “bocadillo de jamón” com “cortado” (sanduíche de presunto e café com leite).
Jamón para eles é o Jamón Ibérico. Se quiser presunto normal, tem que pedir Jamón Dulce.

Onde? Indico o Conesa Artesans de l’entrepa.

2. Uma voltinha pelo MACBA

Eu nunca fui uma expert em arte e menos ainda, apreciadora de alguma escola específica. Mas há um lugar em Barcelona que vale o passeio cultural: o MACBA, Museu de Arte Contemporânea de Barcelona. Este museu fica perto da zona universitária e a galera do skate se reúne ali diariamente. Quer ver arte de rua, vá pra lá. Graffiti, Stencil se mistura com o ar de rebeldia do Bairro Raval. Cena hipster, fauna urbana. Além disso, de tempos em tempos o museu promove atividades extra como feiras, exposições de artesanato e design e promoção da cultura catalã. Mais local impossível.

macba barcelona

3. Bike no Montjuic

O Montjuic concentra muitos turistas, mas poucos, muito poucos ousam subir de bike até lá. É cansativo, mas vale cada gota de suor. Faça um pedal cruzando o centro olímpico e contornando o Montjuic até o topo. Chegando lá, aproveite a vista e depois a melhor descida da sua vida: desça de bike do Montjuic até o porto, chegando ao Mirador Colóm, onde você pode seguir pedalando pela Ronda Litoral até o final no rio El Besòs! No caminho, a Vila Olímpica e o bairro Pobleneu te farão companhia. É um passeio off-route dos mais legais! Ah, é bem fácil alugar bike em Barcelona: Bike Rental Barcelona

barcelona_montjuic

4. Praia de Sitges

Mesmo que não seja verão, um passeio típico ainda pouco comercial é ir às praias de Sitges, com água cristalina, areia dourada e um centro histórico charmosíssimo. A praia de San Sebastià foi eleita a melhor praia da Europa em 2010 pelo NY Times e está entre as mais limpas de todo o mar mediterrâneo. O acesso de trem é bem fácil, seja pela estação Sants, Passeig de Gràcia ou França. Vá ao guichê e pergunte por Sitges, há trens a cada 20 minutos indo para lá.

sitges

5. Almoço na Rambla de Poblesec

A Rambla de Poblesec é muito frequentada pelos locais aos finais de semana. É lá que você verá crianças correndo, papais e mamães conversando sem prestar muita atenção, vovôs bengaleando e vida local respirando. Um bom lugar para almoçar é o restaurante El Sortidor, que preserva as mesmas características há mais de 100 anos!!! Eles servem comida mediterrânea, entre eles, especialidades catalãs.

Endereço: Plaça del Sortidor, 5

el_sortidor

6. Picnic no Parc Ciutadella

Eu acho o Parc Ciutadella muito mais legal que o Guell, simplesmente porque ali as pessoas podem se sentar, conversar, aproveitar o dia, sem necessariamente ficar tirarando fotos de todos os ângulos das obras de Gaudí. É um parque vivo, onde as pessoas realmente vão usufruir do ambiente na companhia de família, amigos, namorados. Leve sua mochilinha com uma canga e uns quitutes para beliscar. Quando quiser caminhar, procure pela Gran Cascada, uma fonte belíssima que foi construída em 1888, e tem também um dedinho de Gaudí, ainda que o desenho seja de Josep Fontserè.

ciutadella

7. Cine Verdi no Gràcia

Eu sei, nem todo mundo curte ir ao cinema quando está viajando, mas acredite, este lugar vale muuuuito a pena. O cine Verdi apresenta o melhor do cine europeu. Difícilmente você encontrará Hollywood por ali, exceto se o filme por algum motivo entrou pra cena cult! E de vez em quando pinta um filme retrô em cartaz: Grease, O Iluminado, Pulp Fiction e alguns clássicos já apareceram por ali. Fora isso, é daqueles cinemas antigos, estilo teatro velho. É uma viagem ao tempo que vai durar uns 90 minutos, só que depois disto, você estará em pleno bairro do Gràcia, o mais gostoso para caminhar e bebericar!

Endereço: Carrer Verdi, 32

8. Happy hour e tapas na Plaza del Sol

Aproveitando a saída do cinema em Gràcia, mate a fome com deliciosas tapas catalanas na Plaza del Sol. É a praça mais popular de Gràcia, onde a juventude em pleno verão simplesmente toma conta do lugar aproveitando o calor e as férias para descansar. Esta praça tem vários barzinhos e vários deles oferecem um menú típico. Escolha o seu preferido e divirta-se!

barcelona_gracia

9. Balada RazzMatazz

A RazzMatazz é uma balada com 4 mega ambientes que apresenta desde shows underground a novidades eletrônicas, passando por puro rock and roll a bandas gaypride. Ela é um pavilhão de arte, música e juventude. Como boa balada lado B, você não precisa se preocupar com o tamanho do seu decote ou do seu salto alto, nem com a quantidade de gel no cabelo. O dresscode é se sentir bem e cair na noite!

10. After party no Marula

Se sobrar energia, o Marula é uma balada funk soul black. É para quem curte dançar até o sol raiar, mexer o esqueleto sem dó nem piedade. Lá você dança, dança e dança pouco mais e nem vê a hora passar. É daquelas baladas que o povo esconde pra não encher de turista desavisado querendo estragar a noite alheia. Solte a franga por lá! Info aqui.

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com