Escrever sobre Assis é muito especial para mim, pois esta é uma das cidades mais incríveis que conheço. Quando decidi ir a Assis, o fiz por pura intuição. Não sabia sobre São Francisco, muito menos sobre a importância da cidade para a Itália e para o mundo. Cheguei para ficar um dia e acabei ficando sete. Depois disso, já voltei 3 vezes e estou programando a minha quarta ida para a cidade. Se você planeja uma ida à Itália, não deixe de considerar Assis como um lugar para ir e se apaixonar!

Assis Itália

Um pouco de história sobre Assis

Assis é mundialmente famosa por ser a cidade de São Francisco de Assis e Santa Clara. Um lugar com uma energia única, que recebe peregrinos e fiéis do mundo todo. Mas não é só por isso que Assis é especial.

Assis é uma cidadezinha medieval, que mantém muito de sua arquitetura original. Uma cidade cheia de história, ainda murada, no alto das montanhas, com uma vista estonteante da Úmbria.

Assis Itália

Geralmente as pessoas vão à Assis para passar o dia e, sim, você consegue fazer muito em um dia. Mas se você tiver tempo, eu recomendo que passe pelo menos uma noite lá, pois Assis pede calma. Sempre que vou pra Assis tenho a sensação que o relógio pára e, na minha opinião, os melhores horários são quando a cidade está vazia e você pode desfrutá-la se perdendo por suas ruelas labirínticas.

Pela manhã cedo e no fim do dia você poderá sentir essa calmaria. Tomar um café da manhã com tranquilidade, com a linda vista que a cidade te promove ou jantar num delicioso restaurante italiano, com toda pompa e circustância que você merece. Sem falar no silêncio… Dormir em Assis é uma das melhores experiências que já tive. Um silêncio quase que absoluto, com aquele perfume da Úmbria que você só sentirá lá.

Onde fica Assis no mapa?

Assisi fica na província da Úmbria, uma região bem antiga e central da Itália. Chegar ali é fácil e você pode ir de trem ou de carro. Em uma das vezes que fui até Assis, fui de carro desde o norte da Itália. É uma viagem tranqüila e com paisagens maravilhosas. Mas existe também a opção de trem, saindo de Roma, Firenze ou Milão.

Chegando em Assis de carro

Poucos carros são permitidos circular dentro de Assis, apenas carros registrados de moradores da cidade. Então, ao chegar em Assis de carro, você deverá estacioná-lo na entrada na cidade, num grande estacionamento pago que existe ali. A recomendação é: evite grandes malas, pois você terá que caminhar um pouco até chegar ao seu hotel.

Chegando em Assis de trem

Ao chegar de trem, você deverá pegar um ônibus até Assis. Geralmente os horários são sincronizados e ao chegar na estação o ônibus estará lá esperando. O bilhete custa 2 euros e pode ser pago diretamente ao condutor. O ideal é já ter dinheiro trocado para não ter problema com o troco. Uma recomendação que dou é: pergunte ao seu hotel/Airbnb em que parada você deve descer, pois o ônibus para nas duas entradas da cidade e alguns outros pontos ao redor. Sabendo isso, fica mais fácil você saber onde descer e como chegar. A dica da mala aqui é a mesma: evite malas grandes! Você vai me agradecer no final.

Se você quiser já comprar o seu bilhete de trem para garantir a viagem e não ter dores de cabeça de última hora, clique aqui.

O que fazer em Assis?

Basílica de São Francisco de Assis

A Basílica de São Francisco é uma das igrejas mais lindas que você vai ver na sua vida, independente de você ser católico ou não. Ela é, na verdade, composta por duas basílicas: a superior e inferior, além da cripta (uma pequena capela) onde estão os restos mortais de São Francisco.

