O Santo Sudário se encontra na Catedral de Turim e está aberto a visitação. Ele não fica completamente exposto ao público, por se tratar de um tecido muito antigo e sensível. Mas você pode ter contato com o seu relicário, um espaço de prece, além de um museu dedicado apenas a ele. É uma visita que vale muito a pena.

Foto: zm_photo stock.adobe.com

A história do Santo Sudário

O Santo Sudário é um tecido de 4,41m X 1,13m, que contém uma dupla imagem unida desde a cabeça, do corpo de um homem morto após sofrer torturas após a crucificação. Segundo a tradição, se trata do sudário citado nos evangelhos, que cobriu o corpo de Jesus no seu sepultamento.

Os primeiros testemunhos seguros sobre a sua origem são do século XIV, quando o cavaleiro Geoffroy de Charny depositou o sudário na igreja por ele fundada em 1353, em Lirey, França. Durante a Guerra dos Cem Anos, Marguerite de Charny a levou em sua peregrinação pela Europa, até que os Duques de Saboya, em Chambéry, a acolheram. Eles se tornaram proprietários do Santo Sudário em 1453 e a conservaram na Saint-Chapele Du Saint-Suarie. Mas no dia 4 de dezembro de 1532 houve um incêndio nesta capela, provocando grandes estragos, inclusive no Santo Sudário. As Monjas Clarissas, da cidade, o repararam e em 1578 ela foi enviada a Turim por Manuel Filiberto. A idéia era presenteá-la a Carlo Borromeo, Arcebispo de Milão, e desde então ela se encontra em Turim.

O Santo Sudário hoje

Hoje ele se conserva em posição estendida e horizontal num relicário hermético, na Catedral de Turim. Esse relicário, sem ar e com a presença de gás inerte, foi concebido com tecnologia de ponta do setor aeroespacial, para melhor conservação do tecido. E a superfície superior está também constituída por um vidro com várias lâminas.

Santo SudárioFoto: Paolo Gallo stock.adobe.com

O relicário está protegido por um sarcófago com várias “capas”, o que proporciona uma importante resistência mecânica e uma extra proteção em caso de incêndios.

Visitando o Santo Sudário

No subsolo da Catedral de Torino se encontra o museu do Santo Sudário, onde você pode visitar objetos, livros, documentos, estampas e pinturas e toda a história do Santo Sudário desde a sua existência até hoje. A visita à catedral é gratuita, mas existe um custo caso você queira visitar o museu.

Quando fui para Turim, eu comprei um cartão de turismo válido por 3 dias. Ele também me dava direito a entrar em TODOS os museus da cidade + usar o transporte público por um preço único. Sinceramente, esse foi o melhor custo benefício da viagem! Eu fiz uma mega maratona de museus e gastei quase nada, incluindo esse museu da catedral.

A entrada de cada museu custa por volta de 10 euros. Esse cartão te dá a opção de 2 ou 3 dias inteiros de visitas aos museus da cidade, de forma ilimitada. Ele é de fácil uso e o preço é muito econômico. É uma super dica pra você aproveitar o máximo da cidade, pagando o mínimo. Você pode comprá-lo aqui neste site.

Informações Santo Sudário

www.sindone.it
Horário de abertura: diariamente 09h às 12h e das 15h às 19h
+39 011 4365832
Via San Domenico, 28

Links úteis para viajar pela Itália

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem pela Itália. E se pintar alguma dúvida, já sabe, mande uma mensagem aqui no blog que será um prazer te responder!

Antes de mais nada, veja alguns roteiros interessantes escritos para quem vai pra Itália:

Além destes roteiros, aqui vai uma lista com dicas de algumas cidades:

Claro que tem muito mais posts, então para ler todos os posts sobre a Itália, é só clicar aqui neste link.

Se você vai viajar de carro pela Itália, talvez valha a pena dar uma lida neste post com dicas para alugar um carro pela Europa. Lembre-se de que o trânsito na Itália é meio nervoso e talvez seja prudente olhar com antecedência as tarifas das locadoras e comparar seguros, preços e condições. Sugiro sempre comparar pelo site da Rental Cars que já coloca todas as locadoras de uma vez juntas.

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Achei os preços deles ótimos e eles dão 5% de desconto para os leitores do blog se você fizer o seguro através deste link aqui.

Procurar um hotel na Itália pode ser meio complicado, aqui vai uma lista com as melhores opções de hotéis para ficar em algumas cidades italianas:

Se ainda assim precisa de ajuda, eu fiz este post com algumas dicas para economizar na hora de reservar um hotel. Eu sempre recomendo o uso do Booking.com como ferramenta para comparar tarifas e reservar as melhores ofertas.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português, como por exemplo, este tour completo do Vaticano.

Finalmente, quem estiver viajando pela Itália, não pode perder a oportunidade de comer um “Aperitivo“, que é tipo a nossa "happy hour" mas com comida grátis inclusa - ou quase grátis. E claro, ninguém pode deixar de provar a pizza na Itália, né?