Se você está pelo norte da Suíça, tipo Zurique ou Lucerna, e quer fazer um passeio assim inusitado, fora da rota comercial e tipicamente suíço, uma bela sugestão é o vilarejo de Rapperswil, no cantão de St. Gallen. A cidade com quase 8 mil moradores tem uma beleza singular, tem fortaleza medieval, tem muralhas em ruínas, tem história, arquitetura e o lindíssimo Lago de Zurique, que começa ali. Fora isso, é conhecida como a cidade das rosas, porque lá existem três maravilhosos jardins de rosas simplesmente incríveis, coisa que eu já vou contar agora no post para vocês!

Rapperswil

Onde fica Rapperswil no mapa?

Fica na pontinha do Lago de Zurique, perto de Zurique, Lucerna e Zug, os pontos mais conhecidos desta região. Rapperswil fica no cantão de St. Gallen, cuja capital é St. Gallen, que está um pouco mais longe, porém facilmente acessível pela imensa infraestrutura que a Suíça possui. É incrível que uma cidade tão pequena como Rapperswil, com somente 8 mil habitantes, possua estação de trem, de barco, ônibus, agência de informação turística, e tudo o que se possa imaginar de uma cidade maior.  Você nem nota que a cidade é pequena, de tanto cuidado que os suíços tem com cada cantinho do país.

Como chegar em Rapperswil?

O melhor jeito é chegar de trem, há vários trens diários chegando a Rapperswil. Só de Zurique, a cada 20 minutos (ou menos, dependendo do horário) há trens indo para Rapperswil. A coisa não é muito diferente se você está em Lucerna, Zug ou St. Gallen, portanto acesse o site oficial dos trens na suíça (link aqui) e veja os horários certinho de acordo com o seu destino.

Rapperswil

Outra opção é ir de barco, saindo de Zurique. O passeio até lá dura 2 horas é feito num barco super confortável, aquecido no inverno e com opção de sentar-se ao ar livre no verão! O preço é praticamente o mesmo do trem. Se você tiver o Swiss Travel Pass, este passeio custa CHF5 adicionais. Para sobre o Swiss Travel Pass, veja este post aqui.

A minha rota em Rapperswil

Estive algumas vezes em Rapperswil, sempre em um bate e volta saindo de Zurique. Aliás, recomendo que você faça o mesmo, a cidade é tão pequenucha que 1 dia é mais que suficiente para conhecer tudo e ainda ter tempo de aproveitar a paisagem e o visual.

Rapperswil

Durante a primavera, as flores estarão divinamente abertas e enfeitando cada esquina da cidade. Os jardins de rosas com suas mais de 600mil rosas coloridas são especialmente lindos em junho, época perfeita para apreciar todos os detalhes sem sofrer com o frio. Se você for entre outubro e março, vai ver os picos nevados das montanhas, mas é bom levar bons agasalhos com você!

O que fazer em Rapperswil?

1. Castelo de Rapperswil

É uma fortaleza medieval, que foi construída originalmente no século 12, destruída por Rudolf Brun (este cara mudou a história de Zurique) e reconstruída novamente no século 14. Era a casa dos nobres da região, por isso a destruição e reconstrução: a nobreza austríaca não era bem vinda neste lugar que queria independência desde muuuuitos séculos antes de existir qualquer idéia de democracia, independência ou revolução. Bom, dentro do castelo há um museu dedicado à imigração polonesa na Suíça, que está lá desde 1975.

Rapperswil

2. Jardins das Rosas

São três jardins ao total, cada um com diferentes espécies de rosas emoldurando os pequenos caminhos. São lindos, todos os três. Dois destes jardins estão bem próximos entre si, localizados ao lado do mosteiro.

Rapperswil

O terceiro jardim está um pouco mais afastado, mais perto da parte nova da cidade. Este terceiro jardim é muito especial porque foi construído para cegos. As flores tem um perfume muito mais forte e há explicações em braile sobre todas as espécies plantadas ali.

Rapperswil

Imagen

3. Parque dos Veados

Não é exatamente um paaaarque assim grandão, é quase que um quintal onde há cerca de 10 veados muito bem cuidados, morando ali. Eles ficam protegidos por uma grade e se divertem com as pessoas que passam ali.

Rapperswil

Nem devo lembrar que está proibido alimentar os animais, né! É também o lugar com a vista mais bonita da cidade, do lago e dos alpes!

4. Ponte de Madeira

Fica do outro lado da estação, é bem fácil de esquecer passar por ela (meu caso). É a maior ponte de madeira da Europa, com 841 metros de extensão! Foi construída há séculos atrás e reconstruída em 2001, ou seja, tá bem segura, dá pra passar!

Rapperswil

5. Badi e Pier

Badi, em alemão é banho, e se você for no verão ou na primavera (recomendo), aproveite para encarar um mergulho no lago, mesmo que por alguns instantes. Se a temperatura fora estiver ao redor dos 30 graus, o choque térmico com a água ao redor dos 15 graus é no mínimo relaxante. Logo o corpo se acostuma com o frio da água e você sai do mergulho renovado! Perto do parque dos veados está o lugar ideal para se jogar no lago, passando por um portal medieval lindo! Se você não for de mergulhar, há um lindo píer para caminhadas perto da estação de trens, a caminhada vai render fotos maravilhosas!

