A história de Isa Colli é uma inspiração para quem busca realizar seus sonhos dentro ou fora do Brasil. Seus livros voltados para a literatura infanto-juvenil são a prova de que persistência, força de vontade e perserverança são as bases para a construção de uma história de sucesso, que vocês vão conhecer aqui no blog hoje!

Isa começou a escrever seus livros ainda na infância, sob influência da sua mãe, que toca gaita e conta histórias até hoje. “Minha mãe continua sendo a minha melhor referência e fonte de inspiração. Às vezes, penso que ela é a escritora, porque, muitas coisas que escrevi durante a vida, e escrevo até hoje, teve origem na minha infância”, conta Isa.

Natural de Presidente Kennedy, no Espírito Santo, Isa já viveu em Cachoeiro de Itapemirim, também no Esírito Santo, no Rio de Janeiro, em Curitiba, em São Paulo e em Brasília, antes de se mudar para a Europa. Filha de pais agricultores, ela conta que possivelmente um diário cor de rosa que ganhou de sua mãe tenha definido o seu futuro literário que nem o câncer foi capaz de barrar. Ela venceu a doença, as barreiras culturais e a distância do Brasil para focar no sonho de escrever e produzir literatura mundo afora.

Foto: Isa Colli

Depois de várias publicações produzidas, Isa explica que o mercado literário brasileiro enfrenta desafios mais complexos que o mercado europeu. Segundo a autora, no cenário europeu valoriza-se o escritor independentemente de sua origem, basta que tenha bons livros escritos ou uma produção artística de qualidade. Neste contexto, autores independentes podem encontrar o seu espaço de forma mais natural na Europa, já que o mercado, apesar de disputado, é grande o suficiente para abrigar a todos. Já no Brasil, a cultura audiovisual tem uma predominância massacrante, quando comparada ao hábito da leitura, o que dificulta a produção de novas obras literárias e novos autores. “Penso que se o país não ampliar as políticas de investimento em educação e cultura, um mercado que está em crise desde sempre, permanecerá problemático”, reflete.

Em fevereiro deste ano ela lançou os livros infantis “A Fazendinha”, que conta a história de uma menininha que ama as plantas e os animais, e “O Recomeço”, que relata uma luta de seus personagens contra o câncer. Mas ela já possui algumas obras de sucesso como “O Pirulito das Abelhas” que foi lançado na 86ª Feira do Livro de Lisboa, pela Chiado Editora, e participou da Bienal Internacional do Livro de São Paulo. 

Quando perguntei para Isa porque resolveu escrever livros infantis, ela respondeu que “escolhi escrever para as crianças, porque é prazeroso, porque todas elas são especiais, descomplicadas, não guardam mágoas, e quero deixar um legado importante para a formação dos pequenos.” Neste contexto, seus livros contam histórias de superação, lições de vida e ensinam valores que jamais serão esquecidos pelas crianças. “Quem nunca foi advertido pelo filho pequeno para não deixar a torneira aberta ao escovar os dentes, porque senão vai acabar com a água do planeta? As crianças não esquecem lições como essa”.

Para conhecer a obra completa de Isa Colli, acesse o seu site pessoal IsaColli.com

Já seus livros podem ser encontrados nos seguintes links:

O Recomeço – Livraria Fnac

O Pirulito das Abelhas – Livraria Fnac

A Fazendinha – Livraria Fnac