Assis Itália

Ela começou a ser construída logo após a canonização de São Francisco, em 1228, começando pela basílica inferior que foi terminada em 1230. Em Pentecostes do mesmo ano, o corpo do santo foi levado ao local e a construção da basílica superior começou em 1239, sendo finalizada em 1253. Ambas basílicas foram decoradas pelos maiores pintores da época, vindos de Roma, Toscana e Úmbria, como Giotto e Cimabue, que tem em ambas basílicas, séries de afrescos contando a vida do Santo.

As paredes são inteiramente cobertas por esses afrescos, ou seja, entrar ali é de tirar o fôlego! Muitas pessoas fazem esse trajeto rapidamente, mas a minha recomendação é que você tire um tempo para olhar com calma todos os detalhes das pinturas, inclusive utilizando um áudio-guia para entender melhor todas as particularidades.

Da basílica inferior você pode descer para a cripta, o local que guarda o túmulo de São Francisco, que foi descoberto em 1818. O seu túmulo havia sido escondido para evitar que suas relíquias se espalhassem pela Europa medieval e essa cripta foi construída a pedido do Papa Pio IX e hoje serve como um local de meditação e adoração. Tire uns minutos para se sentar ali e aproveitar a energia de comunhão do local. Você verá muitos peregrinos vindos de todas as partes do mundo, ascendendo velas, fazendo pedidos ou apenas agradecendo.

Via San Francesco

Saindo da Basílica de São Francisco, você vai encontrar a “avenida principal” da cidade. Digo assim pois é uma charmosa ruelinha de pedras, cheia de lojinhas de artesanato que percorre os principais pontos desse lindo vilarejo.

Assis Itália

Caminhe com calma pela Via San Francesco e não deixe de olhar para os lados e ver a linda vista que as ruelinhas perpendiculares vão te oferecendo. Este é também um bom local para apreciar o artesanato local e comprar presentes, uma vez que essa rua é cheia de negócios locais com preços acessíveis.

Piazza Del Comune e Templo de Minerva

Adiante pela Via San Francesco você acabará chegando na Piazza Del Comune, a praça principal de Assis e onde se encontrará a torre Del Popolo e o Templo de Minerva, uma construção da época dos romanos, feita entre os anos 30 e 40 a.C. Ali você verá uma grande concentração de bares e restaurantes, mas se quiser fazer uma pausa para o almoço, eu não te sugiro almoçar por ali.

 

Deixe para pausa do café, do sorvete ou das deliciosas sobremesas italianas (que vendem de monte também nessa praça). Ali ao lado, entrando pelas ruelas, você encontrará deliciosos restaurantes mais típicos e menos turísticos, que valem a pena serem explorados.

Chiesa Nuova e casa do Pai de São Francisco

Falando em explorar os arredores da Piazza Del Comune, ali ao lado está a Piazza Del Vescovado, onde está a Chiesa Nueva (Igreja Nova), antiga casa do pai de São Fancisco, Pietro di Bernardone. São Francisco morou ali até os 24 anos, quando se converteu. Ali, além da pequena igreja que foi construída, vemos também algumas partes da casa de seu pai que era um importante comerciante da época. Inclusive ainda se pode ver a cela onde seu pai prendeu São Francisco por acreditar que ele estava louco.

Este local, apesar de importante, não é muito visitado, então você consegue aproveitar melhor o espaço e a história. Por isso eu recomendo fortemente a visita.

Assis Itália

Basílica de San Rufino

Outro lugar importante de se conhecer é a Basílica de San Rufino, onde se encontra a pia batismal onde foram batizados São Francisco e Santa Clara. Esta igreja foi construída em 1140 e reformada em 1571 e, reza a lenda, que foi ali que o jovem Francisco subiu em um dos leões de pedra na porta da igreja para contar sobre a sua conversão. E foi também lá que ele devolveu tudo o que tinha, inclusive as suas roupas, ao seu pai – um rico comerciante – como prova de renúncia aos bens terrenos.

