Uma viagem inesquecível e que eu recomendo a todos os apaixonados por viagens é São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos. É um dos lugares mais vibrantes que eu já conheci, perfeito para quem busca aflorar a criatividade e está interessado em arte, movimentos de vanguarda, arquitetura e tendências. São Francisco é conhecida como a capital cultural e financeira da “San Francisco Bay Area”, e sem dúvida é uma cidade que respira liberdade e independência.

Foi lá que começaram vários movimentos culturais que se estenderam ao longo dos Estados Unidos e mundo afora, entre eles o “Gay Pride” ou movimento do orgulho gay. A cidade é conhecida por ter os primeiros representantes assumidamente gays na cena pública e política do país, além de promover a tolerância e o respeito às diferenças. Em São Francisco, preconceito não tem vez.

A cidade é ainda referência em cuidado ao meio ambiente, sendo uma das primeiras a adotar um sistema de reciclagem do lixo (em 1980!!!) e palco de discussões acerca do uso eficiente de energia. Fora isso, lá é onde está o vale do silício, o centro de tecnologia mais importante do mundo, onde empresas como Google, Facebook, Apple, Intel, HP e outras tantas começaram e mantêm os centros operativos a pleno vapor. É ali também que funcionava a antiga prisão de Alcatraz, onde mafiosos como Al Capone passaram tediosos dias, no que hoje foi transformado em um pavoroso e impressionante museu. Fora isso, ali do lado tem nada menos que Stanford e University of California (e o meu sonho de um dia fazer um MBA em Berkeley) , que somam juntas 81 prêmios Nobel e muita, mas muita excelência. Alguém me tele-transporta para São Francisco agora, fazendo o favor?

Imagen

 Ah a Golden Gate…

A Golden Gate Bridge é uma das pontes mais famosas do mundo, que liga São Francisco a Sausalito, uma cidadezinha fofíssima que vale muito a pena conhecer! Se você gostar de aventura (e tiver um pouco de fôlego sobrando), alugue uma bike por pelo menos 4 horas e atravesse a ponte de bicicleta. Já aviso que o caminho tem um pouco de subida e a ponte mede 3 milhas (quase 5km). Lá em cima da ponte venta muito! Portanto, mesmo que seja verão (eu fui em julho, super verão!) leve um moletom ou algo para se proteger.

Em Sausalito é tudo mega hiper caro, então vale a pena levar uma mochilinha com alguns quitutes para um picnic do outro lado.  Na volta ou você encara a bike de novo, ou volta de ferry boat! Há saídas a cada hora e você pode entrar com a bike no barco! Só não faça como eu: fui sem saber o horário de volta e quase perco o último barco!

Para consultar os horários do ferry: www.goldengateferry.org
Os tickets custam cerca de $10 o trecho, se você for de bike e voltar de ferry, paga só um bilhete. Compre o bilhete nas máquinas que ficam ao lado do embarque de Sausalito. O traslado dura cerca de 30 minutos.

Uma viagem para organizar a cabeça (ou não…)

Esta foi a primeira viagem que eu fiz sozinha. Era um momento bem difícil que eu estava passando, portanto, viajar foi a melhor coisa que eu fiz! Lá eu fiz grandes amigos (uma delas foi minha madrinha de casamento!), conheci muita gente interessante e viajei por praticamente toda a Califórnia. Vou contar mais dos outros lugares em outros posts, mas fica a dica: tire vários dias de férias, alugue um carro e vá desbravar a West Coast! Lugares como Los Angeles, Santa Monica, Santa Barbara, Sacramento e Santa Rosa (Nappa Valley) são fáceis de chegar de carro e merecem a visita.  #vivacalifornia #lovecalifornia #californiadreaming

Imagen

Eu inventei que tinha que estudar inglês. Então tirei 30 dias de férias, me matriculei num cursinho intensivo de inglês (1 mês) e me instalei em uma casa de família em San Francisco. A empresa que eu contratei para fazer toda a gestão foi a C.I. (Central de Intercâmbios), e tive uma experiência bem legal, ainda que a casa poderia ter sido mais perto da escola que eu estudava. Eu estudava durante a semana e nos 3 finais de semana disponíveis, viajei pela West Cost e para Las Vegas (!!!). Como as aulas eram pela manhã, eu tirava as tardes para turistar em San Francisco e de noite fazia o dever de casa (ou ia pra balada!).

Turistando em SanFran

Os passeios obrigatórios são a Golden Gate (que eu já falei no começo), o Pier 39, o Fisherman’s Wharf, Alcatraz, Alamo Square (casinhas estilo vitoriano), a Lombard Street, O San Francisco Museum of Art, Chinatown e claro, passear muito a pé. São Francisco é considerada a segunda cidade mais “caminhável” dos Estados Unidos, atrás de NYC!

Go Giants!

Outra idéia é ir a um jogo de Baseball! Nada mais americano que ver uma partida de baseball, comer cachorro quente, e vibrar com o jogo mais popular dos States. Ah, e se você entende de Baseball, me explica a lógica do esporte porque até agora eu não consegui ver muito sentido nesse jogo.  Mas é legal ver a galera torcendo, no estádio eles dão adesivos, camisetas, fazem a maior bagunça com os torcedores. Dica: compre o bilhete com antecedência porque esgota bem rápido, principalmente se for o jogo do San Francisco Giants!

Mais dicas de São Francisco

Para esta viagem eu me preparei bastante antes, para evitar pagar mais caro de última hora. Comprei os bilhetes pela American Airlines, saindo de Guarulhos, com 3 meses de antecedência. Como eu já tinha o visto americano, foi mais fácil, mas caso você não o tenha, considere planejar a sua viagem com 6 meses de antecência, pois a burocracia pode ser demorada. Como eu fiquei lá somente por 1 mês e tinha apenas 4 horas de aulas por dia, o visto de turista foi suficiente. Caso você fique por mais tempo, verifique se é necessário tirar o visto de estudante. Imagine o que você vai querer fazer e calcule seus custos conforme os preços das coisas, desde entradas para atrações, até aluguel de carro e bilhetes aéreos internos (no meu caso, teve a low cost para Vegas). Fora isso, divirta-se muito!!!

Como diz a música, “if you’re going to san franciscoooo, be sure to wear some flowers in your hair”!

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com