Borobudur é o maior monumento budista do mundo e fica localizado na Ilha de Java, na Indonésia. Reconhecido como patrimônio histórico da UNESCO, ele foi, inclusive, cogitado para ser uma das 7 maravilhas do mundo.

Leia também: 7 coisas para fazer em Ubud, na ilha de Bali, Indonésia

Um pouco da história de Borobudur

Borobudur foi construído no século IX d.C. e ele mistura elementos indígenas javanês e budista da época. Ele é um monumento claramente de influência javanesa, porém com muita inspiração budista. Algo completamente diferente do que você verá em outros países budistas, por exemplo.

Imagem: Instagram Juliana França

Trata-se de um santuário no meio de uma floresta! Este é o monumento mais visitado da Indonésia. Recebe centenas de turistas, budistas e admiradores do mundo todo para vislumbrarem a sua beleza e a sua gigantesca construção.

O monumento conta com 1.460 painéis narrativos em relevo, que conta a história de Buda. Além disso, Borobudur possui o maior e mais completo conjunto de relevos budistas do mundo. Aliás, a importância de Borobudur é tão grande, que ele é até conhecido como a Meca dos budistas!

A minha rota até Borobudur

Eu já fui duas vezes a Borobudur e me impressionei muito nas duas vezes em que estive por lá. A começar pelo tamanho, magnitude e também por sua localização. Borobudur está situado no meio da floresta e com uma linda vista para o vulcão Merapi. Dizem, inclusive, que ele foi construído ali para pacificar a ira daquele vulcão nos tempos remotos. Mas Borobudur foi esquecido (e dizem que, inclusive, enterrado) anos mais tarde quando a Indonésia foi tomada pelo islã. Foi apenas em 1814 que Borobudur se tornou mundialmente conhecido, quando Thomas Stamford Raffles, o governador britânico de Java na época, foi informado de sua existência pelos povos nativos. A partir de então ele passou por inúmeras restaurações e segue protegido pela UNESCO até hoje.

Imagem: TMAX | Adobe Stock

Onde fica Borobudur no Mapa?

Fica no interior da ilha de Java, a cerca de 1h30 de Yogyakarta de carro. Yogyakarta é a cidade mais estruturada da região e a melhor forma de chegar em Borobudur é de transfer ou com um tour desde Yogyakarta.

Isso porque o templo fica num vilarejo que não tem grandes atrações, ainda que possa ser uma boa opção de hospedagem caso você tenha tempo sobrando e busque um turismo mais de natureza. Neste caso, você pode aproveitar para conhecer campos de arroz, fábricas de tofu e fazer hiking pela floresta e pelo vulcão Merapi.

Imagem: Instagram Juliana França

Se não for esse o seu caso, minha recomendação é que você contrate um tour que te leve do seu hotel de Yogyakarta até Borobudur. Esse trajeto dura aproximadamente 1h30 e o ideal é ir para ver o nascer ou o por do Sol de lá. Eu já fiz os dois e recomendo muito! A região ao redor é muito bonita e a construção em si, é algo que você nunca viu ou virá em outro lugar.

Tours para Borobudur

O tour que recomendamos te busca na porta do seu hotel e te leva até o monumento, com um guia que fala inglês e que vai te contando toda a história da região. Custa aproximadamente USD67 por pessoa e tem duração de meio dia. Você ainda consegue ver o nascer ou o pôr do sol de lá! 😀

Imagem: tenglao | Adobe Stock

Contrate aqui o seu tour de meio dia para ver o nascer ou pôr do Sol em Borobudur.

Não esqueça de que por ali também há um museu que mostra detalhes e fotos da sua construção e restauração. Dica: Leve água e muita energia, pois será necessário.

Apesar de não ser uma Muralha da China em termos de extensão, Borobudur tem um tamanho significativo e você vai querer ter tempo para andar por seus andares e ver com calma seus murais em relevo nas rochas vulcânicas.

Uma outra opção de tour que eu recomendo que é um tour de um dia inteiro que te leva também ao vulcão Merapi de Jeep. Custa cerca de USD 132 por pessoa e dura o dia inteiro. Ele também passa pelo templo de Prambanan.

Imagem: Galyna Andrushko | Adobe Stock

Contrate aqui o sou tour de dia inteiro para conhecer Borobudur e o vulcão Merapi com o templo de Prambanan.

Onde ficar em Borobudur?

Sarasvati Hotel

O Sarasvati é um charmoso hotel bem próximo de Borobudur. Para chegar no templo você pode pegar um tuk-tuk ou caminhar uns 10 minutos. O acesso é bem simples e eu tive uma excelente experiência na minha estadia por lá.

O hotel fica num lindo casarão, com uma piscina deliciosa e oferece serviço de massagem no jardim a preços bem convidativos. O café da manhã é uma delícia e o restaurante também é muito bom para almoço e jantares. Uma vantagem, já que no vilarejo não possuía muitas ofertas de restaurante. Um local ideal para quem quer curtir um pouco de luxo e conforto em Borobudur a no preço.

Hotel Sarasvati
Endereço: Jl. Balaputradewa, 10, 56553 Borobudur, Indonésia
Reserve agora com cancelamento grátis no Booking.com

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com

Leia também:
Video sobre as paisagens mais fantásticas das Filipinas
12 coisas que a China mudou na minha vida