Buscando informações sobre turismo no Alasca? Encontrou! Nós fizemos uma breve viagem Alasca no último verão e a região já entrou para a nossa listinha de lugares favoritos no mundo. Isso porque o Alasca é um lugar selvagem, com uma natureza esplendorosa e completamente diferente do que a gente está acostumado no Brasil. Se você gosta de um turismo de aventura, com extremo respeito à natureza e curte um friozinho, vai adorar fazer turismo no Alasca. Durante o verão! 😛

Alasca

Bom, para começar este post sobre turismo no Alasca, nada melhor que jogar um mapa pra você entender melhor o que foi que a gente fez, né?

Turismo no Alasca: onde fica a região no mapa?

Nós decidimos fazer desta vez somente a região da península de Kenai. Isso porque esta é uma região pesqueira, com vários glaciares e muita montanha. As fotos são incríveis e no verão, é um dos roteiros mais interessantes pelo estado do Alasca. Tiramos cinco dias para conhecer Anchorage, onde está o aeroporto, Seward, a cidade mais ao sul da peninsula e todas as paradas e atrações no meio do caminho. Dá uma olhada na nossa rota:

Nosso roteiro de 5 dias pelo Alasca

Bom, como cinco dias não são muita coisa, foi preciso aproveitar intensamente a viagem. Mas valeu a pena! Se tivéssemos conseguido dois dias a mais, teríamos explorado o norte de Anchorage, como por exemplo a região do parque Denali. Mas ficou para uma próxima vez. Uma boa desculpa pra voltar, né?

Dia 1: De Anchorage a Seward pela Seward Highway

Esta é a rodovia mais famosa do Alasca, e uma das mais bonitas dos Estados Unidos. O visual é lindíssimo, cheio de montanhas e vegetação cerrada. Existe a possibilidade de ver ursos, veados, lobos bem no meio do caminho, por isso é bom dirigir sem pressa. Nós fizemos várias paradas para avistar baleias, salmão e outros animais no meio do trajeto, o que é uma grande aventura. Entre as paradas, fizemos Potter Marsh, Beluga Point, Bird Creek e o famoso Alaska Wildlife Conservation Center, de longe a melhor atração do caminho. Vai rolar post novo em breve só falando destas atrações.

Alasca

Alasca

Dia 2: Exit Glacier

No segundo dia nós fizemos a trilha (bem leve, nível fácil) até o Exit Glacier, na companhia de um Ranger. Há saídas diárias (durante o verão) com um guarda florestal até a boca do Glacier, e pra gente foi a melhor opção porque estávamos com muito medo de encontrar um urso no meio do caminho hahaha. Dizem que é bem comum, e bom, ninguém melhor que um guarda florestal para nos defender do urso, né?

Alasca

Alasca

Dia 3: Caiaque na Geleira

No terceiro dia, fizemos um passeio de barco pelas Kenai Fjords com direito a um passeio de caiaque no mar até a beira de mais uma geleira. Foi o passeio mais caro na nossa viagem, porém, valeu cada milissegundo (e centavo) gastos! A experiência é simplesmente fantástica, esta foi provavelmente a segunda melhor aventura que eu já fiz na vida!!! (A primeira foi o parapente nos Alpes, já falei disso aqui neste post!). Este foi o melhor passeio da nossa viagem também, isso porque estávamos em um grupo pequeno e pudemos viver a experiência intensamente. Vai ter post só sobre este passeio em breve.

Alasca Alasca

Dia 4: Subida até o Alieska Resort

No quarto dia, fomos até o Alieska Resort, subindo o bondinho até o topo da montanha! Suíça Feelings né minha gente? Foi bem legal, principalmente porque tivemos o prazer de ver o panorama das montanhas, que é um show à parte. Foi um passeio bem light para a gente, não fizemos hike neste dia por causa do tempo, que não colaborou muito… Mas em um dia de sol poderiamos ter feito a North Face Trail desta montanha e descido de bondinho. Se você sobre a pé, o bondinho na volta é grátis! 😀

Alasca

Dia 5: Anchorage e o Melhor museu do Alasca

Nosso último dia tiramos para voltar até Anchorage, de onde saía nosso vôo de volta para Seattle. Como havia tempo, usamos o último dia para conhecer o  Anchorage Museum, que é simplesmente o melhor museu do Alaska. Conta a história das antigas comunidades nativas do Alaska, e mostra exposições de arte da região. Também possui uma grande zona interativa, perfeita para ir com crianças. Vale muito a pena!

Onde ficar no Alasca?

Para esta viagem, nós ficamos numa cabana em Seward. Ficar numa cabana foi o melhor que nós fizemos, pois conseguimos ter um contato delicioso com a natureza, com todo o conforto de uma cabana quentinha e equipada. Nós optamos pelas cabanas The Bear Creek, lugar simples, porém bem equipado. Com ótimo custo X benefício. Vale lembrar que, por ser uma cabana, não há muito luxo, porém havia serviço de quarto e limpeza diária na nossa cabana, o que foi um ponto positivo que a gente não esperava.

Mais infos sobre o Alasca

Bom, em breve vou publicar mais detalhes sobre cada um destes dias, com sugestões de restaurantes nesta rota. Há vários lugares deliciosos! Para fazer esta rota, você vai precisar estar bem protegido com roupas adequadas, e aqui eu fiz a minha checklist com sugestões do que levar na mala para uma viagem para o Alasca. A gente usou roupas antigas que seguraram a onda, mas se você quiser sair do Brasil já preparado, uma boa dica é comprar as peças na Fiero. Esta é uma marca de roupas nacional especializada em produtos para o frio, bem legal!

Dica: acesse o site da Fiero e conheça toda a coleção de inverno da marca.

Viagem para o Alaska

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com