Bruges é um dos lugares mais românticos da Europa. Sua arquitetura medieval impressiona a todos  que caminham pelas ruas e praças da cidade. Conhecida como a Veneza do norte, Bruges foi um importante porto e centro comercial na época das grandes navegações. Bruges foi também um grande centro financeiro no século XIV, foi palco da corte de Felipe II , Duque da Borgonha e exílio dos reis ingleses Eduardo IV e Ricardo III. Anos mais tarde, Bruges se converteu no principal destino turístico dos viajantes ingleses e franceses do século XIX. A cidade foi ainda invadida pelos nazistas na segunda guerra mundial e finalmente, em 2002, foi nomeada capital europeia da cultura. Tudo isso neste lugarzinho de apenas 100mil habitantes e casinhas coloridas que é um charme puro!

Onde fica Bruges no Mapa?

Bruges está situada a 97 km de distância de Bruxelas, e a melhor maneira de chegar lá é usando o trem, que sai de Bruxelas a cada 50 minutos (com mais frequência no verão) e pode custar cerca de 15 euros. A viagem dura aproximadamente 1 hora e chegando em Bruges é bom saber que o centro fica a uns 20 minutos de caminhada, portanto, pense nisso se você estiver com muitas malas. Para comprar o bilhete, pode usar o site da Rail Europe.

O que fazer em Bruges?

Praça Markt ou Grote Markt

A praça Markt é o ponto de partida da sua visita a Bruges. É um dos locais mais bonitos da cidade e de onde se pode apreciar mercados, arquitetura típica e atrações como a torre Belfry, por exemplo. No centro da praça estão Jan Breydel e Pieter de Coninck, dois líderes locais da milícia flamenga que venceram a batalha das esporas douradas em 1302 contra os franceses.

Bruges

Na praça estão vários edifícios históricos que valem a pena serem observados. Entre eles, o Tribunal Provincial, que possui uma arquitetura gótica bem impressionante.

Bruges

Torre Belfry

Pertinho da praça Markt está o campanário de Belfry, que foi construído como um ponto de observação da cidade para alertar contra o fogo e outros perigos da idade média.

Construída em 1240, a torre possui 366 andares e custa aproximadamente 5 euros para subir até o topo.

Museus e Igrejas de Bruges

A cidade possui museus, edifícios históricos e igrejas bem interessantes – uma delas, a Igreja de Nossa Senhora, tem uma pintura do Michelangelo!

Bruges

A Basílica do Sangue Sagrado tem uma arquitetura espetacular, e também é famosa por guardar uma urna que supostamente contém gotas do sangue  de Cristo, que teria sido levado a Bruges no começo do século XII.

BrugesFoto demerzel21 stock.adobe.com

Prefeitura de Bruges

Edifício construído em 1376, conta a história da cidade possui documentos históricos e pinturas. A entrada custa aproximadamente 4 euros e fica aberto para visitação diariamente, das 9h30 às 17h.

Canais e Belezas Naturais

Além das atrações turísticas, vale desbravar Bruges a pé (ou de bike!) e conhecer melhor alguns encantos. Também vale a pena simplesmente afastar-se um pouco da rota urbana para conhecer os campos e zona rural (tem moinhos!) e meditar sobre toda a história que esta cidade respira. Entre pensamentos e filosofias, um bom chocolate Belga pode ser uma ótima companhia.

Bruges

Cervejas Belgas

A Bélgica é especializada em cervejas. São cerca de 180 cervejarias no país, que produzem uma variedade incrível de cervejas, algumas com teor alcoólico de mais de 9%.  Eles têm desde as cervejas pilsen, passando por malzbier, bock, weiss, cerveja de frutas, escura, entre tantas. Eu achando que entendia de cerveja apostei que conseguiria tomar a mesma quantidade que a minha amiga, que é Belga. Tive que pagar a rodada já no segundo copo, ela ganhou a aposta com um risinho debochado no rosto. Os Belgas adoram cerveja e é fácil encontrar alguém dizendo que você pode tomar uma cerveja diferente por dia que vai levar alguns anos para conhecer tudo.

Bruges

Bruges é um dos centros de cerveja da Bélgica, e visitar uma cervejaria pode ser um ótimo passeio. Além de conhecer o processo de fabricação, você pode apreciar e degustar alguns sabores. Duro é depois escolher qual garrafa levar para casa. Como eu tinha pouco espaço na mala fiquei só com uns rótulos de lembrança – alguns deles são lindos!!

Qual cerveja belga provar?

Uma sugestão de cerveja é a Cuvée des Trolls, foi uma das  cervejas que eu mais gostei, servida num copo bem lindo! Mas se você não gosta de sabores fortes de cerveja, a Bélgica também pensou em você! Algumas marcas são especializadas na versão light. Ou seja, cerveja doce, hiper suave que nem parece cerveja. Eu provei uma cerveja de pêssego. Pêssego! Ah, eu gostei. Mas se você gosta da cevada, malte, lúpulo, é melhor testar outros sabores.

Bruges

Tá cheio de pubs e bares que oferecem de tudo, a dica é: entre. E beba. Provavelmente será difícil encontrar algumas marcas nos supermercados da sua cidade, então, divirta-se!

Para acompanhar a cerveja, vale a pena conhecer a batata frita de lá. Ela não difere em nada de nenhuma batata frita do mundo, só que os Belgas adoram dizer que esta é uma invenção deles. E nem adianta argumentar que o nome é “French Fries”, eles vão dizer que os franceses roubaram a idéia e a batizaram assim. Eu recomendo alguma cervejinha suave durante o dia, e deixar as bebidas mais pesadas para os pubs e barzinhos da noite.

Onde ficar em Bruges?

Se você pretende passar uma noite em Bruges, recomendo ficar no Novotel Brugge Centrum, que está super bem localizado, possui excelente infra estrutura e preços dentro do padrão bom custo X benefício. Como tudo em Bruges é mais caro, ficar neste hotel será um bom investimento.

BrugesImagem: Booking.com

Novotel Brugge Centrum
Katelijnestraat 65B, Centro Histórico, 8000 Bruges, Bélgica
Reserve no Booking.com

Se você está pensando em visitar Bruges ou outra cidade da Bélgica e precisa de mais informações, me envie uma mensagem! A Bélgica não está entre os roteiros mais procurados da Europa, mas tem algumas surpresas que valem muito a pena conhecer.  Para quem gostou, aguarde, em breve um post só de Bruxelas! 😀

Links úteis para a sua viagem

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para te ajudar com a sua viagem. Se tiver dúvida, é só fazer um comentário que eu responto!

Para encontrar um hotel bom e barato, eu uso o Booking.com. Mas eu tenho alguns truques aqui neste post com dicas para economizar na hora de reservar um hotel.

Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios com antecedência sem sair de casa. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português! Além dessa, eu uso bastante a Tiqets, que tem a vantagem de dar os bilhetes no celular, sem precisar imprimir.

Para quem viaja de carro, aqui vai um post com dicas para alugar um carro pela Europa. A lógica é parecida para outros continentes. Para comparar as tarifas das locadoras, eu uso o site da Rental Cars que já coloca todos os preços juntos e poupa um tempo danado!

Recentemente eu descobri a Seguros Promo para quem precisa cotar seguro de viagens ao redor do mundo. Como o seguro de viagem é obrigatório para muitos lugares, eles dão boas ofertas e 5% de desconto para os leitores do blog se você clicar neste link aqui.


Booking.com