Este é um destino que deveria estar na lista de todo mundo! Manaus, capital do Amazonas, é uma parada obrigatória no norte do Brasil e sério, é um lugar muito especial. As paisagens, a cultura, a música, a comida, o clima, enfim, quase tudo é particular em Manaus e lindo, ou melhor lindíssimo de se ver e viver. Conheça um pouco mais sobre a bela Manaus!

Dicas para quem vai a Manaus pela primeira vez

  • Use roupas leves. Manaus é muito quente e muito úmida, o que faz a sensação térmica ser ainda mais alta. Vá preparado com chinelos, shorts, regatas, vestidos, bermudas leves e camisetas de verão.
  • Leve repelente. Muito. Há muitos insetos e existe uma hora particular em que os mosquitos atacam! No pôr do sol é quando eles mais aparecem e se você estiver exposto sem repelente, poderá sofrer um monte.
  • Leve capa de chuva ou guarda-chuva. Em Manaus chove muito e não é qualquer garoa. Lá é chuva torrencial – da floresta tropical! A chuva vai durar uns 15, 20 minutos e logo abre o sol de novo.
  • Beba muita água. Ninguém quer sofrer de desidratação em uma viagem como esta, né?

Seu roteiro em Manaus: quando e por quanto tempo?

Reserve pelo menos 3 dias para visitar Manaus e fazer os passeios mais populares. Eu ainda tiraria outros 2 para explorar um pouco da Amazônia, isso se a viagem for curta. Para quem tem mais tempo, recomendo 7 dias para uma profunda imersão na cidade e na selva! Há muita coisa para conhecer por ali!

Em Manaus você chegará pelo Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, que é um pouco afastado da cidade. O taxi até o centro, desde o aeroporto, custa cerca de R$ 60 – este preço é tabelado. Há poucos vôos internacionais no aeroporto, um faz a rota de Miami, outro da cidade do Panamá e Lisboa foi recentemente adicionada na tabela. Mas há vôos diretos de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Belém, Fortaleza, Recife, Porto Velho e algumas outras cidades, veja a lista completa neste site.

Manaus é sempre quente, não há muita variação nas temperaturas ao longo dos meses, mas entre junho e setembro chove menos. Quem quer fazer passeios no coração da floresta e percorrer os igarapés (já explico o que é isso) pode ir entre junho e julho, que é a época em que os rios ainda estão cheios. Até outubro os rios vão secando e daí formam ilhas de areia no meio do rio e várias praias fluviais que também são lindíssimas.

Roteiro em Manaus

DIA 01 – MANAUS URBANA

Você pode começar o turismo no centro da cidade, visitando o Teatro Amazonas que é lindíssimo. Ele foi o responsável pelo apelido no século 19 de Manaus: Paris dos Trópicos! Logo tem o Palácio do Rio Negro que era a antiga casa do Barão da Borracha e depois virou a casa do governador do Amazonas. Hoje é um museu e possui um lindo jardim, vale a pena visitar.  Outro prédio antigo que vale a visita é o antigo Palácio da Justiça, que fica pertinho do Teatro Amazonas. Todos muito bem conservados e de arquitetura imponente. Depois, vá ao mercado municipal, onde você verá muitos peixes e uma atração é a maestria com a qual os trabalhores limpam os peixes: em alguns segundos tá tudo limpinho pra freguesa levar o bichinho fresquinho pra casa. Lá você poderá provar algumas delícias locais e ver frutas que você nem sabia que existia.

No fim do dia eu deixaria para ir à Ponta Negra conhecer o Rio Negro. Fazendo isso você vai sentir o gostinho do que é o Rio Negro, e vai começar a entender a grandiosidade e imponência deste rio. A Ponta Negra é uma praia fluvial urbana da cidade, o que eu defino como a copacabana do norte, tem ótima estrutura para caminhadas e você pode beliscar alguma coisinha pelos quiosques dali.

Foto: Haijing Panda Wang

DIA 2 – RIO NEGRO

Acorde cedinho e programe o passeio de barco até o “encontro das águas”, como é chamado o encontro dos rios Negro e Solimões. É o ponto onde ambos os rios se econtram e, em razão das diferentes densidades entre cada rio, dá pra ver uma linha divindo o Rio Negro do Solimões. Negocie este passeio no porto ou nas agências de turismo. Aproveite para incluir a visita ao Parque Ecológico Januari, onde estão as imponentes vitórias-régias, planta aquática gigante, além de vegetação local e alguns animais da amazônia, como a preguiça, os micos, cobra, jacaré, etc. Cuidado com os macacos, eles adoram vasculhar bolsas e roubam comida, celular, o que tiver dando bobeira!

Neste dia, tente conhecer um restaurante flutuante e almoçar um delicioso pirarucu de casaca, tambaqui na brasa ou caldo de tucunaré, pescados na hora. Já vi muita gente reclamando de peixes de rio, mas estes três são fora do comum. São absolutamente deliciosos, sem exageiros. Os restaurantes flutuantes são estruturas completas no meio do rio, que se ajustam ao nível da água, e por isso mesmo, flutuam ;). Alguns possuem piscinas naturais e são verdadeiras atrações turísticas, seja para apreciar a culinária local, observar a natureza ou relaxar bem no meio da floresta.

