Já ouviu falar do Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul?! Este lugar lindo fica na serra gaúcha, bem pertinho de Porto Alegre. O Vale dos Vinhedos é o lugar perfeito para quem quer escapar da cidade e ainda conhecer um pouco mais sobre vinhos brasileiros.

As maiores vinícolas nacionais e alguns “tesouros” do mundo do vinho brasileiro estão no Vale dos Vinhedos!  A comida local é maravilhosa! Um dos meus pontos fracos é o café colonial que costuma ter cuca, doce de leite (ou mumu), doces de compotas, rapadurinha de abóbora e tantos outros quitutes que só por eles já valeria o passeio até lá.

Leia também: Dicas para visitar Gramado e Canela

Fora isso, o vale dos vinhedos possui paisagens incríveis! No meio da serra gaúcha, cada parada no vale dos vinhedos é um verdadeiro espetáculo para quem gosta de natureza, ar fresco e clima das montanhas.

Como chegar ao Vale dos Vinhedos?

Saída de Porto Alegre:

Para quem vem de Porto Alegre, tem que pegar a estrada em direção a Bento Gonçalves (RS-240).

Eu fui com a minha família de carro, mas existem ônibus que fazem a rota Porto Alegre – Bento Gonçalves diariamente. São aproximadamente 120 km de distância entre as cidades, dá pra ir e voltar no mesmo dia se quiser.  

Chegando em Bento Gonçalves, é hora de ir pro vale dos vinhedos. A região é bem sinalizada e de fácil acesso para quem está indo pela primeira vez, mas em todo o caso vale uma olhadinha no site oficial de Bento Gonçalves que tem mapas interativos e boas informações sobre a região.

Uma vez dentro do vale dos vinhedos, a oferta de atrações é gigante. Recomendo conhecer as vinícolas, que estão abertas o ano todo, fazer visitas guiadas pelas fazendas e conhecer a produção dos vinhos. Também pode fazer uma degustação dos vinhos e saborear as comidas típicas dos restaurantes locais, conhecer um pouco da história da região e finalmente, brincar de colono!

O que fazer no Vale dos Vinhedos?

1. Provar um delicioso café colonial 

Nós estivemos no Giordani Café, um lugarzinho bem aconchegante para relaxar a apreciar a gastronomia da região.

Como a gente enrolou pra chegar lá, a fome já era grande. No almoço eles têm uma cozinha italiana-abrasileirada com polenta na chapa, queijos, omeletes, carnes, massas, frangos, pão, saladas, etc. O preço em 2018 era de R$68 por pessoa, fora a bebida, pode ser que tenham ajustado o valor. Eles têm ainda um armazém com doces, queijos e salames (além dos vinhos) da região e oferecem também o café colonial, que é comida que não acaba mais! Recomendadíssimo!

Eu e a @Mariana Guimaraes no Café Giordani há alguns anos atrás!

2. Degustar vinhos

Conhecer o vale dos vinhedos sem conhecer os vinhos da região é um pecado! Faça uma degustação de vinhos ou espumantes em qualquer vinícola, todas oferecem algum tipo de prova. Também há degustação de sucos, para quem não bebe álcool ou está dirigindo. Se quiser algo mais pop, vá  à Vinícola Miolo. Eles fazem uma visita pelos vinhedos e pela planta da vinícola, onde se pode conhecer todo o processo de produção dos seus vinhos. O passeio finaliza com uma degustação de 3 tipos de vinhos selecionados pelo sommelier.

A Casa Valduga também vale a pena a visita, a estrutura deles é impressionante e há quem diga que seus vinhos estão entre os melhores do Brasil! De fato, eles ganharam um prêmio da Associação Brasileira de Enologia (ABE) em 2013, como melhor espumante.

E se você não entende muita coisa sobre vinhos, aqui vai uma dica para a degustação, comigo funcionou olha:

3. Apreciar as paisagens espetaculares

Passear pelo vale dos vinhedos é encher os olhos de paisagens lindas o ano inteiro. Estivemos lá no final da primavera, em novembro, e valeu muito a pena!

O clima estava ótimo, os vinhedos estavam super verdes já se preparando para a colheita e  não havia tantos turistas disputando um lugar ao campo. 

Também vi fotos das paisagens do vale dos vinhedos no outono e e são maravilhosas, com folhas amarelas e vermelhas já caindo e o por do sol alaranjado, de tirar o chapéu. Mas para quem quer aproveitar a mistura vinho + friozinho, julho ou agosto são os meses ideais.

4. Casa do Filó

Este é um hotel que também tem um museu do vinho e um espaço que conta a história dos imigrantes que chegaram na região e começaram as primeiras mudas de uvas para produzir vinho. Eram imigrantes italianos e alemães que foram parar ali em busca de melhores condições de vida do que em seus países, em guerra, fome e miséria há uns 100 anos atrás. Fora isso, lá tem uma pequena exposição com roupas de época e você pode fazer uma fotografia antiga, ah eu me diverti!

vale dos vinhedos

 Onde dormir no Vale dos Vinhedos?

Se você vai para o Vale dos Vinhedos numa lua de mel ou quer uma experiência de luxo na região, recomendo fortemente o Hotel e Spa do Vinho Autograph Collection.

É um ESPETÁCULO! Para ir e se deslumbrar com uma vista fantástica e um ambiente como se você estivesse naqueles hotéis da Toscana.

Hotel e Spa do Vinho Autograph Collection
Endereço: Rodovia RS-444, Km 21, Bento Gonçalves
Reserve no Booking.com

Imagem
Imagem: Booking.com

Agora se você quer uma experiência mais econômica, um lugar com uma ótima relação de custo X benefício é o hotel Dall’Onder Vittoria Hotel Bento Gonçalves, com ótimas instalações, café da manhã farto e delicioso e super bem localizado.

Dall’Onder Vittoria Hotel Bento Gonçalves
Endereço: Rua Treze de Maio, 800, Bento Gonçalves
Reserve no Booking.com

Imagem
Imagem: Booking.com

Últimas dicas sobre o Vale dos Vinhedos

Se você for na estação de inverno, prepare-se para pegar um friozinho considerável! Dependendo da época, as temperaturas podem baixar a ponto de se aproximarem de 0 graus. Ou seja, leve roupas quentes e mantenha-se aquecido! Para isso, chocolate quente, mate, chá e vinho é a pedida! Nada mal, né?

Leia também: Viagens no Inverno, o que levar?

Para fazer os passeios com tranquilidade, o ideal é ir de carro.

A região é linda e os passeios de carro passam pelas paisagens mais bonitas, coisa que a pé ou num city tour a gente sempre acaba perdendo. Portanto, se quiser alugar um carro em Bento Gonçalves, clique aqui.

Você já conhece o Vale dos Vinhedos?

Essa é uma sugestão de um passeio curto pelo Vale dos Vinhedos, ideal para quem está de passagem por pouquíssimo tempo. Se você já andou por ali, que tal dividir um pouco da sua experiência aqui no blog? Quanto mais dicas, melhor!

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com