Nesta coluna escrevemos sobre como o Turismo Consciente é uma tendência necessária, a fim de garantir o contínuo respeito ao meio ambiente e à cultura local. Viajar de maneira sustentável não significa somente ter cuidado com o lixo gerado ou fazer ecoturismo. Também não é necessário realizar trabalho voluntário em troca de hospedagem e alimentação para realizar uma viagem de impacto. Isso são boas possibilidades, mas deve-se também refletir com mais profundidade sobre o destino do dinheiro utilizado, o impacto na vizinhança e as possibilidades de progresso do local que recebe o turista.

São diversas as possibilidades de atuação no setor, e já mostramos aqui alguns exemplos de empresas com esta mesma visão, assim como aplicativos que introduzem os viajantes a este mundo. Compartilhamos também algumas experiências de quem já realizou viagens de impacto, como o Do For Love Project. Existem outras boas práticas de turismo consciente, que beneficiam o meio ambiente, a economia e a comunidade do destino escolhido. O céu é o limite!

Mas hoje, vamos falar sobre a comunidade de viajantes de impacto, a Impact Travel Alliance. ITA, uma Organização Sem Fins Lucrativos, é uma rede que reúne changemakers loucos para transformar a indústria do turismo para o bem comum, aproveitando o mercado e as viagens de lazer para resolver problemas como a pobreza e desigualdade social. O grupo tem como base de inspiração os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e tem como foco de atuação a educação, advocacy e empoderamento comunitário.

Esta rede apaixonante possui mais de 15.000 profissionais da área de turismo conectados, que acreditam no desenvolvimento do nosso planeta por meio de nada mais nada menos que.. viagens! ITA possui Hubs em mais de 30 cidades ao redor do globo, inclusive São Paulo. Ilhéus possui uma rede em desenvolvimento e logo entrará para a lista!

Legal, mas como funciona a comunidade? Simples, mas nada fácil! Oferecendo ferramentas, recursos e conexões para pessoas, empresas e marcas em prol da melhoria do turismo local e mundial. Ajudando viajantes e profissionais do ramo a compreender as maneiras de causar impacto positivo em viagens comuns. O diferencial desta comunidade está na busca da transformação do turismo de massa, não somente em viagens low-profile. Orientar blogueiros de viagens e influencers a adotarem posturas mais conscientes está na lista de atividades de interesse! 😉

ITA possui um blog também, onde compartilha notícias e dicas de turismo de impacto. Temas como overtourism, sobrevivência e pegada de carbono estão nas mais recentes matérias. Neste post, por exemplo, você pode conhecer um pouco mais sobre como o ecoturismo e os safaris de Sri Lanka ajudam na preservação de elefantes e leopardos selvagens.

Para difundir o trabalho desta Aliança, a rede investe no formato de eventos simultâneos em diversas cidades, os Multi-Hub Events. Um dos objetivos da lista é escolhido como propósito base, e a partir daí são convidados os expositores e selecionados workshops para buscar soluções práticas, aplicáveis ao turismo.

Em 2017, o evento Voices From the Sea, realizado em seis cidades ao mesmo tempo, teve como base o objetivo número 14, Vida na água e aconteceu no Dia Mundial dos Oceanos, a fim de passar um documentário sobre o impacto da indústria de plástico na vida marina. No mesmo ano, o evento Changing the World Through Food Tourism, que ocorreu em Atenas, Marrakesh, Seattle, NY, São Paulo, Austin e DC, trabalhou os objetivos 8 (trabalho decente e crescimento econômico), 12 (consumo e produções responsáveis) e 14. Expondo a produção de cervejas artesanais, tubaína ou o impacto gerado por parcerias entre restaurantes e pescadores locais, o evento trata do hábito de alimentação e as consequências do consumo e produção de comida.

Em junho deste ano em Nova Iorque, a fundadora e diretora executiva do ITA, Kelley Louise, fará parte de um evento incrível sobre Mulheres Empreenderoras no Turismo de Impacto Social, o Winning Women. Com a intenção de fomentar parcerias que melhorem a presença digital e colabore com os objetivos dos empreendimentos, este será um espaço dedicado às mulheres que viajam e pensam em estratégias sustentáveis de turismo. A moderadora do evento será a Jen Morilla, uma cubana-americana que durante os últimos três anos visitou 41 países distribuindo filtros purificadores de água, por meio do projeto Waves for Water. Jen é fundadora do The Social Girl Traveler, um blog de viagens de impacto, onde escreve dicas e oferece coaching para empreenderores e viajantes.

Siga ITA nas redes sociais (Instagram, Facebook e Twitter), acompanhe seu blog, vá aos eventos e envolva-se com esta rede que está na vanguarda do Turismo de Impacto.

Links úteis sobre a coluna Viagens de Impacto

A viagem ao Peru para trabalhar em uma ONG foi o que motivou a começar a coluna Viagens de Impacto. Você pode ler sobre a experiência nestes posts aqui: Quando o Trabalho Voluntário Transforma o Mundo, Primeiras Impressões e Rotina de Trabalho. A partir daí, a Mari escreve sobre outras viagens de impacto e reune diversas dicas e recomendações para quem quiser viajar assim também! A coluna está só começando e ainda tem muito conteúdo a ser divulgado! Não perca nada da série clicando aqui!