Se você ama boa musica, história e boa comida, você vai amar New Orleans. NOLA, como carinhosamente conhecida, é a cidade do jazz mundial. Um paraíso à beira do rio Mississipi nos Estados Unidos, que durante muito tempo foi colonizada pela França, de onde traz muitas de suas influências.

New Orleans é uma cidade que te faz apaixonar em cada esquina e te inspira pelo clima, pela alegria das pessoas e pela música que não para um só segundo. Se você está planejando uma visita por New Orleans, vem com a gente que te damos todas as dicas do que vivemos por lá!

Onde fica New Orleans no mapa?

New Orleans fica no Estado de Lousiania, no Sul dos Estados Unidos. O clima ali é quente e úmido na maior parte do ano, por estar próxima ao rio Mississipi e diversos pântanos e fazendas centenárias.

Chegar ali de avião é bem simples. Existem vários vôos que interligam importantes cidades americanas a New Orleans e o preço do taxi até o centro da cidade varia entre 25 e 35 dólares.

O que visitar em New Orleans?

New Orleans tem diversas atrações dentro da cidade e também ao redor. Vá preparado para caminhar bastante, pois essa é a melhor forma de conhecer a cidade. Como ela não é tão grande, você certamente conseguirá percorrer grande parte dela à pé.

1- French Quarter

Esse é o ponto principal de New Orleans. O bairro francês vai te encantar por sua arquitetura, com influência francesa a espanhola, nas varandas de metal e janelões. Parece um pedacinho da Europa nos Estados Unidos, confesso.

Nova Orleans

Ao caminhar por ali e se perder pelas suas ruazinhas, você será tomado pelas cores das casas, sempre alegres, as flores nas varandas e as pessoas sorridentes por entre as ruas. Tudo sempre regado à boa música, claro. Porque o jazz em New Orleans não pára e em cada esquina você verá um bar ou um músico tocando.

Nova Orleans

2- Jackson Square e a Catedral

Um bom ponto para começar o seu tour é pela Jackson Square, a praça principal do bairro. É ali onde se encontra a catedral de Saint Louis, uma bonita igreja no estilo renascentista. Ali em frente, um jardim e diversos vendedores ambulantes mostram as suas artes aos transeuntes.

 

3- Café Du Monde

Ali perto está também o famoso Café Du Monde, um ponto bem antigo e sempre cheio, onde você poderá provar os deliciosos beignets com café com leite. O beignet é tipo um bolinho de chuva coberto com açúcar de confeiteiro. Há quem diga que não tem graça nenhuma, mas eu fiquei viciada. E uma vez em New Orleans, você não pode deixar de prová-los, pois é um dos pratos mais típicos de lá.

Nova Orleans

4- Bourbon, Frenchman Street e o Jazz

Ainda no French Quarter estão as duas ruas mais famosas da cidade: a Bourbon Street e Frenchman Street. São ruas cheias de opções de bares e restaurantes, todos com jazz ao vivo quase que todo o dia. Óbvio que o melhor horário para visitar é à noite e o legal é ir passando de bar em bar para se deliciar com os diferentes tipos e estilos das bandas.

Na Frenchman Street há também um mercadinho aberto com artesanatos, quadros e objetos de design que vale a pena a visita. Ao lado está o Spotted Cat Music Club, um bar de jazz bem pequeno, frequentado por pessoas locais, que eu gostei muito e recomendo a ida. O piano fica no meio do bar e a banda fica num espaço meio que entre as pessoas. Ou seja, parece uma grande festa, com todos ali juntos interagindo.

Nova Orleans

5- Preservation Hall

Outro lugar que precisa ser conhecido, e que fica bem ao lado da Bourbon Street é o Preservation Hall. Esse é um centro de música com shows regulares várias vezes por noite que, como diz o nome, visa preservar a história do jazz na cidade. Prepare-se para encontrar um lugar histórico, com todos os seus detalhes mantidos, como se você entrasse num filme. Os músicos, então, são lendas do jazz e fazem você se arrepiar de tanta emoção. Tente comprar o ingresso antecipado, porque a procura é bem grande, assim como as filas.

Nova Orleans

6- Tour no Rio Mississippi

Outra coisa que não pode faltar é o tour de barco pelo rio Mississipi. Esse tour é bem interessante e conta a história da cidade e dos detalhes que fizeram New Orleans se tornar a cidade pulsante e interessante que é hoje. Para ilustrar isso, eles te levam até uma plantation para você conhecer como eram as fazendas da época colonial e dos escravos. É um passeio bonito, onde você verá árvores centenárias lindíssimas, que resistiram a gerações e estão ali para ajudar a contar a história dessa linda região.

Nova Orleans

Nova Orleans

New Orleans fora da rota

O que não é tão turístico, mas eu amei visitar:

New Orleans Museum of Art

Esse museu não é um ponto tão turístico em New Orleans. Mas se você for do tipo que gosta de artes e tiver um tempo sobrando na cidade, eu recomendo fortemente que vá visitá-lo. Para mim, ele foi uma grande surpresa. Para começar, por onde ele está situado: o parque da cidade. Que é lindo!

Nova Orleans

Ele tem uma coleção bem interessante, com algumas peças de arte moderna e famosas esculturas no jardim. Um delicioso passeio para uma tarde ou manhã despretensiosa.

Garden District

Uma das coisas mais lindas de se ver em New Orleans são seus casarões e sua arquitetura. Eu amei passear pelas ruas do Garden District, um bairro ocm casarões gigantescos e centenários, com muito, muito verde ao redor.

Nova Orleans

New Orleans

Para chegar no bairro, você pode pegar o Street Car verde (uma espécie de bondinho) na Magazine Street (linha 12). Minha sugestão é você descer no cruzamento com a Washington Ave e ir até o Cemitério Lafayette, um famoso cemitério de NOLA.

O que comer em New Orleans?

A culinária típica da New Orleans é bem famosa e nada tem a ver com o fastfood americano. Terra do cajun, a culinária é creola, ou seja, tem uma forte influência dos africanos. Os temperos são fortes e muito saborosos. Peixes e frutos do mar também são uma boa pedida ali.

Não deixe de provar a linguiça boudin, a clássica jambalaya, que mais se parece a uma paella, e o delicioso gumbo, uma sopa bem encorpada típica. Outra boa pedida para uma refeição rápida são os Po-boys, um sanduiche tradicional de lá que vem num pão parecido ao nosso famoso pão francês.

Ah, e os beignetes, é claro! A massa fofinha e frita, envolta em açúcar de confeiteiro vão te deixar com água na boca. Só não pode ficar contando as calorias!

Onde se hospedar em New Orleans?

O melhor lugar para se hospedar em New Orleans é o French Quarter. Ali estão várias as opções de hotéis e é o bairro mais badalado da cidade, onde tudo acontece. Se hospedar ali é estar no meio do burburinho, a passos dos principais bares, restaurantes e atrações.

Uma boa opção que recomendamos é o Quarter House. Ele fica no coração do French Quarter e, alem da excelente localização, tem um bom preço para a área. Além de ser muito bem avaliado por todos os seus atributos.

New Orleans

Hotel Quarter House
Rue Chartres, French Quarter (Vieux Carré), New Orleans
Faça aqui a sua reserva com cancelamento grátis no Quarter House.

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com