Buscando uma rota perfeita na Toscana? Achou! Ô lugarzinho lindo para se conhecer! Se a idéia é se perder na natureza, comer bem e curtir um romance ao estilo “Sob o sol da Toscana”, é este o lugar. Para quem está a passeio pela Itália, vale a pena gastar um dia ou dois a mais de viagem somente para conhecer os vinhedos da Toscana, onde estão algumas paisagens belíssimas, castelos antigos e alguns dos melhores vinhos do mundo – afinal, siamo in Italia! Aqui vou passar as dicas de um roteiro independente pela Toscana, mas com links úteis para quem quiser contratar um tour também pela região, ok? Preparados?

Toscana

Onde fica a Toscana no mapa?

A Toscana fica no coração da Itália, bem no meio da bota. Os vinhedos ficam ao redor de cidades como Siena, que é o ponto de referência do mapa. À direita e abaixo no mapa tem uma pequena indicação de onde está o vinhedo Banfi, um must go para quem visita a Toscana.

Roteiro de 3 dias pela Toscana

Para fazer este roteiro nós alugamos um carro. Há quem faça uma visita na região com tours locais, mas recomendo fazer essa rota de carro, pela liberdade de fazer o passeio no seu tempo, sem se preocupar com horários e agendas dos outros, além de poder parar nos lugares que mais te chamem a atenção, quando você bem entender. Você pode alugar um carro direto pelo site da Rental Cars, onde é possível comparar os preços e encontrar a melhor oferta para o seu perfil. Agora se você quiser fazer uma rota com guia, tem a opção de contratar um passeio fechado de 3 dias saindo de Florença, aqui neste link tem mais informações.

Toscana

Para este roteiro independente, recomendo fazer a base em Siena, assim você tem fácil acesso para os principais povoados e vinhedos da Toscana e dá para explorar bem alguns lugarzinhos charmosos e imperdíveis nas redondezas. Siena  é um centro turístico e histórico que vale muito a pena conhecer. Você não vai se arrepender de ficar por ali. A hospedagem em Siena pode ser um pouco cara dependendo da época, portanto pode ser que compense buscar um hotel fora do centro.

Dia 1: Siena

Explore Siena no primeiro dia do passeio. Siena é uma cidade para se conhecer a pé, então aproveite as energias do primeiro dia para caminhar entre muros e pedras, igrejas e estátuas. Comece pela Piazza del Campo, a maior praça da cidade, onde eventualmente ocorrem apresentações culturais, incluindo o Palio de Siena, que é uma corrida de cavalos que acontece 2 vezes ao ano, de origem do século 12. Vi algumas fotos e é um espetáculo. Comida boa tem também! Se você gosta de explorar restaurantes locais e cozinhas escondidas, aconselho o La Taverna di San Giuseppe , com uma comida simplesmente maravilhosa. Importante: não é permitido entrar com o carro na parte emuralhada da cidade. Estacione fora e vá caminhando, que já vale como passeio. Quem quiser fazer o passeio a pé com um guia brasileiro, pode entrar com contato com a Silvia, ela faz tours em Português por Siena, informações neste link aqui.

Dia 2: Montalcino, Montepulciano e Castelo Banfi

No segundo dia, vá conhecer os vinhedos, as paisagens e os povoados da Toscana. Montalcino e Montepulciano são as pequenas cidadezinhas que concentram respectivamente o Brunello di Montalcino e o Nobile di Montepulciano, vinhos mega top premiados e admirados pelos enólogos e “enólicos” do mundo. Eu bebi os dois, e achei tudo muito bom – este é todo o meu comentário de expert rsrs. As cidades são medievais e sobrevivem do turismo e da produção de vinhos. É interessante ver como estes pequenos povoados se mantêm na tradição local e pequena produção por tanto tempo. Slow food, slow drink, slow life – aprendendo com eles! Saindo de Siena, é um passeio de aproximadamente 1 h até lá, mas como eu recomendo ir parando nos vinhedos e ir explorando as cidades e vinhedos, será o dia inteiro!

