Quer saber como funciona o Transporte público em São Paulo? Encontrou! No último post, a gente mostrou pra você sobre os aplicativos de carro e táxi em São Paulo. Agora, vamos dar uma olhada no transporte público em São Paulo, que tal? Por ser uma cidade gigantesca, São Paulo tem algumas opções de transporte público, veja a seguir todos os detalhes.

Transporte público em São Paulo: Metrô & Trem

Resultado de imagem para metrô spImagem: São Paulo 360

O Metrô é o meio de transporte público de São Paulo mais assertivo, constante, porém escasso. Isso porque ele é super confiável. Normalmente pode-se contar com um metrô no intervalo de 2 a 4 minutos em dias de semana e um pouquinho mais nos domingos. As linhas no horário do rush são meio ultra lotadas, mas tem, dá pra contar em chegar ainda. É escasso, porque temos poucas linhas de metrô e trem (CPTM), se compararmos com outras metrópoles mundo afora.

Muita gente que vem de fora prefere usar o metrô, porque é mais garantido o horário que ele passa. Além disso, você sabe quais são as estações e paradas. Finalmente, não tem muito mistério usar o metrô… Mas não é todo lugar que fica perto de metrô, né… O metrô costuma ser um meio de transporte seguro, apesar de nas horas de rush haver alguns registros de problemas de segurança.

São 4 linhas de metrô: 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e a novíssima 4-Amarela. Há a possibilidade de fazer integração com os trens da CPTM, que levam um pouco mais longe. É possível ir para cidades vizinhas como Suzano, Jundiaí, Mauá, Ribeirão Pires de trem.

Os trens costumam demorar um pouco mais para passar e é um pouco mais lento no geral. Porém, é um meio super válido como transporte também.

As passagens de trem da CPTM e metrô custam R$4,00 e valem para uma viagem. Ou seja, passou da catraca, não tem como voltar sem pagar novamente.

Existem algumas modalidades de passagem que vou falar melhor quando falar do Bilhete Único, mais pra baixo.

Leia também: Aplicativos para o transporte de carro em São Paulo

Transporte público em São Paulo: Ônibus

Como eu disse, o metrô é escasso em São Paulo… Mas em contrapartida existem várias linhas de ônibus, inclusive por caminhos bem próximos por isso é importante prestar atenção!

E com os corredores de ônibus, facilita muito vida do usuário de transporte público em São Paulo! Claro que isso, não significa que tudo está às mil maravilhas, até porque ainda tem algumas linhas que são escassas e a gente fica um bom tempo esperando o famigerado ônibus. E, olha, tem dia que é complicado! Mas tem lugar que só podemos chegar de ônibus ou carro, então, fazer o quê, né? ¯¯\_(ツ)_/¯¯

A tarifa de ônibus é a mesma de metrô/CPTM: R$4,00 e pode ser paga tanto dentro do ônibus com o cobrador quanto com o Bilhete Único. Mas é mais vantagem ter o Bilhete Único (e daqui a pouco te conto o porquê!).

Planejadores para facilitar a sua vida na hora de usar o transporte público em São Paulo:

Mas é claro que a gente separou aqui alguns apps pra facilitar a sua vida com o transporte público em São Paulo, né?

Cadê o ônibus?

Existe a versão para Android e para IOS. É um dos aplicativos favoritos entre as pessoas que já conhecem bem as linhas que precisam usar e só querem mesmo saber onde está o ônibus, quanto tempo vai demorar e coisas assim. Meus amigos usam bastante para a rotina diária.

O aplicativo funciona assim: você escolhe entre alguns estados, sendo São Paulo um deles. Então você pode fazer um perfil ou entrar como convidado e até escolher um avatar! Depois você coloca a linha que você quer saber onde está e aparece no mapa.

Dá pra destacar as linhas mais usadas e ver quais são as paradas que o ônibus faz.

Transporte público em São Paulo

Trafi

Pra quem tá mais perdido, eu aconselho usar uma destas duas opções.

O Trafi é o app que eu uso, baixei quando fui pro Rio e voltei já viciada. Ele tem uma interface fácil, bem simples de usar e dá pra usar também no computador.

No celular, ele pega a sua localização por GPS e aí é só clicar no botão roxo “Para onde você quer ir?”. Então, ele dá algumas opções de rota, você pode escolher pela mais rápida, com menos baldeações, andar menos, etc.

Dá pra ver na rota ainda as opções de ônibus ou metrô que você tem que pegar e se for ônibus, ainda aparece quase em tempo real onde ele está. Claro que não é perfeito, mas a margem de erro normalmente é bem pequena. Costumo tentar deixar uma margem de 2 minutos e dá certo.

Ah, e outra coisa: ele ainda dá um tempo estimado de trajeto até o ponto que você tem que pegar! Você também pode escolher se quer que exclua algum meio de transporte das opções, por exemplo. E finalmente, você pode ver a sua linha favorita e outros meios de transporte público em São Paulo, incluindo alguns turísticos, além receber alertas de trânsito também!

O ruim é que tem alguns caminhos que ele não consegue te sugerir, como o ônibus que eu pegava pra ir pra faculdade, por exemplo… É bom você ter isso em mente. Mas dá pra ver no mapa deles ônibus (e paradas) e metrôs perto de você.

