Recentemente estive pela primeira vez no Nordic Museum, um museu relativamente novo, inaugurado em 2018 em Seattle. Ele fica no bairro de Ballard, e me chamava muito a atenção pela sua moderna arquitetura.

Depois de caminhar pelo bairro (onde há muitas coisas legais acontecendo), entrei no Nordic Museum e comecei a explorar as suas galerias. Trata-se de um lugar reservado à cultura escandinava, que muito tem a ver com a cidade de Seattle.

Nordic Museum Seattle
Nordic Museum Seattle | Imagem: Juliana Guimarães

Imigração escandinava em Seattle

Para quem não sabe, no final do século 19 e começo do século 20, Seattle recebeu milhares de imigrantes, muitos deles vindos de países escandinavos. A principal motivação era a corrida pelo ouro, mas nem todo mundo chegava lá… Na falta de ouro, imigrantes começavam a trabalhar em coisas que lhes fossem mais familiares, como a pesca, por exemplo.

Imigrantes escandinavos que já conheciam bem a cultura do mar, da pesca e dos portos buscavam viver disso em Seattle. Mais especificamente, iam parar em Ballard, onde havia a Salmon Bay, um match perfeito!

Portanto, era também natural que a cultura de Ballard fosse aos poucos moldada nos valores nórdicos oriundos desta imigração. Por isso é que Ballard tem tanta referência escandinava espalhada pelo seu centrinho histórico.

Nordic Museum Seattle

Pois bem, voltando ao Nordic Museum Seattle: o museu discute a imigração escandinava desta época em Seattle e traz algumas informações adicionais sobre a história e cultura de cada um destes países. É particularmente interessante a sessão interativa que nos convida a pensar em ideias e políticas atuais, promovendo uma reflexão mais abrangente sobre os problemas do presente.

Eu também adorei a parte que explora o design escandinavo. A gente já conhece a Ikea, mas tem várias outras referências interessantes sobre o design que valem a pena conhecer.

Nordic Museum Seattle
Nordic Museum Seattle | Imagem: Juliana Guimarães

Além disso, há muitos vídeos, imagens e objetos de uso pessoal dos imigrantes. As vestimentas, utensílios domésticos e armas são no mínimo curiosas. Eu me apaixonei pelos vídeos mostrando as paisagens dos países nórdicos, deu vontade de viajar pra lá o quanto antes. Vi até uma réplica do Vasa, barco que naufragou em Estocolmo e foi resgatado quase intacto de dentro do oceano.

Leia também: O que fazer em Estocolmo?

Informações Importantes

Bom, o Nordic Museum fica aberto de Terça a Domingo, das 10h às 17h. A exceção é Quinta-feira, que fica aberto até às 20h. Fecha nas segundas-feiras.

A entrada custa USD15 por pessoa, mas há descontos para jovens, pessoas maiores de 65 anos e estudantes.

Para mais informações, acesse aqui o site oficial do Museu.

Além disso, há um pequeno café no local, onde você pode apreciar a comida típica de Ballard! Ou seja, uma fusão entre o Escandinavo e o Americano.

Nordic Museum Seattle
Nordic Museum Seattle | Imagem: Juliana Guimarães

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com