Basílica de Santa Clara

Santa Clara era a grande seguidora de São Francisco. Ela também fez um voto de renúncia para acompanhá-lo em sua missão. A sua basílica apresenta uma linda simplicidade geométrica e é um exemplo da arquitetura gótica italiana, construída entre os anos de 1257 e 1265.

Assis Itália

Dentro da Basílica você provavelmente encontrará inúmeras freiras de todas as partes do mundo, em adoração na igreja de Santa Clara. Também podemos ver ali algumas grandes obras de arte datadas do período entre os séculos XII e XIV. Alem disso, ali há uma capela com o famoso crucifixo que ficava na Igreja de São Damião e que enquanto São Francisco rezava em frente dele, recebeu a chamada do Senhor.

Pôr do Sol no Vícolo Santa Margherita

E para fechar o dia, minha super dica é o que eu chamo de meu lugar favorito no mundo. Voltando pela Via San Francesco, há uma ruela que te leva ao Vícolo Santa Marguerita, uma espécie de pracinha com uma pequena igreja, a Igreja de Santa Margherita. Dali você tem uma vista estonteante da Basílica de São Francisco, da Úmbria e do pôr do sol atrás da Basílica. Sempre que vou a Assis, não importa quantos dias eu fique, eu sempre vejo o pôr do sol dali. Também não é um local muito conhecido e turístico e eu adoraria guardar o segredo dessa descoberta só para mim, mas a alegria que sinto estando ali é tão grande, que é impossível não compartilhar.

Assis Itália

Assis não é uma cidade para se visitar com pressa, é um lugar para se sentir com o coração e aqui no Vícolo eu te recomendo dar uma pausa e sentir o seu momento. Apreciar a vista e ver o lindo por do sol e a luz desse momento mágico que só a Úmbria é capaz de te proporcionar. Eu falo da luz, porque o pôr do sol dali tem uma cor que é diferente de todas as outras. E eu tenho certeza de que você também vai se emocionar ao ver!

Onde se hospedar em Assis?

Você pode encontrar diversos lugares para ficar em Assis, dos mais chiques aos mais simples. Hoje já existem várias opções também no Airbnb para você escolher. Só fique atento para ter certeza de que você estará mesmo dentro da cidade de Assis, pois muitas ofertas de casas e quartos são nos arredores.

O lugar que mais gostei de ficar de todas as vezes que fui lá foi no B&B New Day. É uma pequena pousada de uma família de artesãos italianos, onde você pode sentir o gostinho de viver um pouco da vida local. Sem falar que tudo é preparado com muito carinho e atenção. O café da manhã é simples, porém muito gostoso também. Se você é como eu e gosta de viver uma experiência local completa, recomendo esse local.

Assis ItáliaImagem: Booking.com

Reserve este hotel agora mesmo pelo Booking.com, com cancelamento grátis.

B&B New Day 
Endereço: Via San Francesco 18, 06081 Assisi, Italy
Reserve agora pelo Booking.com

Mas se você prefere um hotel, as opções são muitas e você pode escolher direto neste site aquelas que mais te agradam.

Dica útil para a sua viagem para a Europa

Não se esqueça que para entrar na Europa você precisa apresentar na imigração a sua passagem de volta para o Brasil e também um seguro saúde Schengen. Não é sempre que as autoridades pedem isso na entrada do continente, mas quando eles pedem e você não tem, pode te gerar um baita problema, inclusive deportação. Eu já passei apuros por não ter tudo certo uma vez, então agora nunca viajo sem ter tudo em dia. Eu geralmente compro o meu seguro aqui, pois é a empresa que sempre me oferece os melhores preços. Como aqui somos viajantes de carteirinha, conseguimos um desconto especial para nós e nossos leitores! Se você ainda não fechou o seu seguro e quiser um desconto de 5%, use o código EUANDOPELOMUNDO5 e viaje tranquilo. 🙂

Se quiser saber mais sobre a importância sobre o seguro, clique aqui.