Napa Valley é uma região vinícola ao norte de São Francisco, na Califórnia. O rio Napa forma um vale cheio de vinhedos, e é incrível como um riozinho (ele é estreito) pode ser a fonte de tanta riqueza nesta região! É simplesmente encantador, são mais de 4 mil vinícolas ao redor dele. Difícil mesmo é escolher quais vinícolas visitar ou ainda qual das cidades ficar! Esperamos que nossa viagem inspire você a desfrutar deste paraíso tão pertinho de São Francisco, vamos lá?

Napa Valley

Onde fica o Napa Valley no mapa?

Fica na Califórnia, ao nordeste de São Francisco, justamente na região que rodeia o rio Napa. Aqui no mapa do Google fica mais fácil de localizar.

Como chegar no Napa Valley?

Para quem busca independência e quer desfrutar de um passeio sem stress e com mais tempo, o melhor a fazer é alugar um carro! Nós reservamos o nosso carro pelo site RentCars e o pegamos no aeroporto de São Francisco. O trajeto entre São Francisco e Napa Valley dura mais ou menos 2 horas, e é super simples e muito bem sinalizado. Isso se você não parar no Napa Premium Outlets que fica do ladinho de Napa Valley! Vale perder umas horinhas lá! 😉

Napa Valley

Dica:  Quem atravessa a Golden Gate Bridge precisa pagar um pedágio de forma eletrônica. Não há guichês para este pagamento sobre a ponte. O valor é cobrado para quem cruza do norte até San Francisco, ou seja, na volta do Napa Valley (destaque em vermelho no mapa). Nós fomos pela outra ponte, a Bay Bridge, que custa menos (U$5). Na hora de dirigir, preste sempre muita atenção às placas de sinalização, com as diferenças de velocidade. Se você quiser mais informações sobre os pedágios eletrônicos da Golden Gate Bridge, dá uma olhada neste link aqui, do site Viajonários.

Se você só tiver um dia, talvez seja mais fácil contratar um tour saindo de San Francisco. Eu gostei bastante da proposta da Gray Line San Francisco, que fazem um tour de 1 dia pelo Napa Valley para visitar vinícolas e degustar os melhores vinhos. Informações neste link aqui.

Qual cidade ficar no Napa Valley?

O Napa Valley tem muitas cidadezinhas charmosas como Sonoma, Yountville, Oakville, Rutherford, St. Helena e Calistoga. Todas elas estão situadas entre duas estradas cheias de vinícolas por todos os lados. São bonitinhas e bem pequenas.

Nós escolhemos a cidade de Napa como base, pois nossa viagem seguiria em direção a Sacramento e Lake Tahoe depois disso. A cidade de Napa é uma graça, toda organizada, limpíssima e com algumas atrações turísticas para os visitantes, além é claro, dos vinhedos.  Napa é muito pequena! Na verdade, o centro se resume a praticamente 4 ruas que você pode explorar a pé. Há vários estacionamentos gratuitos na cidade, o que facilita bastante, pois a quantidade de visitantes nesta região é impressionante para o tamanho da cidade.

Aproveite e estude o mapinha da foto para que o seu passeio seja o mais perfeito possível:

Mapa de Napa

O que fazer na cidade de Napa?

Uma caminhada pela cidade e o visitante  encontra o Veteran’s Memorial Park, parque em homenagem aos veteranos de guerra, que é um primor. Fica na beira do rio, possui uma área  para sentar e desfrutar da brisa, bom para pensar no jeito americano de ser.  Ficamos comovidos ao ver e sentir as homenagens a tantos combatentes que morreram por este país. Também há uma pequena praça com um Memorial ao 11 de setembro. Este memorial foi construído com material adquirido pela comunidade de Napa. Muito significativo e emocionante, onde os nomes de todos que faleceram naquele atentado estão escritos nos vidros do monumento.

Napa Parque Veteranos

Também há atrações saborosas, como a sorveteria Frati Gelatto, a hamburgueria Downtown Joe’s, com mesas em frente ao rio, o restaurante Carpe Diem. Na praça em frente ao Town Center há duas ótimas opções: o restaurante Don Perico (mexicano)  e Ristorante Allegría (comida italiana).

Dica: Tenha paciência para ser atendido, nossos costumes são diferentes no Brasil. Nos Estados Unidos, o garçom serve uma mesa de cada vez!

Napa

Outras opções são os inúmeros bistrôs para degustações de vinhos pela cidade, além de muitas lojinhas com artesanatos e souvenirs para todos os bolsos.

Dica: Dependendo da sua escolha de restaurante, é importante pensar em reservar uma mesa com antecedência. A maior parte dos turistas passa o dia nas vinícolas e à noite lotam os restaurantes da cidade. Independente de alta ou baixa temporada!

Melhores vinícolas no Napa Valley?

Acho que isso daria outro post, mas depois de ler em muuiiitos sites sobre as vinícolas e receber dicas de vários amigos que já tinham ido no Napa Valley, chegamos à conclusão de que as escolhas são muito pessoais.

Nós somos um pouco leigos no mundo enófilo, mas minha frase favorita sobre vinhos é o melhor vinho é com a melhor companhia”. Como a minha melhor companhia já estava garantida comigo (aee maridón), escolhemos vinhedos que fossem interessantes pela tradição, modernidade e pela fama dos vinhos. Acho que acertamos nas escolhas, mas são tantas opções que poderíamos eleger no mínimo mais 3997 vinícolas para visitar!