O Castelo Banfi é uma vinícola muito grande, onde ficam os vinhedos e a propriedade privada da família. Os vinhedos são lindos, a estrutura que eles possuem para agro e enoturismo é muito bonita e você pode fazer uma degustação dos Brunellos e alguns outros vinhos que eles produzem. O Castelo Banfi tem também um restaurante, mas eu não me atrevi a pagar um almoço por ali… $$$! Preferi uma pequena pausa para o almoço numa rua aleatória de Montalcino, sem consultar site de referência nem nada – foi a melhor decisão, gastamos 10 vezes menos do que gastaríamos se fossemos comer no restaurante da Banfi, bebemos um vinho da casa maravilhoso  e eu comi a melhor cheesecake da minha vida.

Pausa para o almoço num pequeno restaurante escondido…

Claro que, fazer este Roteiro na Toscana de forma independente pode render muitas histórias divertidas e lembranças para toda a vida, mas há quem prefira o mesmo passeio sem precisar dirigir ou procurar informação nos mapas e GPS! Quem está em Florença, tem a opção de fazer um passeio de 1 dia por Montepulciano e Montalcino, passando pelas vinícolas da região com um guia que fala português. Aqui neste link tem mais informações sobre este roteiro de 1 dia nos vinhedos da Toscana.

Dia 3: San Gimignano

San Gimignano é uma cidadezinha medieval tão charmosa que entra no páreo com Siena, para ver qual lugar vale mais a pena conhecer.Apesar de ser consideravelmente menor que Siena, San Gimignano parece mais real, e eu tive a impressão que a vida ainda é como antigamente na cidade. É de fato uma cidade bastante turística, mas em alguma esquina é possível conhecer uma senhorinha simpática, a nonna,  que todos os dias sai de casa para um passeio pelo mercado e volta para preparar a “pasta” para a família. Bom,  ao menos eu imaginei estar no meio da Itália Antiga quando estive ali. E as fotos não me deixam mentir, olha! Se você quiser fazer um passeio com guia brasileiro em San Giminiano, saindo de Siena, há a opção de contratar o serviço neste link aqui.

Hotéis Recomendados em Siena

Este hotel fica na região agrícola da Toscana, perto de Siena. É um hotel mais afastado, portanto, somente vale a pena se você estiver de carro. Vale a pena pelo preço e pelo visual maravilhoso que você terá deste lugar!
Hotel More di Cuna

Hotel More di Cuna

Este hotel fica a uns 5km do centro de Siena, num lugar lindíssimo. Também precisa de um carro para chegar facilmente ao hotel, é mais aconselhável.
Hotel Vila Montarioso

Hotel Vila Montarioso

Para quem quer ficar mais centralizado, este hotel fica na entrada de Siena, ao lado do muro que cerca o centro da cidade, fácil para quem está sem carro, mas pode ter preços menos acessíveis dependendo da temporada.

Hotel NH Siena

Links úteis para viajar pela Itália

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem pela Itália. E se pintar alguma dúvida, já sabe, mande uma mensagem aqui no blog que será um prazer te responder!

Antes de mais nada, veja alguns roteiros interessantes escritos para quem vai pra Itália:

Além destes roteiros, aqui vai uma lista com dicas de algumas cidades:

Claro que tem muito mais posts, então para ler todos os posts sobre a Itália, é só clicar aqui neste link.

Se você vai viajar de carro pela Itália, talvez valha a pena dar uma lida neste post com dicas para alugar um carro pela Europa. Lembre-se de que o trânsito na Itália é meio nervoso e talvez seja prudente olhar com antecedência as tarifas das locadoras e comparar seguros, preços e condições. Sugiro sempre comparar pelo site da Rental Cars que já coloca todas as locadoras de uma vez juntas.

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Achei os preços deles ótimos e eles dão 5% de desconto para os leitores do blog se você fizer o seguro através deste link aqui.

Procurar um hotel na Itália pode ser meio complicado, aqui vai uma lista com as melhores opções de hotéis para ficar em algumas cidades italianas:

Se ainda assim precisa de ajuda, eu fiz este post com algumas dicas para economizar na hora de reservar um hotel. Eu sempre recomendo o uso do Booking.com como ferramenta para comparar tarifas e reservar as melhores ofertas.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português, como por exemplo, este tour completo do Vaticano.

Finalmente, quem estiver viajando pela Itália, não pode perder a oportunidade de comer um “Aperitivo“, que é tipo a nossa "happy hour" mas com comida grátis inclusa - ou quase grátis. E claro, ninguém pode deixar de provar a pizza na Itália, né?