Buscando dicas sobre o que fazer em Quito? Então dá uma olhada nas nossas dicas aqui neste post!

O Equador é um lindo país, porém, pouco explorado pelos brasileiros. Apesar de não fazer fronteira com o Brasil, está muito perto de nós, e mesmo assim, poucos turistas o conhecem. Em uma viagem pelo Equador é possível conhecer vulcões ativos, nadar em águas cristalinas, relaxar em alguma piscina térmica natural, entender a cultura indígena, provar sabores completamente diferentes e criar memórias inesquecíveis para o resto da vida. E custando bem menos do que outros países, o que é melhor ainda! 😀

Equador

Eu estive em Quito duas vezes, e conheci algumas das mais interessantes paisagens e passeios da cidade e arredores. Mas hoje o post vai ser ainda mais legal! Isso porque algumas das dicas foram um presente da minha amiga equatoriana Maria Rosa Duran, que me ajudou com alguns dos melhores roteiros para se fazer em Quito! Ou seja, a sua viagem a Quito será ainda mais interessante com a ajuda de alguém de lá!

Onde fica Quito no mapa?

Fica no norte do Equador, bem no meio da cordilheira dos Andes! As montanhas ao redor da cidade fazem a atmosfera ser diferente, e a altitude faz a cidade ser bastante fria durante todo o ano. Quito está entre as cidades mais altas do mundo, com 2850 metros acima do nível do mar! Esta altitude faz com que a cidade tenha sempre temperaturas entre 10 e 20 graus, e a proximidade com a linha do Equador faz com que não exista quase nenhuma variação ao longo dos meses – é um eterno outono!!! Leve uma roupinha mais quente quando for pra lá, ok?

Aproveite para ler mais sobre as minhas dicas de como se vestir para o friozinho de 10 graus aqui neste post.

Como chegar em Quito?

O jeito mais fácil é de avião. Agora há vôos diretos entre São Paulo e Quito, pela companhia aérea GOL. Quando eu fui, usei a Lan, fazendo conexão em Santiago, no Chile. O vôo foi bem chato, demorado por causa da conexão. Se comprar o bilhete direto são só 5 hs de vôo!

Já os ônibus não são exatamente muito confortáveis no Equador e as rodovias podem ser um pouco perigosas, principalmente entre Amazonas e Colômbia ou Amazonas e Perú, caminhos que te forçam a cruzar as fronteiras 2 vezes, se fizer a rota terrestre. Então melhor é ir de avião mesmo!

O que fazer em Quito?

Quem vai visitar Quito precisa saber que o ar da cidade é rarefeito. Isso significa que nosso corpo leva algum tempo até se acostumar com a altitude e este processo pode provocar cansaço, falta de ar e tonturas, ou coisas piores. Portanto, tenha cuidado ao programar a sua rota turística! E faça tudo com bastante calma!

Quito é uma cidade que preserva sua riqueza nas ruas. Basta caminhar pelos bairros e observar a arquitetura, o imenso contraste entre moderno e o antigo, a vida local exposta ao ar livre. A dica para conhecer Quito é caminhar (de novo, vá com calma, não exagere na caminhada)!

As principais atrações turísticas mais convencionais são o Centro Histórico, o Mirante e a Virgen del Panecillo, a Basílica del Voto Nacional, o Parque la Carolina, o Parque Alameda, o Palacio Carondelet e Plaza de la Independencia, a Catedral Metropolitana, a igreja San Francisco e a igreja de La Compañía, uma das mais bonitas, toda coberta de ouro! Além disso, veja também as seguintes opções:

1. Calle La Ronda

Uma rua interessante é a La Ronda, a rua mais antiga de Quito, famosa pela cena boémia e artística local. Passeando por lá, entre turistas e artesãos, você verá uma arquitetura barroca, a influência espanhola colonial, escutará músicos e suas performances artísticas, sentirá o cheiro de comidas típicas e bebidas populares desta região do Equador, e verá esculturas, pinturas e outros trabalhos manuais. Recomendo começar o passeio por lá.

Calle La Ronda | Imagem: Fotos 593 | Adobe Stock

2. Museu de arte

Você pode ir visitar o museu de Oswaldo Guayasamín, um dos pintores más importantes do Equador que retratava a realidade latino-americana em suas obras. Ele morreu em 1999 e deixou um legado grande, um de seus trabalhos está atualmente exposto num painel no aeroporto de Barajas, em Madri, na Espanha. Vale a pena conhecer!

Fundação Oswaldo Guayasamín | Imagem: Divulgação

3. La Mariscal e Plaza Foch

Para aproveitar a noite, o bairro La Mariscal é dos mais movimentados, em especial a Plaza Foch, cheia de bares e restaurantes ao ar livre, é um ambiente divertido e descontraído para passar a noite. É lá que estão a maioria dos jovens de Quito.

Plaza Foch | Imagem: Pedro M. Martínez Corada | Wikimedia Commons CC BY-SA 4.0

4. Restaurante com vista panorâmica

Um lugar interessante para comer é o Restaurante Vista Hermosa, em que se tem uma vista maravilhosa da cidade e se come bem, ainda que o preço seja um pouco alto: mas o visual vale a pena.

