Procurando o que fazer em Curitiba? É, acho que essa é uma das perguntas mais comuns, né? O bom é que Curitiba é uma cidade plana, super fácil de se locomover e cheia de lugar lindo para conhecer!

Mapa com as atrações turísticas de Curitiba

Leia também: Trajeto do Aeroporto de Curitiba ao centro da cidade: passo a passo

O que fazer em Curitiba?

Aqui listamos algumas das melhores atrações para se fazer numa viagem a Curitiba. E se você está em Curitiba a trabalho, tente incluir nem que seja um destes pontos na sua agenda, você não vai se arrepender!

1. Museu Oscar Niemeyer (MON)

Também conhecido como Museu do Olho, o MON foi inaugurado em 2002 e foi todo projetado pelo Oscar Niemeyer. É considerado o maior da América Latina! O MON conta com um projeto arquitetônico que desafia a gravidade, o que por si só já merece uma visita.

Curitiba Museu do Olho
Imagem: @Marco JR Adobe Stock

E se você curte artes visuais, arquitetura e design, é um lugar que vale muito a pena conferir!

O museu conta com um acervo incrível de nomes nacionais e internacionais. Há obras de Tarsila do Amaral, Andy Warhol, Cândido Portinari e do próprio Oscar Niemeyer.

Um diferencial bacana é o acervo de mais de 3 mil peças da coleção asiática que foi doada pelo diplomata Fausto Godoy no começo de 2018.

Se você ainda está se perguntando se vale a pena a visita, que tal dar um tour virtual pelo MON? Foi um dos passeios que mais gostei em Curitiba.

O MON funciona de terça a domingo das 10h às 18h e seu ingresso custa R$20,00 a inteira e R$10,00 a meia e fica na Rua Marechal Hermes 999 – Centro Cívico, CEP:80530.230

2. Jardim Botânico de Curitiba

Este é um dos passeios mais famosos de Curitiba, não só pela beleza das flores e esculturas florais, mas pela imponente estufa Art Nouveau inspirada no Palácio de Cristal de Londres.

Jardim Botânico de Curitiba
Imagem:@Isaias Adobe Stock

A estufa recria as condições climáticas da Floresta Atlântica e mantém espécies típicas desse tipo de floresta, além de oferecer uma vista privilegiada do jardim estilo francês.

Atrás da estufa, a gente ainda encontra o Espaço Cultural Frans Krajcberg com uma exposição permanente de obras do artista polonês naturalizado brasileiro. Essa exposição traz uma série de fotos que ilustram o sentimento de revolta que intitula a exposição.

O Jardim Botânico fica aberto de segunda a domingo das 6h às 20h e das 6h às 21h no horário de verão e fica na R. Engo. Ostoja Roguski – Jardim Botânico, CEP: 80210-390.

3. Mercado Municipal de Curitiba

O Mercado Municipal é um dos maiores passeios de Curitiba. Não só para o turista, mas para quem mora na cidade também. O mercado é um dos grandes pontos de encontro, lugar dos almoços de domingo e onde muitos curitibanos fazem suas compras e usam serviços como sapatarias e lotérica.

No anexo do Mercado de Orgânicos, você vai encontrar o 1º mercado de produtos orgânicos do Brasil. E ele já tem 10 anos!

Pra você que é turista curioso como eu, lá você pode encontrar carne de onça e pastel de pinhão, duas comidas curiosas de Curitiba. Os restaurantes disputam sua atenção pelas três praças de alimentação do mercado.

Eu sinceramente aconselho dar uma passada no piso inferior e conhecer os drageados mais diferentes. Eu provei o de cereja com chocolate, o me conquistou tanto que estou até pensando em pedir mais pelo correio!

E se você for em alguma data comemorativa, pode ainda encontrar diferentes eventos para te surpreender!

O Mercado Municipal funciona de segunda a sexta das 7h às 14h, terça a sábado das 7h às 18h e domingo das 7h às 13h (praça de alimentação almoço até às 15h). E o Mercado de Orgânicos de terça a sábado das 7h às 18h e domingo das 7h às 13h. Ambos na Rua da Paz, 608 – Centro, 82590-300.

4. Feira do Largo da Ordem

Todo domingo, na parte da manhã até o começo da tarde, bem no centro histórico de Curitiba, rola a Feira do Largo da Ordem. Aí você pensa “ah, mais uma feirinha de domingo”.

Só que não.

Feira do Lago da Ordem Curitiba
Imagem: @Carolina Kina

São vários quarteirões de feira, o que significa que a gente encontra um montão de expositores com produtos de todos os tipos, variedade pra todos os gostos de quem busca o que fazer em Curitiba.