Rapperswil

6. Knies Zoo

Rapperswil também é famosa pelo zoológico do circo. É que a cidade é a sede do circo Knie, o circo nacional suíço, e os animais ficam neste zoológico muito bem avaliado pelos visitantes.

Imagen

Eu não tenho muita paciência para Zoológico… Mas se você está com crianças, a experiência deve ser bem divertida para os pequenos.

Rapperswil fora da rota turística?

Rapperswil por si mesma já uma cidade fora da rota turística. Este é um lugar frequentado em sua maioria por suíços e moradores dos vilarejos locais. Mas se você quer ser ainda mais autêntico, programe a sua viagem para o evento mais esperado da primavera na cidade, a competição IronMan que acontece bem ali.

A versão de Rapperswil é o que se conhece por Ironman 70.3, que é um percurso “mais leve”. Por “leve” leia-se 2 km de natação, 90km de bike e 21,1km de corrida. Cansei só de olhar!

Onde dormir em Rapperswil?

Em Zurique! Pegue um trem e vá para Zurique! Rapperswil é muito pequetica, tem apenas 5 hotéis na cidade e um hostel. Este, para você ter uma idéia, custa 90 francos a diária! Melhor achar outras opções em Zurique, cidade com mais ofertas e preços menos doloridos.

Se você quer muito se hospedar em Rapperswil, indico o Jakob Hotel am Hauptplatz. É um hotel bem no centro da cidade, com ótima estrutura e excelente recomendação no booking.com.

Imagen

Jakob Hotel am Hauptplatz
Endereço: Hauptplatz 11, Rapperswil
Reserve pelo Booking.com

Onde dormir em Zurique?

Em Zurique, recomendo os hotéis localizados no centro histórico, para que você consiga visitar tudo a pé. Os hotéis Marta ou Rütli são boas opções a preços mais acessíveis em Zurique. Ambos estão localizados perto da rua Niederdofstrasse, o coração do centro histórico, e a uma distância acessível das principais atrações turísticas e da estação principal de Zurique. Aqui tem um post com mais dicas de onde se hospedar em Zurique.

Últimas dicas sobre Rapperswil

Para conseguir os melhores preços dos bilhetes de trem, você pode dar uma olhadinha na opção “super saver ticket”, bilhetes super econômicos à venda somente pelo site oficial da companhia de trens na Suíça. Aliás, não somente para Rapperswil, mas todo e qualquer trajeto de trem você pode consultar por este site, acaba saindo mais em conta, caso você não queira comprar o Swiss Travel Pass.

Prepare o biquíni, protetor solar e as pernas para ótimas caminhadas na Riviera de Rapperswil! Ou prepare as meias grossas se for inverno e aproveite Rapperswil!

Rapperswil

Links Úteis para viajar pela Suíça

Aqui vai uma lista com alguns links interessantes para que a sua viagem pela Suíça§a seja o mais completa e o mais fácil possível. E se pintar alguma dúvida, mande uma mensagem aqui nos comentários.

Antes de mais nada, se você busca um e-book ou livro para te ajudar a planejar a sua viagem pela Suíça, o guia "Calor Nos Alpes" é perfeito! O livro tem dicas de cidades, rotas, passeios, trens panorâmicos, montanhas, tudo junto e baratinho! Aqui neste link tem mais informações.

O Swiss Travel Pass é o passe que dá direito a usar todos os transportes da Suíça e costuma ser uma mão na roda para viagens de mais de 3 dias. Ele vem nas opções de primeira ou segunda classe, eu acho que a segunda já resolve a vida da maioria das pessoas. Para saber mais, escrevi este post aqui: Vale a pena usar o Swiss Pass?

Agora se você vai viajar de carro, talvez valha a pena dar uma lida neste post com dicas para alugar um carro pela Europa. Dirigir na Suíça é uma maravilha, mas pode sair mais caro do que o esperado. Sugiro que você compare os preços pelo site da Rental Cars que já simula todas as locadoras de uma vez e sempre tem ótimas ofertas.

Se você vai para Zurique e quer um Tour em Português em Zurique, pode contar com a minha equipe. Somos guias profissionais da cidade e fazemos passeios a pé pelo centro histórico da cidade, com muita informação sobre Zurique e sobre a Suíça em geral, está tudo neste link aqui. Outra ferramenta legal para encontrar passeios e tours é a Get Your Guide. Essa é uma empresa que seleciona tours em todo o mundo e você pode reservar os passeios mais tradicionais com eles, como o da famosíssima montanha Jungfrau. Os preços deles são ótimos e tem muita coisa em Português!

Aqui vai uma lista com os posts mais procurados sobre a Suíça:

Os Alpes são a grande atração da Suíça, e aqui vão os posts com algumas sugestões de montanhas:

Para ler todos os posts sobre a Suíça, é só clicar aqui.

Aqui vão dicas de hotéis para ficar em Zurique. Eu sempre recomendo o uso do Booking.com como ferramenta para comparar tarifas e reservar as melhores ofertas. Na dúvida, é só perguntar aqui que eu te ajudo a achar um hotel bacana e sem custo nenhum! 🙂

E finalmente, talvez você precise de um seguro de viagens. Recentemente eu descobri a Seguros Promo, que compara seguros de viagens ao redor do mundo. Eles dão boas ofertas e você ainda ganha 5% de desconto se você clicar neste link aqui.