5. Teleférico Pichincha

“Ir a Quito e não ir ao Teleférico é como visitar Roma sem ver o Vaticano”. Com essa frase você entende o que significa subir o teleférico que leva ao topo do vulcão Pichincha, a 4050 m de altitude. A estrutura é ótima para o movimento de pessoas e, em dias claros, há uma vista panorâmica de toda a cidade. Com sorte também se vê outros vulcões próximo a Quito, como o Chimborazo. Vale muito a pena conhecer!

equador_quito2
Vulcão Pichincha | Imagem: Juliana Guimarães

6. Monumento Mitad del Mundo

Um lugar interessante é o Monumento Mitad del Mundo – por onde passa a Linha do Equador. Lá há uma cidade montada para divulgar a cultura local e o museu Intiñan, onde além de contar um pouco da história do país, fazem experimentos com a linha do Equador (só lá você consegue equilibrar um ovo em um prego, pode ver a água girar em sentido contrário em cada lado da linha, coisas assim).

Compre aqui o ingresso antecipado para visitar o Monumento Mitad del Mundo com direito a transporte de ida e volta.

Monumento Mitad del Mundo | Imagem: Fotos 593 | Adobe Stock

Quito fora da rota convencional

1. Otavalo

Entre os passeios menos turísticos e mais locais está a visita a Otavalo, de preferência no domingo, quando há feiras ao ar livre. É uma cidade indígena e coberta por artesanato local, onde é possível conhecer um pouco sobre a vida andina, apreciar comidas típicas e adquirir peças de artesanato local, como camisas de algodão, bolsas, bijuterias, chapéus, entre outros objetos coloridos de origem indígena.

Otavalo, Equador | Imagem: Alexi Tauzin | Adobe Stock

Cotacachi, a uns 30km de distância é a zona do couro, onde se encontram maravilhas de couro puro e a preços bastante acessíveis. Ali está o lago San Pablo e você pode se hospedar no badalado PuertoLago country Inn & Resort. Trata-se de um lugar que possui tanto a estrutura para esportes aquáticos como tranquilidade e atividades culturais. O Staff veste roupas típicas indígenas e propõe uma noite típica local. Hospedar-se ali é como voltar no tempo e viver num mundo diferente. Recomendo!

Lago San Pablo, Otavalo | Imagem: Noradoa | Adobe Stock

Puerto Lago Resort
Endereço: Lago San Pablo Km 5 Sur, 1002100 Otavalo, Ecuador
Reserve pelo booking.com

2. Baños

Cerca de 3 horas de Quito está a cidade de Baños. É um lugar de aventuras para fazer cayoning, rafting, andar a cavalo, visitar cachoeiras, mais vulcões, praticar arborismo, entre outros. É realmente um must go, principalmente para quem gosta de adrenalina! Aqui tem um tour interessante de 2 dias até Baños saindo de Quito, vale a pena principalmente para ver paisagens como esta!

Baños | Imagem: Kamran | Adobe Stock

Compre aqui o seu tour de 2 dias até Baños, saindo de Quito

3. Vulcão Cotopaxi

Parque Nacional do Cotopaxi é outra maravilha imperdível. É uma zona protegida, a 60km de Quito, a qual está localizado um dos vulcões ativos mais altos do mundo, o Cotopaxi. No vulcão há um refúgio para alpinistas prepararem uma escalada, que se necessita um guia autorizado como acompanhante. Por ali também há local apropriado para camping e chalés aos menos ousados que queiram dormir ao pé do vulcão. Recomendo fazer o passeio num bate-volta saindo de Quito.

equador_vulcao_cotopaxi

Reserve aqui o tour de 1 dia até o vulcão Cotopaxi, com saída de Quito.

4. Papallacta

As termas de Papallacta são imperdíveis também, lá você pode mergulhar nas piscinas naturais de água quente e relaxar ao lado do vulcão Antisana, de 5750 metros de altura. As piscinas são rodeadas por neblinas e estão numa estrutura totalmente pensada no bem-estar. Ótimo lugar para mais um bate-volta saindo de Quito. Aqui tem um tour para fazer este bate-volta até Papallacta saindo de Quito.

termas_equador

Reserve aqui o seu lugar no tour de 1 dia até as termas de Papallacta saindo de Quito.

Onde dormir em Quito?

Recomendo que você se hospede no centro histórico, para evitar perder tempo e dinheiro com transporte. Apesar de ser muito barato andar de táxi por lá, acho que vale mais a pena pensar em transporte para os passeios bate-volta e povoados vizinhos, e explorar o principal de Quito a pé.

Entre os hotéis mais recomendados pelos brasileiros está o Hotel Boutique Portal de Cantuña, que possui ótima infra estrutura, staff atencioso e localização central, além de ter um preço mais acessível comparado com os outros hotéis da categoria.

Hotel Boutique Portal de Cantuña
Calle Bolivar Oe6-105 y Cuenca, Centro Histórico, Quito – Ecuador
(+593 2) 228 2276
Reserve este hotel no Booking.com

Últimas dicas sobre Quito

Como o ar na cidade é rarefeito, é bom ir com calma principalmente em passeios de aventura como hiking e trilhas nos vulcões e montanhas. É costume local tomar um chá ou mastigar a folha de coca, para diminuir a sensação de mal estar, mas não abuse, é tipo tomar vários cafézinhos, vai dar uma azia pesada e você não vai conseguir dormir bem.

Ah, leve roupas quentes, apesar de estar na linha do Equador, Quito é bem fria por causa da altitude. Também leve protetor solar porque o sol queima forte! Por fim, tenha sempre cuidado com seus pertences, já que Quito, como a maioria das cidades grandes,  tem sempre uns malandrinhos de olho nos turistas. Fique atento principalmente às pessoas que vão te pedir dinheiro mas na verdade eles querem é uma oportunidade de furtar coisas fáceis. A moeda local é o dólar americano, e o Banco Central do Equador emite umas moedas que somente valem no Equador, fique de olho! De resto, aproveite muito a sua viagem!

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com

Imagem Destacada: Banco de Imagens iStock
Créditos: PatricioHidalgoP