Tem artesãos vendendo bijuterias das mais variadas, muita coisa pra decorar a casa, comidas, roupas e quase tudo o que você imaginar e valores de todos os tipos também. Uma feira de artesanatos bem completa.

A Feira do Largo da Ordem acontece todos os domingos das 9h às 14h e vai da Rua da São Francisco à Rua Kellers.

5. Ópera de Arame de Curitiba

A Ópera de Arame é um dos teatros mais icônicos de Curitiba, e olha que Curitiba tem teatro! Com sua estrutura bem peculiar com tubos de ferro e teto transparente, ela foi inaugurada em 1992. A peça Sonho de Uma Noite de Verão estreou no local, no primeiro Festival de Teatro de Curitiba.

Ópera de Arame Curitiba
Imagem: @Carolina Kina

A Ópera de Arame integra a Pedreira Paulo Leminski, que é cenário de encenações de A Paixão de Cristo desde 1989.

Lá acontecem espetáculos com uma frequência enorme, tanto dentro do teatro quanto no palco flutuante do Vale da Música. Há sempre shows ao vivo de música instrumental de terça a domingo em dois horários: às 10h e às 18h.

Pra quem quer conhecer um pouco mais sobre a Ópera de Arame, existem visitas guiadas sobre a estrutura e a história do teatro. Os ingressos custam a partir de R$ 5 e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro. Os grupos saem em horários nos quais não há espetáculos.

Um novidade que a gente conheceu foi o Ópera Arte, o restaurante que fica no subsolo do teatro. Trata-se de um lugar super descolado, onde artistas podem exibir suas obras de arte (que ficam à venda para o visitante que se interessar) e onde é possível experimentar os pratos típicos da região como o barreado e a carne de onça.

A Ópera de Arame fica na Rua João Gava, 920.

Apesar de parecer longe do centro de Curitiba, fica a 10 minutos de carro e cerca de R$15 de Uber a partir do centro. Mas dá pra ir de ônibus também se você preferir.

6. Torre Panorâmica de Curitiba

Pra quem gosta de ver as coisas de cima, a Torre Panorâmica é uma visita bacana em Curitiba!

É originalmente o suporte da telefonia celular na cidade (por isso conta com o Museu do Telefone), mas é aberta a visitação e possibilita uma vista 360º da cidade!

Imagem: @Paulo Nabas Adobe Stock

Mas atenção: procure um dia que não esteja nublado pra você poder aproveitar o melhor da vista 😉

O mirante fica a 100m de altura e a torre inteira mede 109,5m. Ela fica a 940,5m do nível do mar.

A Torre Panorâmica fica na Rua Prof. Lycio Grein de Castro Vellozo, 191, no bairro das Mercês.

Funciona de terça a domingo (nas férias de verão também de segundas) das 10h às 19h, com última entrada às 18h30. Os ingressos custam R$6,00 a inteira e R$3,00 a meia.

7. Bairro de Santa Felicidade

Um pouco mais afastado do centro, o bairro de Santa Felicidade é conhecido pela como um bairro bem italiano e como os bairros italianos de São Paulo, é um lugar pra se esbaldar na gastronomia!

O bairro recebeu muitos imigrantes italianos, principalmente depois de 1878, os quais se dedicaram principalmente pela produção de queijo, vinhos e hortigranjeiros, daí a fama deliciosa!

Linha Turística de Curitiba

Sabe aqueles ônibus turísticos? Então, Curitiba também tem uma linha dessas.

Os ônibus saem da Praça Tiradentes, mas dá para embarcar de qualquer um dos pontos que ele para. Em cada parada, os ônibus oferecem informações sobre o lugar. É possível escolher ouvir essas informações em português, inglês ou espanhol.

O ingresso dá direito a um embarque e 4 reembarques. Portanto, fique de olho nos tíquetes que você receber quando comprar a passagem!

Os ônibus circulam a cada 30 minutos e começa às 9h na Praça Tiradentes de terça a domingo. A passagem custa R$40,00.

Este post faz parte de uma série de posts produzidos a partir do Encontro da RBBV de 2018, sediado em Curitiba, com patrocínio de TripAdvisor, SegurosPromo, EasySim4U, ViajaNet e Booking.com. Parceria de Curitiba Convention & Visitors Bureau, Instituto Municipal Curitiba Turismo e apoio de Belvitur, Curta Curitiba e Serra Verde Express.

Imagem Destacada: @det-anan sunonethong | Adobe Stock

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com