Transporte público em São Paulo

Moovit

O Moovit é o mesmo princípio: você coloca o seu destino e ele dá as opções, com horário aproximado de quando o ônibus vai passar e quando você deve sair, quanto tempo demora, várias opções de rota e tudo o mais. Ele ainda dá os pontos próximos a você e na opção “Estações” ele mostra quais os ônibus que vão passar nos pontos próximos. Tem também a opção de linhas pra você saber as paradas e as estações das linhas de metrô.

O grande diferencial é que dá pra carregar o cartão de transporte por um link do app, então isso pode ser uma mão na roda!

Transporte público em São Paulo

Leia também: As cinco melhores confeitarias de São Paulo 

Qual dos dois aplicativos é melhor?

Depende da sua preferência. Eu já me acostumei muito bem com o Trafi, acho a interface dele bem fácil de usar e já me acostumei até aos pequenos erros dele. Na época que baixei, tinha achado mais simples de usar que o Moovit, mas agora estava revendo o Moovit pra escrever este post e acabei vendo o quanto ele melhorou de 2016 pra cá!

A interface está bem mais simples de usar, mais rápida e user friendly, além do que essa opção de carregar o bilhete único pelo app é muito bacana!

Bilhetes integrados para o transporte público de São Paulo

Bilhete Único

Ok, já deixei suspense o suficiente sobre o Bilhete Único nos itens acima, não? Então, chegou a hora agora!

Já faz uns bons anos, São Paulo implementou o Bilhete Único (e quase todas as cidades ao redor tem algum tipo de cartão de transporte). Bilhete Único é um cartão para pagamento da tarifa de transporte público em São Paulo. A ideia geral é agilizar o embarque e desembarque e tem funcionado bem.

Se você vier morar em São Paulo, existem algumas categorias variadas de Bilhetes Únicos que precisam de cadastro e foto, mas se você vier turistar mesmo, é só ir a um posto autorizado e comprar o cartão anônimo: ele custa R$4,00 + 5 tarifas vigentes (hoje dá R$24,00 total) e sair usando.

Já te explico um pouco mais, mas antes vamos fazer uma pausa pra eu te contar onde você pode comprar o seu cartão. Basta ir neste link do site da SPTrans e colocar o endereço que você vai se hospedar, ou procurar na lista o mais perto de você.

Só não esquece de selecionar o tipo de serviço como “Posto de Venda Comum”. Escolha o pagamento como dinheiro espécie, que é mais garantido, ok?

Ok, voltando pro Bilhete Único. A maior vantagem pra quem usa transporte público é poder usar até 4 viagens de ônibus em 3 horas, pagando apenas 1 tarifa. Além disso, não precisa fazer aquela fila da entrada do ônibus pra pagar o cobrador. E também agiliza a sua passagem na catraca do metrô.

Mas e se você precisar pegar ônibus e metrô/trem? Neste caso, cartão oferece um desconto na integração. Conclusão: Ao invés de pagar duas tarifas (R$8,00), você paga somente R$6,96.

Bilhete Único Cadastrado

Quem mora em São Paulo costuma ter o Bilhete Único Cadastrado, que demora um pouco mais pra ser feito, precisa de foto e é retirado num posto específico. Mas este bilhete pode ser cadastrado como Vale Transporte, Escolar, Mensal, Diário ou até mesmo Comum. Ou seja, no Bilhete Único Anônimo não pode ser colocado crédito mensal ou diário. Nele você não consegue pagar uma tarifa pelo dia ou pelo mês e usar ilimitado, somente consegue colocar um valor de crédito e ir descontado a cada passagem.

Leia também: Cinco restaurantes para visitar no centrinho histórico de São Paulo 

Onde carregar o Bilhete Único?

Existem alguns apps que podem agilizar a recarga do Bilhete Único, mas atenção que se o pagamento for no cartão de crédito, costuma-se cobrar uma passagem de taxa. Se for no boleto, demora três dias pra cair! Os apps são: o Moovit que eu já falei, o Ponto Certo e Zuum são outros apps possíveis.

Ainda dá pra ligar para *32245 de um celular pré-pago ou então ir pessoalmente nos guichês de atendimento e nas máquinas que a SPTrans disponibiliza das estações e terminais.

BOM

O BOM é o cartão de transporte público da região metropolitana de São Paulo, da EMTU. Basicamente, ele funciona quase igual ao Bilhete Único. A diferença é que na hora de passar no metrô, é preciso procurar a catraca com o losango amarelo. O cartão é gratuito e deve ser feito em um posto de atendimento ou no site. Os valores variam de acordo com a linha, mas sempre estão explícitos nos ônibus, assim como a logo do BOM.

Algumas cidades da região metropolitana tem um cartão próprio, então se você for ficar por lá, dê uma olhada mais específica.

Também existem os Tróleibus em algumas regiões de São Paulo e muito na região metropolitana. Eles funcionam basicamente como ônibus com linhas demarcadas, afinal ficam sempre presos às linhas de eletricidade. Diadema é uma cidade que usa bastante os Tróleibus e até chegam a dar acesso ao Morumbi e outros bairros de São Paulo, por exemplo. E tem umas linhas que ficam dentro de São Paulo, conheço algumas que se concentram no centro e aceitam o Bilhete Único.

Normalmente a regra pra saber qual cartão usar é: se a linha não sai de São Paulo, é o Bilhete Único.  Se a linha sair de São Paulo e for EMTU, é o BOM.  Se for para outras cidades podem ter outros cartões, aí tem que dar uma olhada na companhia de transporte local.

E aí, deu pra tirar finalmente as dúvidas sobre o transporte público em São Paulo??

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com

Imagem destacada: @Marlon Adobe Stock