Picture

Hoje começa uma série de depoimentos e entrevistas com gente que viaja! São pessoas inspiradoras que sabem que o mundo é muito grande para ficar em lugar só! Para algumas pessoas, viajar é uma constante, uma meta, uma filosofia de vida.

Já para a @JulianaFrança, a primeira viajante a ser entrevistada pelo blog, viajar é uma maneira de encher a alma de vida e transformar o cotidiano em uma sala de aula aberta e ao ar livre.  Em suas próprias palavras, “nenhuma escola ensina o que uma viagem pode te ensinar!”
Apresentando, gente que viaja!!!

Perfil da Viajante:

Picture

Juliana França
Publicitária e astróloga


Sobre mim:
O roteirista da minha vida apertou o random e foi tomar uma cerveja no bar mais próximo.

Qual a melhor parte de viajar?

A melhor parte de viajar é descobrir. Descobrir pessoas, lugares, comidas, culturas… Sou uma eterna curiosa e tudo o que pode me mostrar um novo universo me interessa. Por isso eu amo tanto viajar! O que eu mais busco nas minhas viagens é sair da zona de conforto. Viver o novo na maior intensidade. Falar com pessoas locais, me perder pelas cidades, me despir de todo medo e preconceito quando chego nos lugares. 

Alguma viagem mudou a sua vida?

Picture

Acho que todas as minhas viagens mudaram um pouco a minha vida de alguma maneira. Não tem como voltar de uma viagem sendo a mesma pessoa de antes.
Estou agora na Indonésia, num pequeno vilarejo na Ilha de Java onde fica o maior templo budista do mundo: Borobudur.
Foram 10 dias de retiro aqui, acordando todos os dias as 4h da manhã para ir ao templo meditar até as 10h. Apesar disso, a Indonésia é um país mulçumano. E viver essas diferenças está sendo muito marcante. Com certeza essa será uma daquelas viagens de transformação total.
Não dá pra ser o mesmo depois de 40 dias vivendo a Àsia intensamente!

Por onde você está viajando agora?

Ásia! Meus próximos planos são focados aqui. Cambodja, Laos, Vietnan, Butão, Tibet, India, China e Japão. Vir para o Oriente é sair completamente da Zona de conforto! Antes da Inonésia, passei uns dias na Tailândia e amei cada esquina daquele país.  Amanhã embarco para o Nepal, sou budista e praticante do budismo tibetano. Lá vou participar da cerimônia do ano novo tibetano. Serão mais 15 dias de tudo novo de novo. 🙂

Um pouco da minha última viagem…

Picture

Picture

Picture

Uma citação:

“A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é Natal…
Quando se vê, já terminou o ano…

… Quando se vê não sabemos mais por onde andam nossos amigos…
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado…

Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casaca dourada e inútil das horas…
Eu seguraria todos os meus amigos, que já não sei como e onde eles estão e diria: vocês são extremamente importantes para mim.

Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo…
Dessa forma eu digo, não deixe de fazer algo que gosta devido a falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.”

~ Mário Quintana, “O Tempo”

Muito lindo, Ju! ♥ ♥ ♥

Contato: Juliana França
Email:
[email protected]
Site: www.ohumanoemnos.com.br

Aguarde!

Gostou do post?
Aguarde! Em breve teremos novos relatos de gente que viaja!

Boa viagem!