Nós escolhemos as seguintes vinícolas: Sterling, Castelo di Amorosa e Artesa.

Napa Valley: Vinícola Sterling

Esta vinícola é bem interessante pois tem uma mega estrutura para receber os turistas.  Ela está localizada no topo de uma montanha, então você tem que ir de teleférico até lá, o que proporciona uma vista encantadora dos vales e da própria vinícola. Só a vista já vale o passeio!

Napa Valley

Eles têm vários pacotes de degustação:

  • General Experience: U$32
    Pacote para provar 4 tipos vinhos: Branco, Merlot, Cabernet e um espumante. Você também pode desfrutar da paisagem e do teleférico.
  • Silver Experience: U$42
    Neste pacote são 3 tipos de vinhos mais especiais e você tem direito a sentar-se numa área nobre do terraço e petiscar uns queijos pagos à parte.
  • Planitum Experience: U$75
    Para aprender sobre os vinhos e escolher qual tomar numa lista de 20 tipos,  além de provar com comida servida por eles

Nossa escolha foi pelo general experience, até porque foi a primeira vinícola que visitamos. Mas é melhor você escolher o pacote na hora conforme o apetite e o bolso.

Napa Valley

Os jardins da vinícola são cheios de roseiras e como sempre dizem, onde tem uvas, tem harmonia e beleza. Na Sterling há beleza de sobra para admirar e aproveitar!!

Napa Valley: Castelo di Amorosa

Uma das mais famosas vinícolas da região. Parece que os donos tiveram vontade de trazer a Toscana para a Califórnia! Os vinhos são super premiados, a vinícola lembra os vinhedos da Itália e a quantidade de visitantes é enorme! Fizemos uma degustação com 5 vinhos e 5 queijos, espetacular! Neste link você pode conferir os valores e os tipos de degustações.

Pagamos a Reserve Tasting de U$ 40 por pessoa + U$15 pelos queijos; a entrada custa U$30 por pessoa.

Napa Valley

Napa Valley

A visita foi  bem interessante, já que o Sommelier nos deu dicas maravilhosas e rolou muita conversa! Ele nos contou que trabalhou no Castelo de Montalcino (na Toscana), e que o dono trouxe muitos empregados da Itália para trabalhar na vinícola. Ele fez uma réplica bem real dos vinhedos de lá e o castelo lembra bem a versão italiana.

Para quem já foi na Itália, talvez seja mais interessante visitar as vinícolas mais modernas em vez dessa, já que elas têm mais haver com o estilo do país.

Napa Valley: Artesa

Esta vinícola foi uma surpresa linda! Ela é meio escondida, pertinho da cidade de Napa, mas muito legal, ultra-moderna, encravada na montanha, com um visual espetacular. Desenhada pelo arquiteto Domingo Triay, de Barcelona. À noite é possível ver as luzes de São Francisco, há espelhos e quedas d’água na entrada, gramado e jardins hiper cuidados.  Sente-se nos jardins e escute as fontes vibrando com a natureza! Você pode escolher o menu de degustação na hora também. Alguns ambientes necessitam reserva antecipada, mas de qualquer forma, é uma super experiência. Ficamos fascinados! Neste link você pode conferir os tipos de degustações.

  • Foyer Bar – Classic Tasting Flight
    Degustação de 5 tipos de vinhos: U$35 + taxas
  • Salon Bar – Single Vineyard Flight
    Reservas são recomendadas – Reserve Online
    Degustação de 5 tipos especias de vinhos: U$45 + taxas
  • Terrace – Single Vineyard Flight
    reservas são recomendadas – Reserve Online
    Degustação de 5 tipos de vinhos especiais no terraço com vista para S. Francisco: U$55 + taxas

Napa Valley

Napa Valley

Como adooro um mapa, este é da rota das vinícolas no Napa Valley  e a marcação em preto são as duas estradas que são cheias de vinícolas por todos os lados. As bolinhas são as vinícolas que conhecemos e outras foram marcadas para quem sabe, conhecer numa outra viagem… Vale a pena ir por uma estrada e voltar pela outra, e se tiver mais dias, divirta-se parando para conhecer várias destas vinícolas!

Napa Valley

Ah, este trajeto é bem curto, são no máximo duas horas ida-volta. Apesar da quilometragem ser curta, o fluxo de carros é alto e a velocidade é controlada. Ultrapassagens são quase impossíveis. E os  passeios de bicicletas ao longo das estradas também disputam espaço, então muito cuidado para dirigir! E outra informação importante, escolha o motorista da vez, pois as leis americanas são muito rígidas para a direção! Desta vez, eu fui a felizarda e pude provar todos os vinhos! 😉

Onde dormir em Napa?

As opções de hotéis são muito boas, mas se você quer ficar bem instalado e sem pagar demais, a nossa sugestão é o Wine Valley Lodge. Em linhas gerais, achamos o local muito agradável, tinha um café americano super farto, estacionamento amplo e fica a 3 minutos do centro. Os atendentes foram super simpáticos conosco e os quartos eram super limpos e agradáveis, com frigobar  e TV a cabo. Pra finalizar, o banho era ótimo e a cama, deliciosa!!

Hote Napa Valley

Wine Valley Lodge
200 South Coombs Street, Napa
Reserve pelo Booking.com

Espero que possamos ter ajudado você a escolher este lugar fascinante que é o Napa Valley,  as opções são inúmeras,  tenha só uma certeza: vale a pena conhecer e desfrutar  estes cenários de filme e romance!! Enjoy!!!

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com