Imagen

Foto: Haijing Panda Wang

DIA 03 – Canoa pelos igarapés

Os igarapés são pequenos riachos que se formam no coração da selva, devido ao volume de água dos grandes rios. Quando o rio se enche, é possível navegar nos canais com canoa ou voadora – lanchas pequenas que conseguem penetrar nestes riachos. Para ir a um Igarapé você pode negociar o passeio no seu hotel, através das agências de turismo, ou ir direto ao porto, onde há muita oferta destes passeios também. Caso não seja a época do Igarapé, busque fazer os passeios na selva a pé. Mas de qualquer jeito, vá para o meio do mato!!!

Os mais aventureiros podem procurar fazer o Stand up Paddle, aquele surf estilo canoa, com remo e tudo, sabe qual é?! Este esporte está super na moda em Manaus, e lá sim eu vejo a vantagem! Já pensou se você tem a sorte de ver uns botos por lá?!

Imagen

Foto: Thiago Rocha

Dias 4 e 5 – Selva

Nos últimos dias, vá atrás de uma experiência nos hotéis de selva. Há várias opções, eles estão localizados bem no meio da floresta, possuem decoração e arquitetura rústicas e promovem uma experiência em contato direto com a natureza. Você poderá ver os macacos na janela do seu quarto, acordar ao som das araras, e dividir o seu espaço com animais silvestres. Tudo é ecologicamente correto, portanto, você deverá respeitar ao máximo a natureza nestes lugares. O legal é que nestes lugares a experiência selva será realmente o mais próximo da natureza possível, já que estes hotéis foram pensados para proporcionar ao visitante uma imersão na amazônia. Não espere conforto e alto luxo, o forte daqui é a vida selvagem.

Imagen

Foto: Ariaú Hotels

DEMAIS DIAS – Anavilhanas

Se você tiver com tempo pode ainda visitar o arquipélago das Anavilhanas: ilhas fluviais no meio do Rio Negro, são cerca de 400 ilhas no meio do rio! É um lugar maravilhoso, cujo acesso também se dá somente por barco e normalmente se negocia no porto ou nas agências de turismo. Quem quiser só apreciar a maravilhosa vista, pode fazer um passeio de avião ou helicóptero, negocie direto em Manaus.  Nas Anavilhanas poderá ver os botos vermelhos (cor de rosa como a gente chama), conhecer Novo Airão, ver muito artesanato indígena, contemplar um nascer do sol fora do comum e se divertir muuuito em todo o trajeto.

Imagen

Foto Inst. Socio Ambiental www.socioambiental.org

Culinária do Amazonas

É uma mistura de culinária indigena com influência africana, diria eu. Entre as delícias você pode buscar o sorvete de cupuaçu, ou o bombom de cupuaçu – uma fruta típica da região que vai ficar marcada na sua vida.

O Guaraná – que não é o Antártica meu povo – é uma das especialidades locais. Você vai se surpreender com o sabor do suco de guaraná, que não tem nada a ver com o industrializado que a gente conhece. A Amazônia é ainda a terra do Açaí, então lá você deve provar o açaí original né! Fora várias outras frutas e sucos de frutas como cajá, acerola, jambo, manga e tantas outras da floresta tropical.

Por fim duas delícias: a tapioca (a de lá é diferente daquela do nordeste) e o pato no tucupi, não deixe de provar.

Mais dicas de Manaus

Algo muito popular e muito turístico ao mesmo tempo é o boi. A dança do boi é típica da região norte, e sem brincadeira, é lindo demais! Em Manaus, assim como em todo o estado do Amazonas, é quase que obrigatório torcer para um dos bois, o Garantido ou o Caprichoso. Anualmente eles competem em Parintins, o que será assunto para um próximo post. Mas olha aqui um vídeo deste ano, pra você ver do que se trata o boi:

Lindo né?!

Hotéis em Manaus

Top da Cidade:

Na Selva:

Vai viajar pra Manaus? Reserve seu hotel no Booking.com. O booking.com é parceiro do Eu Ando Pelo Mundo. Se você fizer a sua reserva usando os links desta página, você ajudará o blog a crescer, sem pagar um centavo a mais pela sua reserva. Obrigada pela sua parceria você também!

* Morei em Manaus há vários anos, se você tem coisas para acrescentar fique à vontade!!! 😀

** Este post foi produzido com as dicas de alguns amigos, entre eles a Claudia Lins, que nasceu em Manaus e hoje vive no Rio de Janeiro. O Thiago Rocha também é de lá e aparece na foto do Stand up Paddle e por fim, a Huiping Huang gentilmente cedeu algumas fotos de quando ela viveu por lá! 😀

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com

Imagem Destacada: Banco de Imagens iStock
Créditos: filipefrazao